Governo estuda viabilidade de PPP para reforma e manutenção do Albertão

Fundação Getúlio Vargas irá fazer um estudo para saber se é viável uma PPP na praça esportiva

07/07/2017 07:53h

Compartilhar no
O presidente da Fundação de Esportes do Piauí (Fundespi), Paulo Martins, vem analisando formas para que as principais praças esportivas do estado voltem a funcionar. Com as obras do Ginásio Verdão em fase final, o foco passa a ser agora o Estádio Albertão, fechado desde o ano passado. 
Na última terça-feira (5), Paulo Martins e a superintendente de Parcerias e Concessões do Estado do Piauí (Suparc), Viviane Moura, solicitaram a representantes da Fundação Getúlio Vargas (FGV) a realização de um estudo de viabilidade para uma Parceria Pública Privada (PPP) no Albertão. 

(Foto: Assis Fernandes/ O Dia)
A possibilidade já havia sido estudada anteriormente, mas acabou não ganhando força. A ideia da Fundespi é que o estádio possa oferecer melhores condições para atender a população e, ao mesmo tempo, reduzir as despesas que o órgão possui com a praça esportiva. “Através do estudo é que vai ser diagnosticado qual tipo de PPP poderá ser executada e de que forma pode ser feita uma melhor utilização do espaço do estádio”, disse Paulo Martins. 

Enquanto isso, alguns pequenos ajustes estão sendo feitos no Gigante da Redenção. “Estamos finalizando algumas coisas que são importantes e exigidas pelo Ministério Público e o Corpo de Bombeiros, que é a parte da segurança em relação a instalação hidráulica e encerrando agora a parte da iluminação que houve danos por conta do vandalismo e fazendo investimento para ficar perfeita. Além disso, as rampas também estão sendo concluídas, que é outra coisa cobrada pelo Ministério Público”, explicou Paulo Martins. 
A Fundespi acredita que pode haver a otimização na utilização da estrutura externa do Albertão com a realização de eventos culturais, empresariais e comerciais. O desejo do gestor é conseguir entregar o estádio Albertão até final desse ano para que a praça volte a ser utilizada. Em 2017, o único estádio apto a jogos é o Lindolfo Monteiro que vem sendo utilizado em todas as competições de futebol.
Compartilhar no
Edição: Aline Rodrigues
Por: Pâmella Maranhão

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário