• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia

Copa América vê 'falta de respeito' em acusação de Messi

"A corrupção e os juízes não deixaram as pessoas aproveitarem, e o futebol foi arruinado. Lamentavelmente, acho que está armado para o Brasil", afirmou o jogador.

08/07/2019 09:31h

Em nota oficial, a organização da Copa América rebateu as críticas de Lionel Messi direcionadas à arbitragem da competição. O argentino falou em corrupção e citou um suposto complô para que o Brasil seja campeão. As declarações do jogador foram vistas como falta de respeito pela entidade.

"A Conmebol Copa América Brasil 2019 recebeu todas as 12 seleções com o mesmo profissionalismo e respeito. Para todas as equipes, foram oferecidas condições igualitárias de jogo e estrutura, com o objetivo único de ver atletas e torcedores celebrando o futebol, com paixão e fair play. Colocar a integridade da competição em xeque é faltar ao respeito com todos os participantes e com os profissionais e as instituições que trabalharam muito nos últimos 18 meses para a realização desta edição do mais antigo torneio de futebol do mundo", diz o comunicado da organização da competição.

Foto: Alan Morici/CA2019

Messi foi expulso ainda no primeiro tempo da vitória da Argentina por 2 a 1 sobre o Chile, após desentendimento com o zagueiro chileno Medel. O craque do Barcelona boicotou a premiação e disparou contra a competição.

"A corrupção e os juízes não deixaram as pessoas aproveitarem, e o futebol foi arruinado. Lamentavelmente, acho que está armado para o Brasil", afirmou o jogador.

"Muita bronca, muita bronca, porque creio que não merecia este cartão. Eu estava fazendo um bom jogo, estávamos em vantagem. Lamentavelmente, há muita corrupção, tivemos estas questões com os árbitros, ficamos com a sensação de que não nos deixaram ir jogar a final. Hoje e contra o Brasil foram nossos melhores jogos e nos atrapalharam. Digo as coisas como tem que ser, venho aqui para ser sincero", completou.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário