• show Legião Urbana
  • casa gourmet 2018
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Notícias Brasileira

28 de agosto de 2018

Feira da Cidadania realiza atendimentos na cidade de Brasileira

Feira da Cidadania realiza atendimentos na cidade de Brasileira

A população da cidade de Brasileira e municípios adjacentes está sendo beneficiada com atendimentos nas áreas de cidadania, saúde, educação, nutrição, esporte, lazer e recreação infantil. Tudo isso graças a Feira da Cidadania, realizada na Praça da Estação nos dias 25 e 26 de agosto. O evento é patrocinado pelo Conselho Nacional do SESI e realizado pelo Instituto Conhecer Brasil, com a parceria do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI) e da prefeitura local.

Os serviços foram disponibilizados ao público a partir das 9 horas e segue até as 17h. Antes, uma pequena solenidade marcou a abertura da Feira com a execução dos hinos nacional e municipal, por meio da orquestra Flauta Doce formada por um grupo de crianças de escolas municipais. Em seguida houve as palavras do tesoureiro da FIEPI, Robério Cantalice, representando o presidente da FIEPI, em exercício, Humberto Cronemberger e da prefeita Paula Araújo.

Robério saudou os presentes e destacou a importância da Feira, citando os parceiros que juntos contribuíram para a realização da ação de cidadania. “Só tenho a agradecer a todos. Esta feira vai beneficiar aquelas pessoas que não têm acesso a serviços essenciais no seu dia a dia, seja na área da saúde ou mesmo na de cidadania e nós nessa junção de esforços estamos fazendo isso”, ressaltou.

Por sua vez a prefeita Paula Araújo, disse que o Conselho Nacional do SESI, o Instituto Conhecer Brasil e o Sistema FIEPI estavam contribuindo com as pessoas do seu município ao proporcionar, através da Feira muitos serviços que muita gente precisa. “Por isso, a prefeitura disponibilizou as secretarias e colaboradores para o bom funcionamento desta ação. Agradecendo a todos, declaro aberta a Feria da Cidadania aqui na nossa cidade”, pontuou.

Num só local as pessoas estão podendo ser atendidas em serviços médicos em especialidades de cardiologia, odontologia, exame da aferição de pressão, emissão de cédulas de identidade, minicursos de educação alimentar e palestras educativas sobre empreendedorismo e mundo do trabalho. Além disso, os alunos das escolas do município participam de competições como torneio de futsal e ciclismo e ainda podem contar com shows musicais de artistas locais e de uma banda sertaneja nacional.

15 de dezembro de 2017

19 de abril de 2017

PF apura fraude em compra de ações do Banco Panamericano pela Caixa

Segundo corporação, a transação tem 'potencialmente causado expressivos prejuízos ao erário federal'. Inquérito investiga se houve gestão fraudulenta e danos a correntistas e clientes.

A Polícia Federal realiza nesta quarta-feira (19) uma operação para apurar se houve fraude na aquisição de ações do Banco Panamericano pela Caixa. Segundo a corporação, a transação tem "potencialmente causado expressivos prejuízos ao erário federal". O inquérito investiga se houve gestão fraudulenta e prejuízo a correntistas e clientes.

Ao todo, são cumpridos 46 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 10ª Vara Federal de Brasília. As ações ocorrem de forma simultânea em São Paulo, no Rio de Janeiro, no Paraná, em Pernambuco, Minas Gerais e no Distrito Federal. Na capital federal, há buscas na sede da Caixa e no Banco Central.

A Justiça também determinou a indisponibilidade e bloqueio de valores de contas bancárias dos alvos. Ao todo, o montante congelado chega a R$ 1,5 bilhão.

De acordo com a PF, foram identificados três núcleos criminosos:

- o de agentes públicos: "responsáveis diretos pela assinatura dos pareceres, contratos e demais documentos que culminaram com a compra e venda de ações do Banco Panamericano pela Caixa e com a posterior compra e venda de ações significativas do Banco Panamericano pelo Banco BTG Pactual S/A";

- o de consultorias: "contratadas para emitir pareceres a legitimar os negócios realizados";

- o de empresários: "conhecedores das situações de suas empresas e da necessidade de dar aparência de legitimidade aos negócios, contribuíram para os crimes em apuração".

Ainda segundo a corporação, os investigados devem responder por gestão temerária ou fraudulenta. As penas para esses crimes podem chegar a 12 anos de reclusão.

Em nota, a Caixa disse que está "em contato permanente com as autoridades, prestando irrestrita colaboração com os trabalhos, procedimento que continuará sendo adotado pela empresa".

Já o Banco Panamericano informou que "está colaborando com as investigações e que tal fato não tem nenhuma relação com a gestão atual ou com suas operações e comunicará ao mercado qualquer informação relevante sobre o assunto".

Batizada de "Conclave", a operação remete ao ritual que ocorre a portas fechadas para escolher o Papa, maior representante da Igreja Católica. Segundo a PF, neste caso investigado, as negociações entre o Banco Panamericano e a Caixa também ocorreram de forma sigilosa.

Veja onde acontece a operação

30 mandados em São Paulo

6 no Rio de Janeiro

6 em Brasília

1 em Belo Horizonte

1 em Recife

2 em Londrina

Relembre

Em novembro de 2009, o Banco Panamericano recebeu um aporte de R$ 2,5 bilhões, com recursos obtidos junto ao Fundo Garantidor de Créditos (FGC), tendo os bens do grupo Silvio Santos como garantia, depois que o Banco Central identificou um rombo nas contas da instituição. O objetivo era reforçar o balanço do Panamericano e evitar uma corrida aos saques.

De acordo com a autoridade monetária, o Panamericano mantinha em seu balanço, como ativos, carteiras de crédito que já haviam sido vendidas a outros bancos. Também houve duplicação de registros de venda de carteiras. Com isso, o resultado do banco era inflado.

A venda do Panamericano ocorreu em 2011. Venda foi acertada com o BTG Pactual, por R$ 450 milhões. Com o acordo, a instituição passou a deter 34,64% do Panamericano, com 51% das ações ordinárias – o que garante o controle do banco – e 21,97% das preferenciais. Por outro lado, a Caixa manteve a participação de 36,56% no capital social total do banco.

Especializado nos segmentos de leasing e financiamento de automóveis, o Panamericano teve 49% do capital votante e 35% do capital total vendido para o banco estatal Caixa Econômica Federal em dezembro de 2009, por R$ 739,2 milhões.

24 de outubro de 2012

Brasileira está entre os municípios que podem ter novas eleições

Brasileira está entre os municípios que podem ter novas eleições

Justiça anulou votação de candidata que não teria se registrado em tempo hábil

O município de Brasileira (160 km de Teresina) entrou na lista de cidades onde podem ser realizadas novas eleições, o levantamento foi divulgado no portal congressoemfoco.com.br e mostra cidades que podem ter novas eleições, a maioria dos candidatos barrados se enquadra na Lei da Ficha Limpa e outras irregularidades.

De acordo com o levantamento, a situação do município piauiense e de outras 86 cidades do Brasil está sendo julgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que deve se manifestar em breve solicitando os novos pleitos. O município de Brasileira tem atualmente cerca de 8 mil habitantes e um eleitorado equivalente a 6.824 (IBGE).

O principal motivo que pode levar o município a um novo pleito é que a candidata Paula Araújo (PSB) venceu as eleições com 2.913 votos, sendo que somente 2.245 votos foram validados, neste caso, constatou-se que mais de 56% dos votos foram anulados. De acordo com o código eleitoral, se 50% ou mais dos votos forem anulados pela justiça a ação prevista é a solicitação de uma nova eleição. A outra candidata, Dra. Carmem (PC do B) terá que aguardar ao posicionamento da justiça.

Entenda melhor o caso:
O município já enfrentava problemas antes mesmo das eleições do dia 07 de outubro. Anteriormente concorriam ao cargo outros dois candidatos: Messias Filho (PC do B) que deu lugar a Dra. Carmem (PC do B) 10 dias antes do pleito após ter tido seu registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O outro candidato era Zé Filho (PSB) que também decidiu dar lugar para a candidata Paula Araújo (PSB) horas antes da eleição. Porém a troca do segundo candidato não se deu em tempo hábil para o registro no TSE, erro este o que pode levar ao cancelamento da eleição.

24 de agosto de 2012





Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado