Ponte busca diminuir dependência ofensiva de Lucca, fora da Sul-Americana

Em ótima fase, atacante é responsável por 58,3% dos gols da Macaca no Campeonato Brasileiro.

27/06/2017 09:48h - Atualizado em 27/06/2017 09:52h

Compartilhar no

A ausência de Lucca aumenta a responsabilidade dos outros atacantes da Ponte Preta para quinta-feira, quando terá pela frente o Sol de América-PAR, a partir das 19h15, no Majestoso, pelo jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. Contra a melhor defesa do Campeonato Paraguaio (17 gols sofridos em 22 jogos), a Macaca desafia a dependência ofensiva do seu artilheiro.

Desde a saída de Pottker para o Internacional, após o vice paulista, Lucca assumiu o protagonismo do setor. Em ótima fase, principalmente dentro do Moisés Lucarelli, onde marcou nas últimas cinco partidas, ele é responsável por 58,3% dos gols da Ponte no Brasileirão.

Das 12 vezes que o time balançou as redes adversárias, sete foram com Lucca. É o vice-artilheiro da elite, atrás apenas de Henrique Dourado, do Fluminense, com nove. Ao todo, o camisa 9 alvinegro tem 15 gols na temporada - contando também Paulistão e Copa do Brasil.

É o único atacante do atual elenco que marcou no Brasileirão. Clayson (dois), que atuou apenas na estreia antes de ir para o Corinthians, Nino Paraíba, Renato Cajá e Naldo completam a lista dos "goleadores" da Macaca na Série A.

Boa fase de Lucca criou uma dependência ofensiva da Ponte com seu camisa 9 (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)

Como ainda precisa cumprir o segundo jogo de gancho pela expulsão na partida de ida com o Gimnasia La Plata, quando já estava no banco de reservas, Lucca está fora do primeiro compromisso contra o Sol de América. Sem Lucca, a expectativa recai principalmente sobre Emerson Sheik, ainda em busca de seu primeiro gol com a camisa da Ponte.

Gilson Kleina ainda não definiu o substituto de Lucca para quinta-feira. O favorito para ficar com a vaga é Lins, mas não está descartada a entrada de um outro jogador de meio de campo, como Léo Artur, por exemplo, para reforçar a criação. Na Sul-Americana, o único gol do time até aqui foi anotado pelo volante Elton, de cabeça, no empate por 1 a 1 com o Gimnasia na Argentina, que garantiu a classificação alvinegra.

Compartilhar no
Fonte: globoesporte.com

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário