• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Grêmio atropela o Goiás e comemora aniversário com golaço

Com o resultado, o time gaúcho pula para oitavo lugar e fecha o primeiro turno com 28 pontos.

16/09/2019 09:50h

No dia em que completou 116 anos, o Grêmio deu um presente para sua torcida. Com atuação sólida, o Tricolor venceu o Goiás por 3 a 0, neste domingo (15), na Arena, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jean Pyerre abriu o placar com um golaço, e Everton e Alisson deram números finais ao jogo.


Leia também:

Grêmio prega cautela contra o Athletico-PR em duelo de volta 

Athletico-PR vence Grêmio e vai à final da Copa do Brasil 


Com o resultado, o time gaúcho pula para oitavo lugar e fecha o primeiro turno com 28 pontos. O Grêmio não perde há cinco rodadas. Já o Goiás, que somou a terceira derrota consecutiva, soma 21 pontos e está em 15º, três pontos acima da zona de rebaixamento

O próximo compromisso gremista pelo Brasileirão será no sábado, fora de casa, contra o Santos. Já os goianos encaram o Fluminense, no Serra Dourada, no domingo.


Foto: Divulgação/Grêmio FC

O destaque do triunfo gaúcho foi Jean Pyerre. O meio-campista deu o primeiro presente para a torcida gremista. De fora da área, ele achou um lindo chute que acertou a trave antes de parar na rede. O gol que inaugurou o marcador já serviria para muita festa e abriu caminho para os outros.

O Grêmio foi absoluto. Desde o início do jogo, mandou nas ações de campo. Ainda que no começo tenha encontrado dificuldades para criar, passou a empilhar chutes sempre perigosos. Não demorou para abrir o placar, com um golaço de Jean Pyerre.

Em seguida, fez o segundo com Everton e até o fim do primeiro tempo já tinha o terceiro, de Alisson. Totalmente tranquilo, dono do jogo, para delírio da torcida, o time de Renato Gaúcho conduziu perfeitamente o placar.

O Goiás até tentou ser ofensivo no começo do jogo. Ney Franco escalou três atacantes para tentar surpreender o Grêmio. Não conseguiu nada disso. O time pouco chegou ao ataque, sempre sem força, carente de qualidade técnica. O Goiás foi vítima fácil no primeiro tempo e deixou o campo tendo sofrido três gols. Na etapa final pouco mudou e a derrota foi totalmente justificada em campo.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário