• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Denunciado por atraso, Jesus pode ficar fora da Libertadores

O técnico Jorge Jesus foi denunciado pela Conmebol e terá de responder pelo atraso de dois minutos no regresso do time do Flamengo após o intervalo do jogo contra o Grêmio pela volta das semifinais da Taça Libertadore

29/10/2019 10:06h - Atualizado em 29/10/2019 11:22h

O técnico Jorge Jesus  foi denunciado pela Conmebol e terá de responder pelo atraso de dois minutos no regresso do time do Flamengo  após o intervalo do jogo contra o Grêmio pela volta das semifinais da Taça Libertadores.

Pelo disposto no regulamento da entidade, o técnico é o responsável por responder quando há esta demora na volta ao campo.

O regulamento da Libertadores prevê suspensão de uma partida ao treinador na primeira infração desta natureza, embora apenas o Fla tenha sido citado na denúncia. O time rubro-negro tem até o dia 1º de novembro para enviar suas alegações.

Caso o julgamento seja realizado até o dia 23 de novembro, dia da finalíssima contra o River Plate (ARG), o português poderia ficar fora do banco de reservas na decisão em Santiago, no Chile.

O atacante Gabigol também foi citado no relatório do jogo. Por exibir um cartaz com os dizeres "hoje tem gol do Gabigol" em comemoração de um tento anotado por ele próprio, o atleta poderá ter de pagar multa de ao menos 5 mil dólares (R$ 19, 8 mil). A informação foi veiculada inicialmente pelo jornal O Globo.

Caso o português fique suspenso, a questão não chega a ser novidade para o Flamengo nesta edição da Libertadores. Abel Braga foi punido pela entidade por conta de um atraso no retorno do time no duelo contra o Peñarol (URU), no Maracanã.

Abel já havia sido advertido por atraso na partida contra o San José (BOL), em Oruro. Suspenso, ele não pôde estar à beira do gramado no jogo com a LDU (EQU), em Quito.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário