• Novo app Jornal O Dia
  • ITNET
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Mbappé faz dois, PSG vence e amplia vantagem na liderança do Francês

Sem algumas das principais estrelas, o time comandado por Thomas Tuchel demorou para engrenar na partida.

24/02/2019 09:58h

O Paris Saint-Germain segue cada vez mais líder do Campeonato Francês. Ainda sem Neymar, que se recupera de lesão no pé direito, o time parisiense venceu o Nîmes por 3 a 0, hoje (23), no Parque dos Príncipes, e ampliou para 17 pontos a vantagem para o vice-líder Lille -que empatou ontem com o Strasbourg. Nkunku e Mbappé, duas vezes, balançaram a rede na vitória. A equipe ainda teve dois gols anulados corretamente pelo VAR.

Sem algumas das principais estrelas - além de Neymar, Cavani (lesionado) e Di María (poupado) também ficaram de fora - o time comandado por Thomas Tuchel demorou para engrenar na partida. Após um bom início dos visitantes, o PSG só conseguiu abrir o placar perto do fim da etapa inicial, quando Nkunku, aos 39 minutos, aproveitou desatenção da defesa adversária e mandou para a rede.

Pouco antes do primeiro gol, Mbappé havia desperdiçado uma chance cara a cara com goleiro e teve um gol anulado pelo VAR. O árbitro de vídeo voltaria a entrar em ação ainda no primeiro tempo para anular um gol de mão do atacante.

A vantagem no placar deu tranquilidade ao PSG. A equipe retornou para o segundo tempo pressionando o adversário e ampliou o resultado aos 24 minutos. Depois dos lances anulados, Mbappé finalmente conseguiu deixar a sua marca na partida ao completar para rede um cruzamento de Bernat. O jovem atacante foi o responsável também por fechar o placar anotando o terceiro da equipe, aos 44 minutos, depois de bom contra-ataque.

Com o resultado, o PSG chegou a 68 pontos na ponta da tabela. Vale ressaltar que a equipe possui um jogo a menos que o vice-líder Lille, que soma 51 pontos. Já o Nîmes está na 11ª posição, com 36.

O próximo compromisso do Paris Saint-Germain será contra o Dijon, na próxima terça-feira (26), pelas quartas de final da Copa da França.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário