Diego Souza se reapresenta no Sport e desabafa: “Não me respeitaram”

Em entrevista, o jogador afirmou ter ficado triste com a situação e com o modo que a diretoria do Sport tratou o seu problema particular.

12/07/2017 18:48h

Compartilhar no

O meio-campista Diego Souza quebrou o silêncio. Em meio à polêmica sobre o interesse do Palmeiras, o jogador afirmou ter ficado triste com a situação e com o modo que a diretoria do Sport tratou o seu problema particular.

“A partir do momento que cheguei e falei da minha situação e continuaram falando de negociações e renovação de contrato, de aumento de salário, que eu ia ganhar o dobro no Palmeiras… Não me respeitaram no momento que precisei. Me senti desprotegido e isso me fez ficar muito chateado”, afirmou Diego Souza em entrevista coletiva.

O jogador também culpou a imprensa, afirmando que na profissão possui “muito mal-caráter”. Diego Souza ressaltou seu profissionalismo, e afirmou que não se sentiu protegido dentro do Sport.


Diego Souza ficou na bronca com a diretoria do Sport (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Na visão de Diego, o fato de ter deixado o Sport para resolver problemas particulares, perdendo treinamento dias antes da partida que marcaria seu sétimo jogo com a camisa do clube nordestino no Campeonato Brasileiro, foi uma coincidência.

“Nunca menti, não tem no meu histórico. Acho que eles deveriam ter agido desta maneira: ‘O Diego está resolvendo um problema particular e não vamos falar sobre negociação’. Fizeram de uma maneira que me deixou triste e insatisfeito”, acrescentou o jogador. “Nunca falei da minha cláusula de contrato. Estou aqui para dizer que nunca forcei saída nenhuma do Sport, nunca disse que queria sair do clube. No momento mais difícil, desliguei meu telefone e meu pai me procurou de todo jeito”, completou.

Compartilhar no
Fonte: Gazeta Esportiva

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário