O Campeão incontestável: Caminho do River até seu 31º título Piauiense

Junto ao título, o River garantiu vaga direta na Copa do Nordeste 2020. Além das vagas na Copa do Brasil e Série D do Brasileiro

15/04/2019 11:56h

Compartilhar no

Foi ouvindo seus torcedores entoarem o grito de “O campeão voltou” que o River levantou a taça do Campeonato Piauiense 2019. Depois de dois anos, o time volta a conquistar um título Estadual – o 31º título piauiense de sua história. A conquista veio por méritos. Foram dois jogos decisivos contra o Altos, o primeiro vencido por 3 a 2, no Felipão, na cidade de Altos. No segundo, uma vitória elástica por 3 a 0, com gols de Cris Maranhense, Bismarck e Eduardo. O título coroa o trabalho do grupo, mas principalmente do líder do Galo, Flávio Araújo, que foi campeão invicto.

Flávio Araújo assumiu o River no dia 13 de fevereiro, após as passagens de Oliveira Canindé e Rodrigo Silva. Quando chegou, o time tinha feito três jogos e acumulava dois empates e uma derrota. Após a chegada de Flávio, o time viveu o que ele chama de ‘arrancada rumo ao título’. “Esse campeão voltou não foi hoje, mas voltou naquele jogo em Altos, quando com um a menos conseguimos ganhar por 2 a 1. Aquele jogo fortaleceu o grupo e mostrou que estávamos certos”, afirma.


Foto: O Dia

Os resultados do vitorioso e experiente treinador impressionam. O River levantou a taça com 11 jogos invictos. Com a chegada de Flávio, o time passou a ter a melhor defesa da competição e, literalmente, deu liga. O mesmo elenco que foi duramente criticado no início do Estadual foi o que levantou a taça de campeão, o único reforço foi o atacante Cris.

“Eu estou muito feliz. Até alguns meses atrás, todos falaram que ninguém do elenco prestava e agora esse mesmo time se sagrou campeão piauiense. E não foi de qualquer jeito, foi merecendo o título, com superioridade. Então, não sei como descrever a importância dessa campanha”, conta Eduardo, artilheiro do Estadual, com oito gols.

Junto ao título, o River garantiu vaga direta na Copa do Nordeste 2020. Além das vagas na Copa do Brasil e Série D do Brasileiro, caso não conquiste o acesso de divisão esse ano.

Perspectivas

O River tem pela frente a disputa do Campeonato Brasileiro Série D, que inicia no dia 5 de maio e vai até 18 de agosto, aos finalistas. O objetivo do time é conseguir subir de divisão, assim como em 2015, quando Flávio também comandava o elenco Tricolor. A dúvida, por enquanto, gira em torno da permanência de Flávio Araújo no comando. Antes mesmo de encerrar o Campeonato Piauiense, o nome de Flávio chegou a ser citado como desejo de outros, como por exemplo do Treze (PB). Ao ser questionado sobre a continuidade do trabalho, o técnico deu a entender que é algo a ser negociado.

“Eu não quero pensar em futuro agora. Isso ainda será definido nos próximos dias. Por enquanto, pretendo apenas comemorar esse título dado ao nosso torcedor”, declarou.

Compartilhar no
Por: Pâmella Maranhão - Jornal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário