Assunção do Piauí

Foi preso um dos bandidos mais procurados do Ceará

"Zé da Barra" como é conhecido, foi preso no bairro Rodolfo Teófilo, em Fortaleza. Ele é conhecido por ações ousadas no estado do Ceará.

12/01/2014 07:30h

Compartilhar no

 Um dos homens mais procurados pela Polícia do Estado Ceará  foi detido na noite da última quinta-feira  (9), pelos policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF). A operação foi comandada pelo delegado titular, Danilo Rafanelle, e o inspetor-chefe, Aurélio Martins.

Francisco Wanderson da Silva Sousa, 27, conhecido como "Zé da Barra" foi preso no bairro Rodolfo Teófilo. Ele é conhecido por ações ousadas na Capital, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e Interior.

Segundo informações da Polícia Civil,  ele é envolvido no assalto a um carro forte em um shopping, na Avenida Bezerra de Menezes e ações criminosas que ocorreram em uma boate na Praia de Iracema, um parque aquático, no Porto das Dunas, em Aquiraz, um hospital particular, no bairro de Fátima uma agência dos correios em Maranguape.

O suspeito estava com um mandado de prisão. e após investigação da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), foi preso portando um documento de identidade falsa. Ele foi encaminhado à DRF para realização dos procedimentos legais.

Em novembro de 2013, o Comando Tático Motorizado (Cotam), do Batalhão de Choque (BPChoque) prendeu Francisco Wanderson na Avenida Bezerra de Menezes, no bairro Antônio Bezerra. Ele chegou a trocar tiros com os policiais e foi encaminhado ao 7º DP (Pirambu), onde foi liberado após apresentar identidade falsa.

No ano de 2011, a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) prendeu "Zé da Barra" por suspeita de envolvimento em assaltos a agências bancárias nos municípios de Palhano e Choró, no Interior do Estado, e outro banco no bairro Vila Velha.



Compartilhar no
Fonte: Diario do nordeste
Edição: PORTAL O DIA
Por: O BEZERRÃO

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas