• Enem
  • Jovens escritores 2019
  • Banner paraíba
  • AZ no rádio
  • cachoeir piaui
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Vasco com Vanderlei Luxemburgo terá mudanças no futebol

A chegada de Vanderlei Luxemburgo ao Vasco vem acompanhada de algumas mudanças no departamento de futebol.

09/05/2019 16:47h - Atualizado em 09/05/2019 16:55h

Além de o treinador levar seu auxiliar Maurício Copertino e seu preparador físico Antônio Mello, o clube também confirmou a busca por um diretor-executivo, diz que não terá um vice-presidente do setor e deverá realocar o coordenador-técnico Paulo César Gusmão -que tem sido criticado pela torcida- para as divisões de base, onde trabalhará num processo de transição dos jovens ao profissional.

Luxemburgo, que em outros clubes participou ativamente do gerenciamento do setor, garante que não será um "mandão", e as indicações de reforços serão feitas de maneira interna.

"Eu sempre fui rotulado como o cara que queria ser o 'mandão' do futebol, mas eu só queria que houvesse um crescimento com profissionais. Uma comissão técnica multidisciplinar nos clubes, e hoje se tem isso. Hoje você só precisa levar seu auxiliar e seu preparador físico porque toda a estrutura do clube já está montada, com diretor-executivo, analista de desempenho, fisiologista... No meu conceito, continuo sendo um head coach. Quando se fala isso, não é que você vai mandar em tudo. Você só quer ser informado das coisas. O Telê Santana era um head coach, por exemplo", destacou.

O cargo de diretor-executivo segue vago desde o último domingo (5), quando Alexandre Faria foi demitido após o empate em 1 a 1 com o Corinthians. Rodrigo Caetano, do Internacional, é o "sonho", mas sua volta ao Vasco é considerada pouco provável, dado o bom momento que atravessa no clube gaúcho, com o qual tem contrato até o fim deste ano. Antônio Lopes e Ricardo Rocha possuem forte lobby em São Januário mas, segundo os próprios, ainda não foram procurados oficialmente.


Campello extingue vice-presidência de futebol

Durante a entrevista coletiva de Vanderlei Luxemburgo, o presidente do Vasco, Alexandre Campello, foi claro ao dizer que não indicará ninguém para o cargo de vice-presidente de futebol, que está vago desde o ano passado.

"Todos falam de profissionalismo no futebol, mas o que é um vice de futebol? É um amador. No Vasco, em seu organograma do futebol, essa figura deixa de existir. Alguns, maliciosamente, dizem que eu acumulo a vice-presidência de futebol, o que não é verdade. O Palmeiras, inclusive, é um exemplo. Quem é o vice de futebol do Palmeiras? Simplesmente não tem".

Apesar de ter sido apresentado, Vanderlei Luxemburgo não estará à beira do campo na partida deste domingo (12), contra o Santos, no Pacaembu (SP). O time continuará sendo comandado pelo interino Marcos Valadares e o treinador iniciará seus trabalhos na segunda-feira (13).

Luxa, porém, estará presente no estádio, acompanhando o duelo com os paulistas das tribunas.

Fonte: UOL / Folhapress

Deixe seu comentário