• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Equatorial fullbanner
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Jean espera Brasileiro para justificar contrato novo

Sem espaço no Palmeiras, o jogador só entrou em campo três vezes, sendo que em duas só jogou 10 e três minutos

20/04/2019 12:33h

Depois de ter sido um dos homens de confiança no Brasileiro de 2018, Jean teve seu contrato renovado. Em janeiro, o Palmeiras anunciou que o vínculo que ia até dezembro deste ano foi estendido até dezembro de 2020. A notícia da renovação indicava um uso do experiente meio-campista, mas o início da temporada mostrou algo diferente.

Com o Paulista e a Libertadores somados, ele entrou em campo em apenas 3 ocasiões, sendo que em duas ele jogou por 10 e por três minutos. No elenco, entre os profissionais, ele só jogou mais em minutos do que Hyoran e Arthur Cabral.
No início do ano, Jean era cotado pelo torcedor como um dos veteranos que talvez não fossem inscritos no Paulista para que as contratações tivessem mais chance. Não foi o que pensou Felipão.
A chance de Jean justificar o novo contrato ficará para o Campeonato Brasileiro. Com a intensificação do rodízio por conta do calendário mais apertado a partir da próxima quinta-feira, o atleta terá mais chances na equipe que será teoricamente o Palmeiras B, aquele que disputará o Nacional.
Foi assim em 2018. Jean atuou em 23 partidas na temporada, sendo que 18 delas foram no Brasileiro. Na reta final, ele foi bastante acionado. Entre as rodadas 29 e 34 ele só não foi escalado na de número 31.
A renovação de Jean teve condução diferente de outros casos no Palmeiras. Edu Dracena, Jailson e Fernando Prass, por exemplo, ficaram até novembro sem ter a certeza que teriam contratos para atuar em 2019. Felipe Melo, com vínculo por mais sete meses, começa a viver situação parecida.
Aos 32 anos, Jean tem quatro títulos de Brasileirão e é um dos atletas mais vencedores do elenco alviverde. Além de atuar no meio-campo, ele também pode ser usado por Felipão como lateral.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário