Vasco e Botafogo duelam por Leo Valencia, do Palestino

Diretoria cruz-maltina negocia com agente e ainda aguarda resposta. Botafogo tem conversas avançadas com outro representante.

06/07/2017 09:27h

Compartilhar no

A expectativa por Leo Valencia continua no Vasco. A diretoria negocia com o empresário Fernando Felicevich e esperava uma resposta na quarta-feira, mas ela não veio. O agente e Leo Valencia ainda analisam as propostas que receberam e consideram a do Cruz-Maltino interessante.

A promessa de Felicevich é definir o futuro do jogador nos próximos dias. Há a possibilidade de que saia uma definição ainda nesta quinta-feira. O clube confia na negociação com o empresário, apesar de saber que o meia chileno tem outros agentes que dizem representá-lo - Edison Pereira, por exemplo, é quem conversa com o Botafogo, que também está otimista para contratar o jogador.

Felicevich, o empresário das estrelas chilenas

Desde 2016, Valencia já esteve ligado a três empresários. Ele trabalhava com José Hervía até setembro do ano passado. Depois, passou a trabalhar com Edison Pereira, que garante que ainda representa o jogador. Entretanto, relatos da imprensa chilena apontam que o meia o trocou por Fernando Felicevich recentemente.

Felicevich é apontado como um dos principais empresários do mundo - teve perfil publicado na revista Forbes em 2016. Ele trabalha com os principais jogadores chilenos, como Alexis Sánchez, Arturo Vidal e Gary Medel - todos em grandes clubes da Europa.

O agente ofereceu Valencia ao Vasco na última semana. O clube se interessou pelos termos e fez uma proposta. Justamente pelo perfil do empresário, a diretoria confia que esteja tratando com o homem certo.

Torcida pede contratação

A insistência do Vasco tem muito a ver com o desejo da torcida. Nas redes sociais, torcedores pedem a contratação de Leo Valencia. Em entrevista coletiva na última terça-feira, Eurico Brandão, vice-presidente de futebol, deixou claro que a diretoria vai procurar atender os pedidos.

- Leo Valencia é um jogador interessante, que tem aí todo um clamor do torcedor. Acho que os jogadores mais cobiçados são o Anderson (Martins) e o Valencia. Acho que nós, da diretoria, temos que fazer um esforço para entender a vontade do torcedor e buscar aquilo que o torcedor busca. Tem que ter outros tipos de análise, questões financeiras... Não podemos nunca descartar jogadores que estão com tanta representatividade junto ao torcedor - disse o dirigente.

Valencia vinha sendo oferecido ao Vasco desde o início do ano, mas a diretoria, a princípio, não se interessou. O jogador estava no Palestino, mas seu contrato se encerrou em junho, e ele ficou livre para negociar.

Compartilhar no
Fonte: globoesporte.com
Por: Felipe Schmidt

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário