• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Pituca segue como dúvida para o Santos no duelo contra o Botafogo

Além disso, time paulista tem mais três desfalques para a partida deste domingo

02/11/2019 12:02h

O Santos recebe o Botafogo na noite deste domingo (3), às 19h, na Vila Belmiro, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Jorge Sampaoli tem como principal dúvida para o duelo o volante Diego Pituca, que se recupera de lesão no tornozelo esquerdo.

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

O camisa 21 é quem mais atuou no ano e um dos únicos titulares absolutos do time do treinador argentino. Ele ainda não treinou com bola e corre contra o tempo para ficar à disposição de Sampaoli, tendo apenas o treino deste sábado antes da partida. Sem Alison, suspenso, Jobson deve ficar com o posto se Pituca não for para o jogo.
Os desfalques do Santos são Alison (suspenso), Kaio Jorge e Sandry (ambos com a seleção sub-17).
Com 55 pontos, o Santos ocupa o terceiro lugar no Brasileiro, atrás apenas do Palmeiras, segundo colocado, e do Flamengo, líder da competição. Nas últimas cinco rodadas, o time paulista acumulou dois empates, duas vitórias e uma derrota.
Já para o Botafogo, a derrota para o Cruzeiro na última quinta (31) por 2 a 0 poderá render mudanças no time titular contra o Santos, neste domingo. Apesar da possibilidade existir, ainda não há qualquer indicativo por parte do técnico Alberto Valentim, já que as atividades foram fechadas na preparação para o próximo jogo.
Cícero, que foi barrado contra o Cruzeiro e sequer entrou em campo, poderá recuperar a posição no meio de campo. É que Bochecha não teve grande atuação e ainda falhou no primeiro gol da última partida. O treinador deixou claro que a escolhe pelo jovem volante se deu pelas características diante do adversário passado.
As possíveis ausência no time carioca, que ocupa a 14ª posição na Série A, são Marcelo (coxa), Jean (garganta), Gilson (joelho), Pimpão (joelho) e Marcos Vinicius.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário