• Enem
  • Jovens escritores 2019
  • Banner paraíba
  • AZ no rádio
  • cachoeir piaui
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner
Boa Hora

Criada Cooperativa de Produtores de Rapadura de Boa Hora

Os colaboradores do Sistema OCB/SESCOOP-PI visitaram os 23 engenhos

18/03/2019 11:56h - Atualizado em 18/03/2019 11:57h

O município de Boa Hora, localizado há 139 km de Teresina, conta agora com uma cooperativa de produtores de rapadura, formada por proprietários de 23 engenhos. A iniciativa contou com o apoio do Sistema OCB/SESCOOP-PI, que auxiliou na constituição da nova entidade, concretizada no dia 10 de março.

A presidente da cooperativa, Leila Pereira, afirma que há grande expectativa dos produtores em relação à formalização do grupo, para o qual a produção de rapadura é uma tradição, passada de geração em geração. "Nós já tínhamos pensado na possibilidade de fazer uma cooperativa, mas ninguém sabia como fazer, nem as obrigações. Com as orientações que recebemos, finalmente deu certo", frisou.

“Eles nos procuraram e manifestaram interesse na criação da cooperativa para organizar a cadeia produtiva da rapadura, visando buscar uma forma eficiente de baixar o custo de produção e ganhar competitividade no cenário atual de mercado”, relata o gerente da OCB Piauí, Agnaldo Linhares.

Monitoramento

Os colaboradores do Sistema OCB/SESCOOP-PI visitaram os 23 engenhos, no período de 7 a 10 de março deste ano, repassando orientações cooperativistas, a forma de atuação, as vantagens, os direitos e deveres inerentes a esse tipo de empreendimento.

Durante as visitas, o gerente da OCB Piauí, Agnaldo Linhares, e a analista de monitoramento do SESCOOP-PI, Elineide Macedo, coletaram dados de produção, como valor da mão de obra, matéria-prima, custo com insumos e energia, manutenção de maquinário e outros, a fim de orientar corretamente os produtores interessados em participar da organização.

“Sempre que formos chamados a agir em ações que tratam de cooperativismo, disponibilizaremos nossos esforços para contribuir no que for possível, especialmente na transferência de conhecimento, seja a respeito das legislações vigentes, sobre o papel do cooperado e até mesmo sobre o produto em si”, afirma o presidente do Sistema OCB/SESCOOP-PI, Leonardo Eulálio.


Deixe seu comentário

Tags: engenhos,


Notícias Relacionadas