Kimi comenta suposto jogo da Ferrari: 'Se não confiar, fica complicado'

Finlandês havia largado na pole e poderia voltar a vencer na Fórmula 1 após cinco anos, mas perdeu a liderança para o companheiro de Ferrari, Sebastian Vettel, na parada dos boxes..

28/05/2017 14:55h

Compartilhar no

Ok, Kimi Raikkonen não costuma ser muito expressivo em suas feições. Mas o semblante no segundo lugar do pódio do GP de Mônaco estava mais fechado do que o usual para o Homem de Gelo. Afinal, o finlandês havia largado na pole e poderia voltar a vencer na Fórmula 1 após cinco anos. Mas perdeu a liderança para o companheiro de Ferrari, Sebastian Vettel, na parada dos boxes e teve que se contentar com a segunda colocação. Sobre a cara emburrada na cerimônia de premiação, Kimi disse:

- Não sei… Obviamente, não funcionou muito bem para mim. Não posso dizer muita coisa. Ainda é uma segunda colocação, mas não conta muito para a história. Não me sinto tão bem como me sentiria em outras vezes. É daqueles dias que poderíamos ter feito um pouco mais.

Muitos fãs e especialistas em F1 acreditam que a vitória de Vettel foi graças a um calculado jogo de equipe da Ferrari para privilegiar o alemão, que lidera o campeonato e disputa o título com Lewis Hamilton, da Mercedes - Kimi é o quarto colocado na classificação. O finlandês foi chamado para os boxes na 35ª volta, enquanto Vettel permaneceu na pista por mais cinco voltas. Quando fez seu pit stop, o tetracampeão retornou à frente. Dali em diante, abriu vantagem e venceu. Perguntado se sentiu-se prejudicado pela equipe, Raikkonen disse:

- Eu fui chamado. É isso. Obviamente eles tiveram as razões deles (de chamarem para os pits), mas não cabe a mim responder. Se eu quiser, posso parar o carro, eu que estou pilotando. Mas trabalhamos como equipe, e se você não acreditar no que a equipe falar para você e não acreditar que vai funcionar, então as coisas ficam muito complicadas. Como equipe, queríamos uma dobradinha, aconteceu, mas para mim, poderia ter sido melhor - completou.

Compartilhar no
Fonte: globoesporte.com

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário