Equipes rejeitam oportunidade de adquirir ações da F1

Após seis meses de oferta do grupo Liberty Media, nenhuma construtora da categoria fez oferta para adquirir ações

25/07/2017 09:35h

Compartilhar no

As equipes rejeitaram a oportunidade de investir nos negócios da F1 após o prazo imposto pelo Liberty Media ter expirado. Quando a compra da categoria pelo Liberty foi concluída em janeiro, as equipes tiveram seis meses para fazer uma oferta para adquirir ações, mas a oportunidade passou.

Uma porta-voz do Liberty confirmou ao Motorsport.com que nenhuma das atuais equipes chegou a fazer uma proposta, mas que poderá dar aos times mais chances de investimento no futuro.

Em comunicado, a empresa disse: “A oportunidade que oferecia a chance das equipes comprarem aproximadamente 19 milhões de ações expirou.”

“Foi oferecida às equipes da F1 a chance de investir em um valor de US$ 21.26 por ação na época da aquisição do Liberty à Delta Topco Limited, no dia 23 de janeiro, sujeita a um processo de seis meses.”

O fato de que as participantes escolheram por não investir pode ser visto como algo negativo no mundo financeiro, mas o presidente da F1, Chase Carey, destacou que a empresa segue com bom relacionamento com as equipes.

“Estamos ativamente engajado com todas as equipes para criar uma visão compartilhada para o esporte, o que criará um real valor para os acionistas”, disse.

“Enquanto que a janela de oportunidade para esse investimento em particular tenha passado, estamos satisfeitos com as discussões colaborativas que estamos tendo com as equipes.Essas discussões levarão tempo, mas agradecemos a receptividade deles para alinhar ainda mais os incentivos para o benefício em longo prazo do esporte", completou. 

Compartilhar no
Fonte: Motor Sport

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário