• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Brasil vence a Bolívia e avança ao quadrangular do pré-olímpico

Matheus Cunha, Antony, Guga, Reiner e Pepê marcaram os gols da equipe canarinho em Armênia, na Colômbia.

29/01/2020 09:07h

A seleção brasileira sub-23 venceu a Bolívia na noite desta terça-feira (28), por 5 a 3, e conquistou uma vaga no quadrangular final do pré-olímpico com uma rodada da primeira fase de antecedência.

Matheus Cunha, Antony, Guga, Reiner e Pepê  marcaram os gols da equipe canarinho em Armênia, na Colômbia. Ábrego, duas vezes, e Reyes fizeram os gols do time boliviano, que atuou com um a menos nos minutos finais, quando Vaca foi expulso ao levar um segundo amarelo aos 42 do segundo tempo.

O time comandado por André Jardine manteve, assim, 100% de aproveitamento na competição. Nas duas primeiras rodadas, ganhou do Peru, por 1 a 0, e do Uruguai, por 3 a 1.

A classificação antecipada à fase final permitirá ao treinador do Brasil poupar alguns jogadores no jogo contra o Paraguai, na sexta-feira (31), preservando os atletas para a etapa que definirá os dois países classificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

O tempo de descanso, inclusive, será importante para jogadores como Pedrinho, do Corinthians. O garoto, de 21 anos, não atuou diante da Bolívia por conta de um desconforto muscular. Como nenhuma lesão foi constatada, ele deverá ter condição de voltar à equipe no quadrangular.

Com a vitória desta terça, o Brasil chegou aos 9 pontos e lidera o Grupo B, seguido do Uruguai, que soma seis. A seleção celeste venceu o Peru nesta rodada por 1 a 0.

Na última rodada da primeira fase desta edição, os uruguaios não vão atuar porque cada chave é formada por cinco seleções. Para ficar com a classificação, Uruguai terá de torcer para não ser ultrapassado por Paraguai, Peru e Bolívia, todos com três pontos.

Assim como Brasil e Paraguai, Bolívia e Peru também se enfrentam na sexta-feira (31).

No Grupo A, a Argentina já está classificada para o quadrangular. Colômbia e Chile, que duelam na última rodada da chave, nesta quinta (30), brigam pela outra vaga.

O Brasil é atual campeão dos Jogos no futebol masculino e tem a seu favor um retrospecto bom, em geral, quando precisa disputar o torneio pré-olímpico. Há, porém, fantasmas de fracassos do passado.

O país viveu três derrotas marcantes nas competições classificatórias para os Jogos de Moscou (1980), Barcelona (1992) e Atenas (2004).

A Olimpíada de Tóquio vai de 24 de julho a 9 de agosto deste ano. A disputa do futebol, no entanto, começa um pouco antes, em 22 de julho, com a primeira rodada do feminino, e vai até o penúltimo dia de competições.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário