• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Inter e Cruzeiro se enfrentam por vaga na final da Copa do Brasil

o duelo de ida, o time gaúcho venceu por 1 a 0, no Mineirão, e agora depende apenas de um empate para ir à final.

04/09/2019 07:19h

Internacional e Cruzeiro se enfrentam nesta quarta (4), às 21h30, no Beira-Rio, no jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil. No duelo de ida, o time gaúcho venceu por 1 a 0, no Mineirão, e agora depende apenas de um empate para ir à final.

Já o Cruzeiro precisa vencer por dois gols para avançar. Se vencer por um gol de diferença, a decisão vai para os pênaltis.

No time colorado, o último treinamento antes da partida ocorreu com portões fechados nesta terça (3). O técnico Odair Hellmann escondeu o que pretende fazer, mas não deve alterar de forma drástica a formação que atuou na vitória de 3 a 2 sobre o Botafogo, no sábado (31).


Foto: Eduardo Schemes//Internacional FC

O certo é que a equipe não terá baixas por cartões ou lesões. No ataque, Nico López e Rafael Sobis disputam uma vaga entre os titulares. Com o uruguaio empolgado após marcar o terceiro gol na vitória sobre os cariocas, a tendência é que ele seja o escolhido para começar a partida.

"Para quem fica muito tempo sem marcar, é um alívio, uma alegria, uma felicidade quando faz gol. Foi nítido na comemoração dele. Ficamos felizes pelo Nico, acredito que ele esteja bem feliz e motivado também. Além disso, mais confiante. Precisaremos dele e esse gol certamente vai dar confiança e força para o grupo poder seguir conquistando as vitórias", disse o volante Patrick.

A má notícia é a ausência de Wellington Silva, que foi à Espanha para depor sobre uma suposta manipulação do resultado do jogo entre Levante e Zaragoza, em 2011.

No Cruzeiro, a baixa no treino realizado nesta terça no CT do Grêmio foi o zagueiro Dedé, que fez fisioterapia durante a atividade, mas deve ir para o jogo. Assim, a novidade deve ser a entrada de Edilson na vaga do lateral-direito Orejuela, convocado pela seleção colombiana.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário