• Banner OAB
  • Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Flamengo tenta conquistar sua 1ª taça internacional no Maracanã

Em todos os seus 124 anos de história, o clube rubro-negro jamais levantou um título internacional no estádio, marca que será derrubada em caso de vitória simples sobre os equatorianos.

26/02/2020 09:43h

O Flamengo vai encarar nesta quarta-feira (26) o Independiente del Valle (EQU), às 21h30, no Maracanã, pela inédita conquista da Recopa Sul-Americana e também pela quebra de um tabu histórico.

Em todos os seus 124 anos de história, o clube rubro-negro jamais levantou um título internacional no estádio, marca que será derrubada em caso de vitória simples sobre os equatorianos. Após empate em 2 a 2 na ida, não haverá gol qualificado na volta -nova igualdade levará à prorrogação, seguida por pênaltis.

Bicampeão da Libertadores, o Flamengo deu a volta olímpica fora do país em ambas as ocasiões. Em 1981, Zico e companhia levantaram o troféu em Montevidéu, no Uruguai, no jogo de desempate em final contra o Cobreloa (CHI). Já ano passado, o título foi conquistado na primeira final em jogo único da competição -m Lima, no Peru, o Fla virou sobre o River Plate (ARG) e celebrou.

Em 2017, os rubro-negros tiveram sua última chance de comemorar com seu torcedor, mas o empate por 1 a 1 com o Independiente (ARG) deu o caneco da Sul-Americana para os argentinos. Curiosamente, o "Rojo" também havia impedido anos atrás os festejos no Maracanã, pois a vitória por 1 a 0, com gol de Romário, não foi suficiente para garantir o título da Supercopa de 1995.

Para que a missão tenha agora um final feliz, o técnico Jorge Jesus poupou grande parte do time titular no último sábado (22), na final da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, contra o Boavista. O treinador aguarda alguns jogadores serem liberados pelo departamento médico para saber quem estará à disposição para a final.

"Normalmente não mudamos tantos jogadores, mas o jogo que tivemos no Equador foi completamente diferente, é um desgaste enorme. Achei que, neste jogo (contra o Boavista), teria que mexer mais do que habitualmente faço no time. Arrascaeta, Rafinha, Bruno Henrique... Principalmente estes três, não sabemos antes se estarão recuperados até quarta. Dos três, não sei. Tenho alguma dúvida. Talvez o Rafinha, mas estou habituado que o departamento médico do Flamengo faça milagres", disse o treinador após a conquista da Taça Guanabara.

Fora de seus domínios, no entanto, o Flamengo soma também os títulos da Mercosul de 99, após empate por 2 a 2 contra o Palmeiras, e o da Copa Ouro de 96, quando bateu o São Paulo em Manaus. Em 93, o clube amargou o vice-campeonato Supercopa depois de derrota nos pênaltis para o mesmo time do Morumbi, e para o San Lorenzo (ARG), algoz na Mercosul de 2001.

Mais recentemente, o Flamengo teve a derrota para o Liverpool (ING) na final do Mundial de Clubes de Doha, no Qatar. Os "Reds" também foram os rivais na decisão intercontinental de 81, mas dessa vez a alegria foi vermelha e preta em Tóquio, no Japão.

*

As decisões internacionais do Flamengo (títulos com asterisco)

81 - Libertadores: Flamengo x Cobreloa - Montevidéu (URU)

81 - Mundial: Flamengo x Liverpool - Tóquio, Japão

93 - Supercopa: São Paulo x Flamengo - São Paulo

95 - Supercopa: Flamengo x Independiente (ARG) - Rio de Janeiro

96 - Copa Ouro: Flamengo x São Paulo - Manaus

99 - Mercosul: Palmeiras x Flamengo - São Paulo

2001 - Mercosul: San Lorenzo x Flamengo - Buenos Aires

2017 - Copa Sul-Americana: Flamengo x Independiente (ARG) - Rio de Janeiro

2019 - Libertadores: Flamengo x River Plate (ARG) - Lima (PER)

2019 - Mundial: Flamengo x Liverpool (ING) - Doha (QAT)

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Horário: 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira (26)

Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)

VAR: Mauro Vigliano (ARG)

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário