• TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Após sofrer com empréstimos do Corinthians, Renan se recupera no Rio, mas não sabe destino

Goleiro finalmente teve tempo para se preparar e conseguiu sucesso pelo Tigres, mas seu contrato com o clube paulista está perto do fim

26/04/2016 08:00h

Por Allan Brito 


O surgimento do goleiro Renan foi tão rápido quanto seu "sumiço". Ele brilhou no Avaí com apenas 19 anos, foi convocado pela Seleção Brasileira e contratado pelo Corinthians em poucos meses. Mas logo depois virou reserva, passou a ser emprestado pelo clube paulista e só se recuperou neste ano, defendendo o Tigres no Campeonato Carioca. A partir desta segunda-feira, ele está de volta ao Corinthians, mas não sabe qual será seu destino.

Renan está com apenas 25 anos e já passou por Vitória, Estoril-POR, Guarani, Botafogo-SP, Bragantino e Caxias, sempre emprestado pelo Corinthians. Ele alega que o próprio clube é culpado por ele não ter se firmado, já que normalmente os empréstimos aconteciam tarde demais.

"Infelizmente, em alguns clubes que cheguei, já estava com o campeonato andando. Então cheguei sem pré-temporada. O Corinthians demorava para me emprestar e eu chegava no meio da competição", afirmou Renan, em entrevista exclusiva à Goal. 

No Tigres ele chegou em novembro e fez a pré-temporada completa, o que foi determinante para o sucesso, de acordo com Renan. A defesa foi um ponto forte do time, que quase conseguiu a classificação para as semifinais da Taça Rio. 

Pelo menos Renan pode se animar com o bom desempenho individual: "é difícil fazer uma auto-crítica, mas pude fazer um ótimo campeonato, fiz meu máximo e pude mostrar meu futebol".


O Avaí fez até uma camiseta pra homenagear a ida de Renan para Seleção (Foto: Flavio Neves)

Agora Renan está de volta ao Corinthians e só sabe que vai treinar separadamente. A diretoria ainda não o procurou para falar sobre uma renovação de contrato, já que o vínculo atual acaba em junho.

O goleiro diz que tem recebido propostas de outros clubes: "sempre aparecem propostas, agora mesmo estão aparecendo muitas, muito boas, mas a gente é funcionário do Corinthians e presta satisfação a eles. Não sabe se vai renovar ou não, mas a gente está trabalhando para que as coisas possam ocorrer da melhor maneira possível".

Não será fácil para Renan permanecer no Corinthians: além do titular Cássio, o clube tem Walter, que sempre se destaca quando é utilizado, e o jovem Matheus Vidotto, que acumula passagens pelas categorias de base da Seleção Brasileira.


Renan chegou na Seleção Brasileira com 19 anos (Foto: CBF/Divulgação)

Mas Renan não tira o olho do Corinthians. Ele diz não ter arrependimento de ter ido para o clube, mantém contato com jogadores do elenco, como Uendel e Edilson, e até elogia bastante o técnico Tite, que o colocou na reserva em 2011.

"É uma pessoa que admiro, que respeito e é do bem. Não tem palavras para descrever. É um cara bacana, um amigo. Tem muita intensidade no treino, cobrança, espírito de vencer. Ele nunca está satisfeito com o resultado e estuda muito", descreveu Renan.

Por enquanto o goleiro foi orientado a treinar separadamente do grupo, mas logo terá que definir seu destino. Enquanto isso, torce para o time na Copa Libertadores: "no futebol tudo é possível, mas o Corinthians ganhou uma sequência muito grande e é um palpite que assumo aqui para a Libertadores 2016".

Fonte: Esporte interativo

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas