Tiger Woods alega que medicamento causou sua prisão, não o álcool

Segundo o atleta, a mistura de medicamento foi a causa da alteração que o fez ser detido na última segunda-feira.

30/05/2017 13:43h

Compartilhar no

Após ser preso, na última segunda-feira, por dirigir sob efeito de substâncias, o golfista Tiger Woods se pronunciou e alegou que não havia usado álcool ou nenhuma droga ilícita. Segundo Woods, ele sofreu com efeito colateral a um medicamento controlado. A polícia relata que o atleta estava dirigindo "erraticamente" pela rua e que, de acordo com o agente que fez a abordagem, cheirava a bebida alcoólica. Tiger Woods se recusou a fazer o teste do bafômetro e por isso foi conduzido a delgacia.

Tiger Woods foi fichado por dirigir sob efeito de substâncias (Foto: Reprodução/Twitter)

- Eu sei a gravidade do que fiz e aceito toda a responsabilidade dos meus atos. Quero deixar claro que não utilizei álcool. O que aconteceu foi uma reação inesperada ao uso de medicamento controlado. Não percebi que a mistura de medicações me afetou de forma tão forte. Quero pedir desculpas a minha família, amigos e fãs - explicou Tiger Woods.

A polícia americana se negou a divulgar o vídeo da abordagem ao esportista. Woods passou aproximadamente quatro horas preso. Em nota oficial, o 14 vezes campeão de Majors elogiou a postura dos oficiais que o abordaram.

- Eu cooperei com a força da lei e gostaria de agradecer os representantes do departamento de polícia de Jupiter (bairro na Flórida) e a equipe da cadeia de Palm Beach pelo profissionalismo com que trataram a situação. Eu farei tudo que puder para assegurar que isso não se repita - concluiu o atleta.

Woods está afastado do golfe desde fevereiro por conta de uma lesão nas costas. O jogador passou por cirurgia e revelou, recentemente, estar recuperando a forma para poder voltar à disputa do circuito. Com 14 títulos dos principais torneios do mundo no currículo, Tiger Woods vem sofrendo para jogar em alto nível nos últimos anos. A taça de Major conquistada foi em 2007, o PGA Championship.

No circuito desde 1996, quando foi eleito o calouro do ano, Woods é o segundo jogador com mais vitórias na história do PGA Tour, 79, atrás apenas de Sam Snead. É também o segundo em títulos de Majors. Só Jack Nicklaus conquistou mais do que os 14 de Woods, foram 18.

Compartilhar no
Fonte: globoesporte.com

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário