Hernanes reestreia no São Paulo como meia-atacante no sábado

A escalação na faixa de campo mais decisiva representa uma volta às origens para o jogador.

28/07/2017 09:51h

Compartilhar no

O técnico Dorival Junior confirmou a estreia do meia Hernanes neste sábado, contra o Botafogo, no Rio de Janeiro, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. E o mais importante: o treinador decidiu escalá-lo no setor preferido do jogador de 32 anos, ou seja, perto da área adversária.

A posição de atuação foi o principal motivo para Hernanes deixar o Hebei Fortune, da China. Ele gostaria de jogar mais adiantado, mas o treinador precisava que fizesse as funções de marcação de um volante defensivo. Além disso, a limitação da cota de estrangeiros – eram apenas três por partida – tornou a situação do atleta ainda mais difícil. Hernanes viveu o mesmo desconforto tático na Inter de Milão, antes de se transferir para a China.

A escalação na faixa de campo mais decisiva representa uma volta às origens para o jogador. Em sua primeira passagem pelo São Paulo, ele marcou 38 gols e deu 29 assistências jogando assim, como meia-atacante.

No treino desta quinta-feira, o reforço de 32 anos foi escalado no lugar do meia Jonatan Gomez. Com a camisa 15, a mesma que utilizou em sua primeira passagem pelo clube, quando foi destaque nos brasileiros de 2007 e 2008, Hernanes atuou perto da área, ao lado de Cueva e Pratto. Ele carregou bastante a bola e mostrou uma de suas principais qualidades, a facilidade para usar as duas pernas para tocar e finalizar.

O último jogo de Hernanes foi no dia 21 de junho, quando defendeu o Hebei Fortune, pela Copa da China. Por isso, o jogador deverá ter problemas de falta de ritmo. “O São Paulo ganha em todos os aspectos com Hernanes: emocional e experiência. E as coisas que todos sabem, do jogador que ele é”, elogiou Lucas Pratto.

Compartilhar no
Fonte: Isto É

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário