• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Pista de Atletismo da Ufpi está fechada para uso de atletas

Alunos e atletas que faziam uso da Pista de Atletismo da UFPI se surpreenderam com a decisão da universidade de pedir contrapartida.

26/09/2019 10:33h

Nas últimas semanas os alunos/atletas que faziam uso da Pista de Atletismo da UFPI se surpreenderam com a decisão da universidade de restringir o uso do espaço. Vivendo um momento de contingenciamento dos recursos a universidade explica que será necessário uma contra partida das equipes. Do outro lado, os desportistas afirmam que não tem condições de pagar para usar o local para aplicar treinos.

“A Universidade não tinha a menor ideia de quem estava fazendo uso da pista, então por uma questão de regularização do espaço a medida foi tomada. Precisamos saber se as pessoas estão usando para beneficio próprio, arrecadação própria como assessorias ou treinar alunos e como todos sabem as universidades de todo Brasil passam por um momento delicado e manter uma pista daquele porte tem muitos custos”, explicou o membro da Pró-reitoria de Extensão e Cultura Sérgio Galan.

No momento, a pista está sendo usada exclusivamente por alunos que se inscreveram para curso com o técnico vindo de São Paulo.


Esportistas afirmam que não tem condições de pagar - Foto: Jailson Soares/O Dia

A tendência é que a partir de agora equipes ou alunos para fazer uso da pista de atletismo precisem dar uma contra partida para a Universidade através de convênios ou prestação de serviços. “A energia para ligar as luzes daquela pista todos os dias é alta, limpeza do espaço, dos banheiros tudo isso são custos que até o momento a universidade nunca cobrou, mas agora não tem mais como arcar sozinha, mas até agora ninguém entrou em contato conosco”, acrescentou.

O atletismo é uma das modalidades que logo de cara se viu fortemente lesada pela decisão. O técnico da equipe CT Piauí, Antônio Nilson, conta que a situação prejudica a situação dos atletas do estado, e que baseado nas exigências feitas pela universidade o espaço pode ficar subutilizado.

“As equipes do Piauí não arrecadam. Seria praticamente impossível pagar valores pedidos. No momento eu peguei meus alunos e readaptei os espaços, tem atleta meu que está treinando em Timon, na avenida, pois adequei o treino de velocidade até definir como vai ficar com isso e caso nada seja resolvido vamos buscar outros locais. A pista pelo visto pode ficar para uso exclusivo de competições, o que é pouco”, conta Nilson.

Por: Pâmella Maranhão, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário