• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Castelo do Piauí

Só em 2019 Castelo já recebeu R$ 5,1 milhões do Fundo Nacional de Saúde

Diante dos números expostos perceber-se que o caos não é proveniente da falta de recursos públicos.

10/10/2019 06:55h - Atualizado em 10/10/2019 07:11h

Dados do site do Fundo Nacional de Saúde (FNS) mostram que a Prefeitura Municipal de Castelo do Piauí já recebeu pouco mais de R$ 5 milhões apenas este ano em repasses do Governo Federal para aplicação em serviços de Atenção Assistência Farmacêutica, Atenção Básica, Assistência Médica de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar e Vigilância em Saúde. Apesar disso, a saúde municipal continua precária e, recentemente, foi notícia nos meio de comunicação com a desativação do centro cirúrgico do Hospital Municipal Nilo Lima.

Só para 'Incremento Temporário ao Custeio dos Serviços de Atenção Básica em Saúde', ou seja, dinheiro destinado para a Atenção Básica em Saúde do Município, o montante chega ao total de R$ 2.400.000,00.

Atenção Básica é conjunto de iniciativas do Departamento de Atenção Básica para cuidar da população nele estão incluídos: Estratégia Saúde da Família (que compõe a Política Nacional de Atenção Básica), Brasil Sorridente (Política Nacional de Saúde Bucal), Política Nacional de Alimentação e Nutrição, Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares, Programa de Requalificação das Unidades Básicas de Saúde, Programa Nacional de Melhoria do Acesso e Qualidade na Atenção Básica (PMAQ-AB) e outros.

No total o município de Castelo do Piauí já recebeu, entre janeiro e outubro de 2019, a bagatela de R$ 5.148.124,51. E mesmo com esses repasses a saúde pública da cidade continua causando transtornos à população e sendo alvo de inúmeras críticas. E diante dos números expostos perceber-se que o caos não é proveniente da falta de recursos públicos.

Edição: Jailson Lima

Deixe seu comentário