• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Valéria: contrato internacional, expectativa por seleção brasileira

A atleta fechou com o Madri, da Espanha, seu primeiro contrato internacional.

26/12/2019 10:26h

O ano de 2019 foi um divisor de águas na história do futebol feminino do Brasil e porque não dizer, mundial. A Copa da visibilidade, com números incríveis de audiência e uma das coisas que mais chamou atenção foi que todas as mulheres que estiveram em campo por inúmeros motivos se mostraram como retrato de resistência: de gênero, racial, salarial. Após a eliminação diante da França, a rainha Marta chorou e deixou um recado, e ‘de pronto’ podemos dizer que foi atendida.

 A Seleção Brasileira mudou o comando e pela primeira vez uma ‘gringa’ assumiu – a sueca Pia Sundaghe e junto a ela veio toda uma comissão empenhada em fazer o futebol feminino seguir crescendo e não morrer no ‘boom’ da Copa. E como o Piauí se encaixa nessa história? O estado tem nomes fortes dentro da modalidade, mas atualmente a chance real de chegar à seleção é com Valéria Cantuário.

Valéria viveu no ano de 2019 momentos de expectativa a cada convocação, após a Copa, e toda essa confiança é porque ao longo do ano vestindo a camisa do São Paulo ela foi um dos destaques do Tricolor, conquistando acesso até o Brasileiro Série A1 de 2020, foi vice-campeã Paulista, competição que lhe rendeu o troféu de melhor atacante do Paulistão e teve oportunidade de dividir espaço no ataque com nada mais, nada menos do que a craque Cristiane, uma das referencias atuais do futebol feminino no Brasil ao lado da própria Marta.

Antes de chegar ao São Paulo, Valéria chamou atenção do clube paulista por conta da atuação no Vitória, da Bahia, e lá foi artilheira da temporada 2018 com sobra. Ainda na temporada 2018, a atacante também atuou no Audax (SP), mas foi no ano de 2017, vestindo a camisa do Tiradentes, no Piauí, que a estrela de Valéria começou a brilhar nacionalmente. Na época, o Tigrão disputava o Campeonato Brasileiro Série A2 (ano que foi criado) e Val foi a artilheira da competição com 10 gols marcados em 10 jogos, mesmo sendo eliminadas antes de conseguir o acesso de divisão. “Sempre que venho aqui eu preciso reencontrar minhas amigas de Tigrão e agradecer a cada um que faz parte do Tiradentes. Sou eternamente grata”, lembra.


Valéria: contrato internacional, expectativa por seleção brasileira e representatividade. Arquivo O Dia

Após a boa temporada com a camisa do Tricolor Paulista, a piauiense parte na temporada 2020 para desafios maiores. Valéria fechou contrato com o Madri, da Espanha, seu primeiro contrato internacional. “Acredito que o momento chegou, agora estou preparada e espero me sair bem por lá e chamar atenção da Pia (técnica seleção)”, acrescentou.

Vestir a camisa da seleção principal é o grande objetivo da piauiense de 21 anos, que nos últimos anos defendeu a Seleção Sub20 e tem títulos e gols marcados com a camisa amarelinha, mas acima de tudo a jogadora quer fazer parte desse novo momento e projeto que vive a seleção brasileira. “Dá para notar diferenças: no São Paulo tenho colegas convocadas e sempre são sobre essas mudanças para melhor”, cita Valéria.

Valéria Cantuário se apresenta ao time espanhol no dia 1ª de janeiro de 2020.

Por: Pâmella Maranhão

Deixe seu comentário