Assunção do Piauí

Homem vive amarrado há mais de 10 anos em Assunção do Piauí

Valdecir mora na comunidade Chapada e tem problemas mentais

16/02/2014 12:24h - Atualizado em 16/02/2014 13:16h

Compartilhar no

Valdecir Batista vive há mais de 18 anos com problema mental no município de Assunção do Piauí, a 300 km de Teresina. Há pelo menos uma década, o pai foi obrigado trancá-lo em um quarto de 3 metros e amarrá-lo. Devido à agressividade de Valdecir os pais não têm mais como segurá-lo.

Valdecir, hoje com 36 anos, mora na comunidade Chapada, distante 5 km da sede de Assunção. Seus pais Batista Leira e Otacília, ambos com mais de 65 anos não tem mais força para lutar contra o filho, que sempre quer agredí-los.

Segundo Batista Leira a esperança de internação e tratamento em um local apropriado ficou somente nas promessas. "Até agora as autoridades não fizeram nada. Em também já procurei o INSS para aposentar meu filho, mas não adiantou", conta o pai.

O homem faz um apelo aos governantes. "Ei vivo cansado e doente. Não tenho mais condições de lutar com meu filho. Nos últimos dias ele esta com uma forte depressão e só fala que vai morrer", conta o senhor Batista.

 

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas