• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Diretor do Barça diz que contratação de Neymar está mais próxima

Segundo o jornal Le Parisien, houve acordo para o valor da transação - seriam 170 milhões de euros (R$ 783,6 milhões).

28/08/2019 07:16h - Atualizado em 28/08/2019 07:24h

Diretor esportivo do Barcelona, Javier Bordas disse que o clube está "mais perto" da contratação de Neymar, após reunião realizada nesta terça-feira (27) com a diretoria do Paris Saint-Germain, na capital francesa.

Segundo o jornal Le Parisien, houve acordo para o valor da transação - seriam 170 milhões de euros (R$ 783,6 milhões). A questão a ser definida é quando o Barcelona pagaria para ter o atacante brasileiro, segundo confirmou Bordas ao sair do encontro.

Os catalães sugerem quitar a transação em três parcelas:40 milhões de euros agora ( (R$ 184,3 milhões), e o resto a ser acertado em 2020 e 2021. Já os catarianos que administram o PSG desde 2011 querem receber tudo de uma só vez.

Não está descartado que dois jogadores do Barcelona sejam inclusos na negociação, acrescentou o Parisien. Anteriormente, o clube catalão cogitou envolver o também brasileiro Philippe Coutinho, que acabou emprestado para o Bayern de Munique (ALE).

Ainda existe a possibilidade de o Real Madrid superar as investidas dos catalães. Para o time merengue, o PSG consideraria a possibilidade de fazer um empréstimo com obrigação de compra depois de um ano -modelo utilizado pelo próprio time francês para tirar Kylian Mbappé do Monaco, também em 2017.


Foto: C.Gavelle/PSG

À espera da negociação, Neymar não atuou nas três primeiras rodadas do Campeonato Francês. Ele havia se apresentado para a pré-temporada com atraso, depois de não ter participado da Copa América por lesão.

Segundo o UOL Esporte, Neymar ainda considera a possibilidade de ficar em Paris por mais uma temporada, já que existe o risco de não haver acordo de saída. Neste caso, ele enfrentaria resistência local, principalmente de torcedores, que organizaram protestos contra ele nos primeiros jogos da temporada.

As negociações têm sido conduzidas pelo presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, e pelo brasileiro Leonardo, diretor do clube. Ele terão que definir o futuro do jogador até o dia 2 de setembro, quando a janela de transferências no futebol espanhol será fechada.

A reunião entre os clubes aconteceu no mesmo dia em que a Netflix relançou dois episódios da terceira temporada de "La Casa de Papel" com a participação de Neymar. Eles haviam sido cortados à espera da investigação do suposto estupro cometido pelo jogador contra a modelo Najila Trindade -o caso foi arquivado.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário