Diego conquista o ouro do solo, e Rebeca é prata nas barras de Doha

Mesmo pisando fora do tablado em uma aterrissagem, bicampeão mundial leva título na etapa da Copa do Mundo. Jovem ginasta fica com a prata

25/03/2016 17:33h

Compartilhar no

O pequeno passo para fora do tablado não tirou o sorriso de Diego Hypolito ao fim da série de solo. Apesar de pequenos desequilíbrios, o ginasta sabia que o ouro estava próximo. Só era preciso esperar os adversários competirem para confirmar: o bicampeão mundial estreou na temporada com o título do solo da etapa de Doha da Copa do Mundo. Ele conseguiu a nota de 15,175 nesta sexta-feira para deixar para trás o esloveno Rok Klavora (15,000) e o britânico Sam Oldham (14,925). O Brasil ainda voltou ao pódio com Rebeca Andrade, que levou a prata nas barras assimétricas, com 14,250 pontos, atrás apenas da favorita sueca Jonna Adlerteg (14,925).

Diego Hypolito voou alto no solo de Doha para ficar com o título (Foto: Reprodução/Facebook)

- Estou muito feliz por ser a primeira competição. O ouro aqui não era tão importante para mim quanto fazer uma boa série. Foi bom, mas preciso ficar mais limpo para as Olimpíadas. Tenho mais uma Copa do Mundo em Cottbus e tenho que treinar mais - disse o ginasta.

Diego não foi tão firme quanto na classificatória, quando tirou a nota 15,400, que o coloca como candidato ao pódio olímpico. Na final, ele teve pequenos problemas em algumas aterrissagens e acabou pisando fora do tablado após a última acrobacia, o que provocou uma penalização de um décimo. Ainda assim, o bicampeão mundial do solo conseguiu 15,175 pontos (6,8 de dificuldade).

Segundo a se apresentar, o brasileiro viu seu principal adversário, o cazaque Danil Baturin, desequilibrar bastante nas aterrissagens e cair da segunda colocação na classificatória para a sexta na decisão, com 14,550 pontos. A prata acabou com o esloveno Rok Klavora (15,000) e o bronze com o britânico Sam Oldham (14,925).

Diego Hypolito levou o título do solo da etapa de Doha (Foto: Reprodução)

Ainda em Doha, o Brasil conquistou mais uma medalha nesta sexta-feira. Rebeca Andrade acertou sua série das barras assimétricas e tirou a nota 14,250. Ela não foi tão bem quanto na classificatória, quando conseguiu 14,500, mas manteve a segunda colocação, atrás apenas da favorita sueca, Jonna Adlerteg, que levou o ouro com 14,925. O bronze ficou com a portuguesa Filipa Martins, com 13,625 pontos.

- A sensação é maravilhosa. Esse não é um aparelho que o Brasil tem tradição, então poder estar mudando essa história é muito bom. Eu gostei da minha participação e espero que as pessoas também tenham gostado. Tenho trabalhado também a parte emocional com a minha psicóloga, com meus treinadores e com minhas amigas de Seleção. Depois de ter ficado um tempo parada me recuperando, ter conquistado essa prata e ainda ajudado a equipe em Jesolo é a melhor sensação de todas. Isso me deixou mais confiante - disse Rebeca.

Nas argolas, Henrique Flores ficou na sexta colocação da disputa. Em sua apresentação na final, o ginasta obteve 15,325. Na classificação, o brasileiro havia avançado na sétima posição - mas com nota alta de dificuldade. A medalha de ouro ficou com o grego Eleftherios Petrounias, atual campeão mundial, com 15,897. Ele é um dos principais rivais do atual campeão olímpico do aparelho, Arthur Zanetti - que não participou da competição em Doha. Dois atletas da Armênia completaram o pódio nesta sexta: Vahagn Davtyan ficou com a prata (15,800), e Arthur Tovmasyan com o bronze (15,775). 

Diego volta ao ginásio de Doha neste sábado, às 10h30 (de Brasília), para a disputa da final do salto - o SporTV 2 transmite ao vivo. Depois ele viaja para a Alemanha, para a disputa da etapa de Cottbus da Copa do Mundo, entre os dias 31 de março e 3 de abril. No sábado, Thauany Araújo também tenta um lugar no pódio da trave e Fellipe Arakawa no da barra fixa.

Programação da Copa do Mundo de Doha 
10h30 - Final do salto masculino (Diego Hypolito)
11h10 - Final da trave (Thauany Araújo)
11h40 - Final das barras paralelas
12h20 - Final do solo feminino
12h50 - Final da barra fixa (Fellipe Arakawa) 

Compartilhar no
Fonte: Sportv

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário