• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia

São Paulo anuncia Tchê Tchê com brincadeira de 1º de abril

O fim da negociação foi divulgado nas redes sociais com uma brincadeira sobre 1º de abril: "Não é mentira".

01/04/2019 16:58h

O São Paulo anunciou na manhã desta segunda (1º) a contratação de Tchê Tchê. O fim da negociação foi divulgado nas redes sociais com uma brincadeira sobre 1º de abril: "Não é mentira". O volante foi comprado do Dínamo de Kiev, da Ucrânia, por 5 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões) e fechou vínculo de quatro temporadas com o São Paulo. Ele era o principal nome da lista de reforços apresentada por Cuca.

Na última sexta-feira (29), o São Paulo já havia dado passo importante para fechar com Tchê Tchê, até que, no dia seguinte, a contratação já era tratada como garantida pelo clube paulista. O anúncio acontece um dia antes do início definitivo dos trabalhos de Cuca. Foram 45 dias ajudando o São Paulo a reformular o elenco e o planejamento para o restante da temporada. Agora, liberado pelos médicos, poderá começar a dar treinos e comandar o time em partidas.

Cuca e Tchê Tchê foram campeões brasileiros em 2016 pelo Palmeiras, quando o volante era uma das principais peças do esquema do treinador. A confiança era tamanha que o técnico deu nova chance ao jogador quando voltou ao Alviverde em 2017 e encontrou o pupilo em baixa. E, logo que chegou ao clube, pediu imediatamente para a diretoria contratá-lo.

As primeiras tentativas são-paulinas foram por um empréstimo, modelo de negócio prontamente negado pelo Dínamo de Kiev. Cuca precisou convencer os dirigentes da importância de ter Tchê Tchê, algo que passa pelo fato de Liziero ser o único segundo volante do elenco, e também teve de insistir com o jogador para o retorno ao Brasil.

Além de Tchê Tchê, Cuca também havia sugerido outros atletas comandados por ele no Palmeiras, como Keno e Róger Guedes, mas não há perspectiva de que o São Paulo consiga contratá-los por enquanto. Marquinhos Calazans, do Fluminense, também foi sugerido por Cuca e tem mais chances de chegar ao clube. O treinador também ganhou o reforço de Alexandre Pato na semana passada.

Fonte: UOL / Folhapress

Deixe seu comentário