Campo Maior

Campeão Brasileiro de Jiu-Jítsu Eduardo é recebido com festa em Campo Maior

Eduardo Oliveira foi Campeão Brasileiro na categoria categoria Master 1/Marrom/Pesadíssimo. Ele retornou para Campo Maior com o Kimomo mais pesado com o título e agora visa outras competições.

01/05/2017 10:05h - Atualizado em 01/05/2017 10:26h

Compartilhar no

Desembarcou em Campo Maior na noite desse último domingo (30), o Campeão Brasileiro de Jiu-Jítsu Eduardo Oliveira, que após enfrentar o difícil atleta Eder Fernando Duarte da academia LEAD BJJ, venceu a competição por pontos na categoria Master 1/Marrom/Pesadíssimo e trouxe para os campo-maiorenses o título nacional. Eduardo já foi campeão Pan-Americano, Norte-Nordeste e Estadual. O título nacional tão desejo era o único que faltava para sua coleção.  

Eduardo chegou a Campo Maior por volta de 20:00h, e logo na entrada da cidade foi recepcionado por uma multidão de pessoas que aguardavam o campeão. Alunos do CT Eduardo Oliveira, admiradores, imprensa e muitos campo-maiorenses abraçaram Eduardo Oliveira e saíram em carreata pelas ruas da cidade em forma de carinho e orgulho pela garra e representativa do atleta na maior competição de Jiu-Jítsu do Brasil. 

 

O prefeito de Campo Maior, professor Ribinha, chegou cedo à Churrascaria o Cervejão (local da concentração), e aguardou Eduardo Oliveira e sua equipe para parabenizar pessoalmente o atleta. O prefeito fez questão de sair em carreta em carro aberto com Eduardo e no final do percurso falou do orgulho de ter um campeão nacional e reafirmou seu apoio a todas as modalidades esportivas.

“Para nós é uma alegria muito grande receber o Eduardo Oliveira, conheço ele há bastante tempo é professor também, sei da sua luta, esforço e da sua batalha. Ele é merecedor, para nós campo-maioreses é muito orgulho ter um atleta do porte do Eduardo. Vamos sempre está apoiando e a disposição do esporte de Campo Maior” disse o prefeito Ribinha.

A cidade teve também outro atleta que disputou a competição. O Campeão Mundial de Jiu-Jítsu, Carlos André “Jacaré”, que não fez uma boa luta, foi derrota na primeira disputa e não conseguiu seguir na competição.

Compartilhar no
Por: Diego Nascimento

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário