Brasileirão 2017: Grêmio x Corinthians bate o recorde de público pagante

Dos cinco jogos com maior presença de torcedores pagantes na edição deste ano, o Corinthians está presente em quatro, sendo que apenas contra o Grêmio foi visitante.

26/06/2017 11:36h

Compartilhar no

Mesmo atuando na sua Arena, o Grêmio não conseguiu impor o seu ritmo de jogo e foi derrotado pelo Corinthians por 1 a 0, gol do meia Jadson, aos seis minutos da segunda etapa. Com o resultado, o Tricolor gaúcho não conseguiu ultrapassar o Timão, que segue na ponta do Brasileirão, agora 26 pontos em 10 rodadas disputadas, quatro a mais que o Tricolor gaúcho, que permanece na vice-liderança.

Gremistas lotaram estádio para dar força ao clube gaúcho, que acabou sendo derrotado dentro de casa pelo Corinthians (Foto: Divulgação / Grêmio FBPA)

Motivados com as recentes atuações do time comandado pelo técnico Renato Gaúcho, que vinha de quatro vitórias (sobre Chapecoense, Bahia, Fluminense e Coritiba) e um empate com o Cruzeiro nas últimas cinco partidas, os gremistas fizeram a sua parte e lotaram o estádio. Ao todo, 50.116 espectadores adquiriram ingresso para conferir o duelo, registrando o maior público pagante do campeonato até o momento - público presente: 54.022 / renda: R$ 2,09 milhões. A antiga marca pertencia ao jogo Flamengo x Atlético-MG, pela primeira rodada da competição. Na ocasião, 42.575 torcedores foram ao Maracanã para acompanhar o jogo, que terminou empatado por 1 a 1.

Dos cinco jogos com maior presença de torcedores pagantes na edição deste ano, o Corinthians está presente em quatro, sendo que apenas contra o Grêmio foi visitante. Nos duelos em que teve o mando de campo contra o São Paulo (42.443), o Santos (40.169) e o Bahia (34.250), o Timão registrou o terceiro, o quarto e o quinto melhor público, respectivamente. Dentro de campo, a equipe dirigida por Fábio Carille correspondeu ao apoio das arquibancadas e fez a sua parte, conseguindo três vitórias - 3 a 2 sobre o Tricolor Paulista, 2 a 0 diante do Peixe e 3 a 0 contra o Esquadrão de Aço.

Compartilhar no
Fonte: globoesporte.com
Por: Eduardo de Sousa e Leandro Silva

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário