Flamengo é punido com multa de R$1 mil reais por injúria racial

O advogado que representou o Piauí, César Kelson, queria uma punição mais forte.

21/03/2019 09:25h

Compartilhar no

Na tarde da última terça-feira (19) a comissão disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva julgou a denúncia em relação ao caso do zagueiro Alan, do Piauí Esporte Clube, que sofreu injúria racial por parte de um torcedor do Flamengo em um jogo pelo Campeonato Piauiense em jogo valido pela 6ª rodada. A partida aconteceu no dia 18 de fevereiro. O clube Rubro-Negro foi punido com multa de R$ 1 mil e o torcedor com proibição de ir aos estádios.

O jogador Alan foi expulso aos 10 minutos do segundo tempo e na ocasião se retirou do campo pela lateral. Nesse momento, acabou escutando um torcedor lhe chamar de "macaco"". Antes de chegar ao vestiário, o jogador retornou a beira do gramado e procurou o policiamento para relatar a situação.

O advogado que representou o Piauí, César Kelson, queria uma punição mais forte. "Os clubes quase sempre são punidos com a perda dos três pontos dentro da competição e esperávamos que fosse nesse direcionamento, já que na justiça comum é um crime inafiançável e foi aplicada apenas uma multa de R$ 1 mil", afirmou.

O julgamento aconteceu sem a presença de representantes do clube Flamengo, pois o time não enviou ninguém. A notificação ao torcedor que cometeu a injúria racial para não comparecer aos estádios por um ano, deve ser feita pelo Ministério Público Estadual.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Pâmella Maranhão

Deixe seu comentário