Confronto entre Neymar e Messi, no Mineirão, terá caráter inédito

Os craques nunca se enfrentaram na América do Sul, e por seleções os jogos sempre foram amistosos. Relembre os duelos!

25/10/2016 19:38h

Compartilhar no
Ronaldinho era o astro da Seleção no primeiro encontro entre Messi e Neymar (Foto: Getty Images)

Em 2010, Messi garantiu a vitória da Argentina no último minuto (Foto: Getty Images)

A partida, de caráter amistosa, foi disputada no Qatar e terminou com vitória argentina por 1 a 0. O gol foi de Messi, e bem ao estilo do craque: partindo pra cima da marcação, sem deixar a bola descolar do pé, e desferindo um forte chute rasteiro. Neymar apareceu bem no jogo, mas a verdade é que a grande estrela daquela Seleção Brasileira ainda era Ronaldinho Gaúcho.

A expectativa foi gigante para a decisão que colocou frente a frente o Santos de Neymar contra o Barça de Messi (Foto: Getty Images)

Quando Neymar e Messi se reencontraram, o brasileiro já era apontado como o grande craque de nosso país. Afinal de contas, havia desequilibrado pelo Santos na conquista da Libertadores da América de 2011. Parte da imprensa brasileira já comparava o camisa 11 do Peixe ao craque do Barcelona, novamente campeão europeu. Mas quando a bola rolou na final do Mundial de Clubes, deu para perceber que ainda era muito cedo para fazer tal relação.

Após o 4 a 0 do Barça, Neymar se rendeu ao talento de Messi (Foto: Getty Images)

Não que Neymar tenha feito um jogo ruim. Ele não conseguiu nem ver a cor da bola, que só ficava no campo de defesa do Santos. Naquele 18 de dezembro, o Barça aplicou uma goleada de 4 a 0 e ficou com o título mundial. Messi abriu e fechou o placar para a equipe catalã. Após o apito final do árbitro, o brasileiro – que em momento nenhum havia alimentado a disputa individual com o barcelonista – exaltou todo o talento daquele camisa 10.

Em 2012, Messi também deu show e fez um golaço na vitória por 4 a 3 sobre o Brasil (Foto: Getty Images)

Os craques se reencontraram novamente no ano seguinte, em amistoso disputado nos Estados Unidos. O início foi melhor para o Brasil, já que Neymar aproveitou o cochilo da zaga argentina para, de falta, dar a assistência para Rômulo abrir o placar. Só que Messi empatou e, depois, virou em menos de cinco minutos – acionado em jogadas de velocidade. Oscar e Hulk recolocaram o time treinado por Mano Menezes na frente, mas Fede Fernández igualou e, no final do encontro, Messi anotou um golaço. O hat-trick do craque nascido em Rosário garantiu a sua invencibilidade contra a joia santista.

No último encontro com Messi, Neymar comemorou a vitória pela primeira vez (Foto: Getty Images)

Um outro amistoso, realizado na China, em 2014, proporcionou o primeiro encontro de Messi e Neymar já depois de serem companheiros de time no Barcelona. E desta vez terminou com vitória do Brasil. No entanto, Neymar não brilhou no triunfo por 2 a 0. Os gols foram de Diego Tardelli, e o destaque para Messi foi negativo. Afinal de contas, o camisa 10 desperdiçou um pênalti – defendido por Jefferson.

No próximo dia 10, o Mineirão vai testemunhar o primeiro confronto oficial por seleções entre os astros do Barcelona. Lionel Messi continua no topo, e Neymar mostrou grande evolução no seu futebol. Considerando o que ambos podem fazer em campo, a esperança é de um jogaço!

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Esporte interativo

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas