Campo Maior

Campo Maior: Padre é expulso pelo Vaticano após manter relação sexual com fiel

A demissão do padre foi assinada em outubro, mas o caso aconteceu no ano passado. Desde a denúncia, ele estava afastado da igreja

07/10/2021 11:45h

Compartilhar no

A Arquidiocese de Campo Maior assinou, no dia 05 de outubro, a demissão do padre Alcindo Saraiva Martins, pároco da Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré, afastado de suas funções após ter se relacionado sexualmente com uma jovem. A decisão foi determinada pelo Vaticano.

(Foto: Reprodução/redes sociais)

Segundo a Arquidiocese, o comunicado ao padre Alcindo Saraiva Martins foi dado na Capela Episcopal na presença de dois padres consultores da diocese. Após uma breve apresentação do processo, foi feito o informe. 

“Demissão do estado clerical e dispensa do sagrado celibato e das obrigações conexas à Sagrada Ordenação do Sr. Alcindo Saraiva Martins, ex-clérigo dessa circunscrição eclesiástica, com suprema e inapelável decisão, contra a qual não é possível qualquer recurso”.

O documento foi assinado por Francisco de Assis Gabriel dos Santos, Bispo Diocesano, e dos padres Gilcimar de Lima Machado e Luís Francisco Fonseca Moura. 

Confira abaixo o documento divulgado pela Arquidiocese de Campo Maior.

Entenda o caso

Em agosto de 2020, o padre Alcindo Saraiva Martins (32 anos) foi afastado de suas funções de sacerdote da igreja onde era pároco após assumir ter se relacionado com uma jovem. O anúncio foi feito pelo bispo diocesano, Dom Francisco de Assis, que conversou com a fiel, em julho do mesmo ano, no qual ela confirmou o envolvimento com o padre. 

Em novo decreto publicado no dia 18 de setembro, Dom Francisco decidiu pela permanência de desvinculação de Alcindo de qualquer atividade pastoral e assessorias local ou regional, ficando ele ainda proibido de assistir ou ministrar sacramentos, participar de lives nas redes sociais, e a permanecer em silêncio público sobre o fato, bem como assumir a inteira culpa pelo desgaste a Igreja e às pessoas de boa fé. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário