• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Libertadores: FLA tenta reverter vantagem do Emelec

Como já ocorreu nos compromissos mais recentes do clube no Brasileiro e na competição continental, o time vai a campo com vários desfalques.

31/07/2019 08:57h - Atualizado em 01/08/2019 08:56h

O Flamengo tenta reverter a vantagem do Emelec para avançar na Libertadores, nesta quarta-feira (31), no Maracanã, no jogo de volta das oitavas de final do torneio. A partida começa às 21h30.

No confronto de ida, na última quarta (24), o Flamengo perdeu por 2 a 0, em Guayaquil, no Equador, e agora precisa pelo menos devolver o placar para decidir a vaga nos pênaltis -em caso de vitória por três gols de diferença, o time carioca se classifica no tempo normal.

Como já ocorreu nos compromissos mais recentes do clube no Brasileiro e na competição continental, o Flamengo vai a campo com vários desfalques.

Agora, além de Diego e Vitinho, recém-operados, e de Léo Duarte, que foi negociado com o Milan, o técnico Jorge Jesus não poderá contar com Rodrigo Caio e Lincoln, que tiveram lesões musculares diagnosticadas.


Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Por outro lado, a equipe pode ter Éverton Ribeiro e Arrascaeta como novidades. Voltando de lesão, a dupla participou do treino realizado nesta terça (30) e se concentrou com o grupo, mas permanece como dúvida para compor o time titular -que só será definido na quarta.

No Emelec, a única ausência confirmada é a do argentino Vega, expulso durante o jogo de ida. Marlon Mejía será o substituto.

Flamengo e Emelec já se enfrentaram três vezes no Rio pela Libertadores, sempre na fase de grupos. Foram três vitórias rubro-negras: 1 a 0, em 2012, 3 a 1, em 2014, e 2 a 0, no ano passado.

Em sua última participação no torneio, o Flamengo caiu justamente nas oitavas de final, diante do Cruzeiro, em agosto de 2018. A equipe perdeu por 2 a 0 no primeiro confronto, no Maracanã, e venceu por 1 a 0 na volta, no Mineirão, mas o placar não foi suficiente para evitar a eliminação.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário