Fluminense treina ao som de protestos: "Time sem vergonha"

Prestes a encarar o Volta Redonda, neste domingo, às 16h (de Brasília), no Moacyrzão, o Fluminense treinou na manhã deste sábado, nas Laranjeiras, sob protestos da torcida, ainda inconformada com a derrota, por 3 a 1, diante do Horizonte, no meio da

22/03/2014 17:48h

Compartilhar no
Fluminense treina ao som de protestos: 'Time sem vergonha'. (Foto: Nelson Perez/Fluminense Oficial)

Prestes a encarar o Volta Redonda, neste domingo, às 16h (de Brasília), no Moacyrzão, o treinou na manhã deste sábado, nas Laranjeiras, sob protestos da torcida, ainda inconformada com a derrota, por 3 a 1, diante do Horizonte, no meio da semana, pela Copa do Brasil.




Antes de ir a campo, o elenco esteve reunido nos vestiários do estádio junto com o técnico Renato Gaúcho e toda a comissão técnica, em conversa que durou cerca de uma hora.

Ao subir, os jogadores realizaram um tradicional bobinho e depois foram divididos em dois times para disputarem um rachão. Os torcedores aproveitaram o momento para cobrar uma reação do Tricolor e até apresentaram uma faixa com o recado: "Time sem vergonha".

Além de xingamentos, os fanáticos pediram raça aos atletas. Bruno, Jean e Fred foram os principais alvos. Titular da Seleção Brasileira, o camisa 9, ouviu, insistentemente, que seu foco deveria ser o apenas o Fluminense.

Atualmente, a equipe figura na segunda colocação da tabela de classificação do Estadual e precisa de uma vitória parar não ceder a posição ao arquirrival Vasco, em terceiro. A fase de grupos se encera neste fim de semana e o Tricolor já está classificado à próxima fase.

20140322T204840+0000
Compartilhar no
Fonte: Esporte interativo

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas