Com belo gol, Roger encerra jejum de 2 meses e avisa: 'O meu lugar é na área'

Atacante fez o gol da classificação do Botafogo para as quartas de final da Copa do Brasil.

01/06/2017 09:49h

Compartilhar no

Contratado como principal atacante do Botafogo para a temporada, Roger mostrou na noite desta quarta-feira que pode ser muito importante para o time. Com um belo gol no empate por 1 a 1 com o Sport na Ilha do Retiro, ele virou vice-artilheiro do Alvinegro no ano com seis gols e foi determinante na classificação do Alvinegro para as quartas de final da Copa do Brasil. Depois do jogo, lembrou das críticas que vem recebendo de algumas pessoas.

Botafogo empatou com Sport e conseguiu classificação para as quartas-de-final da Copa do Brasil (Foto: Divulgação / Botafogo de Futebol e Regatas)

Desde que chegou, Roger teve altos e baixos, mas sempre se mostrou tranquilo quanto a isso, mesmo quando foi sacado por opção tática por Jair Ventura, por exemplo, na partida contra o Colo-Colo, no Chile, na Pré-Libertadores. Depois, ainda viu sua vaga de titular ser ameaçada pelas boas apresentações de Sassá, que acabou afastado.

Por isso, a pressão era grande. Principalmente porque Roger não maracava desde a vitória por 4 a 1 sobre a Portuguesa, em Xerém, no dia 30 de março, pelo Campeonato Carioca. Lá se iam dois meses de jejum que caiu em Recife.

Com o belo gol desta quarta, ele chegou a seis na temporada, empatando com o Rodrigo Pimpão e ficando apenas um atrás de Sassá, que está muito perto de deixar o Botafogo. Fora de campo, a diretoria segue a procura de outro homem de área para reforçar o elenco. O nome do atacante Luciano, ex-Corinthians, ganhou força em General Severiano.

Compartilhar no
Fonte: globoesporte.com
Por: Daniel Gomes

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário