• COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI 2019 - 2020
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Castelo do Piauí

Opinião: 03 anos de decepção

Esses são apenas alguns itens de uma lista absurda que compõe as propostas não cumpridas do mandatário municipal

06/12/2019 10:11h - Atualizado em 06/12/2019 10:42h

Em 2016, o então candidato a prefeito de Castelo do Piauí Magno Soares (PT) registrou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) seu programa de governo. Se passaram praticamente três anos de mandato e quase todas as propostas apresentadas no plano não foram realizadas. O último pleito é conhecido atualmente como "a campanha da mentira". 

Quem não lembra dos discursos acalorados prometendo, por exemplo, a regionalização do nosso tão sofrido Hospital Municipal Nilo Lima, para garantir o atendimento dos serviços de média complexidade, com equipamentos modernos? Na área da saúde que, hoje, sem nenhuma dúvida é uma das mais problemáticas no município o alcaide Castelense ainda fez a população sonhar com a aquisição do Serviço de Atendimento Medica e Urgência -SAMU, criar leitos psiquiátricos com equipe especializada em saúde mental, dentre outras. 

Todo início de ano, em busca de emprego e uma vida minimamente dignidade, centenas de jovens em idade economicamente ativa têm que deixar Castelo para se aventurar na região sul do país. Quantas famílias não encheram-se de esperança quando a promessa de promover política de geração de emprego e renda, com qualificação e inserção da juventude na economia e no trabalho formal surgiu nos palanques? E a construção de praças nos bairros COHAB, REFESA, MUTIRÃO, PIÇARRA, BELA VISTA e NOSSA SENHORAS DAS GRAÇAS com espaço público de lazer que nunca saiu do papel? A famosa ponte sobre o rio Cais interligando os bairros Piçarra e Mutirão, cadê?

A implantação do cronograma de manutenção das estradas vicinais tem sido uma das grandes piadas prometidas por essa gestão. Prova disso são os moradores das localidades Barreiras e Cajazeiras, ambas zona rural de Castelo do Piauí, que se organizaram este ano para reformar a estrada que dá acesso às comunidades com recursos próprios.

Por falar em piada de péssimo gosto, nada supera os badalados 80 açudes prometidos em vídeo pelo "candidato da renovação". Construir açudes, barragens e outros meios de captação de água para atender aos agricultores familiares na produção e geração de renda foi uma das propostas inclusas oficialmente no plano de governo, mas isso não bastava. Era necessário "enfeitar" para "ludibriar" o povo garantindo 20 açudes anualmente. Confira o vídeo!


A implantação da AGENCIA DO INSS em Castelo do Piauí, com capacidade para atendimento aos segurados do INSS rurais e urbanos ficou só no "gogo", assim como a GUARDA MUNICIPAL para preservar o patrimônio público, bem como auxiliar na melhoria da segurança do município. Hoje, grande parte das praças municipais não possuem sequer um vigia. 

Vamos relembrar a democratização da gestão escolar com eleição direta para diretores das escolas municipais. Entrará o último ano de governo e pais, alunos, professores e todos que fazem parte da comunidade escolar continuarão esperando por esta eleição. O que dizer da implantação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia? A proposta vem de 2012 quando o atual prefeito ainda era candidato a vereador, e já se arrasta por 07 anos. 

E a OUVIDORIA MUNICIPAL que seria um mecanismo de acesso público à população para sugestões, reclamações, denúncias e outras formas de participação popular

Esses são apenas alguns itens de uma lista absurda que compõem as propostas não cumpridas do mandatário municipal. Muito antes de se tornar prefeito, Magno Soares já evocava sua estratégia discursiva sobre uma nova forma de gerir o município, a fim de iludir, engabelar e conquistar o voto do eleitor. Agora com a mídia local quase 100% ao seu lado e uma larga vantagem no legislativo ele patina sob os escombros da incompetência. É preciso ficar atento! Com aperto de mão e tapinha nas costas não se avança um centímetro em resolver os problemas reais. Pelo contrário: isso esconde as causas.

Edição: Jailson Lima

Deixe seu comentário