• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Flamengo vence o River no fim e é bicampeão da Libertadores

O time ganhou de virada da equipe argentina nos acréscimos com dois gols de Gabigol.

24/11/2019 08:41h

De forma heroica, o Flamengo conquistou o título da Copa Libertadores neste sábado (23) contra o River Plate (ARG), em Lima, no Peru, na primeira final única da história da competição.

A equipe rubro-negra perdia até os 43 minutos do segundo tempo quando Gabigol, em um intervalo de três minutos, marcou dois gols para fazer o clube carioca campeão. Santos Borré havia aberto o placar no primeiro tempo.

Com a dobradinha na decisão, o atacante flamenguista termina a competição como artilheiro da competição continental, com nove gols.

A torcida flamenguista enfim pôde soltar um grito que estava entalado desde 1981, quando o clube rubro-negro conquistou seu primeiro e único título da Libertadores até então.


O Flamengo é bicampeão da Libertadores - Foto: Alexandre Vidal/Clube de Regatas Flamengo

A conquista dos comandados de Jorge Jesus encerra um período de glórias do River Plate no torneio. Os argentinos haviam sido campeões em 2015 e 2018, este último sobre o maior rival, o Boca Juniors (ARG).

O Flamengo ainda pode conquistar o Campeonato Brasileiro neste domingo (24) mesmo sem entrar em campo. Para que isso aconteça, torce por um tropeço do Palmeiras, que recebe o Grêmio, em casa.

Jogo

O Flamengo começou a decisão marcando campo de defesa adversário. Apesar da intensidade, o gol saiu só aos 14 minutos pela equipe argentina. Borré abriu o placar para o River Plate aos 14 minutos após falha da defesa flamenguista entre Gerson e Arão. Com indecisão de que bloquearia a bola, passou pelos dois e encontrou o atacante colombiano que carimbou o placar: River 1 a 0. Após marcar, o clube argentino mandou no jogo.

No segundo tempo. Aos 11 minutos da etapa final, porém, o Flamengo teve chance após chute de Gabigol rebatido em De la Cruz, Everton Ribeiro, livre de marcação, bateu para grande defesa de Armani.

A virada aconteceu no final do segundo tempo. Aos 43 minutos, Gabriel aproveitou arremate cruzado de Arrascaeta para empatar, e em seguida, aos 46 minutos, marcou o segundo, virou herói, e deu o título da Copa Libertadores de 2019 para o Flamengo.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário