Após Mundial, velocista piauiense se prepara para Sul-americano no Chile

Letícia tira dias de descanso para voltar aos treinos de olho no pódio da competição

21/07/2017 07:48h

Compartilhar no

Depois da participação histórica em Nairóbi, no Quênia, a velocista piauiense Letícia Nonato, de 16 anos, quer apenas descansar e comemorar os resultados e a experiência. Em seu primeiro Mundial de Atletismo, a piauiense avançou para as semifinais dos 200 metros com o tempo de 24s74c e terminou na 11º colocação. Em pouco mais de quatro anos de dedicação ao esporte, Letícia Nonato já é vista como uma das promessas e um dos nomes mais forte entre as velocidades do país. 

A atleta dá um descanso para o corpo e também para mente. Isso para se preparar para os novos desafios que estão por vir nos próximos meses. Em Santiago, no Chile, ela disputa os Jogos Sul-Americanos da Juventude entre os dias 6 a 8 de outubro. 

Velocista piauiense se prepara para Sul-americano no Chile. (Foto: Elias Fontenele/Jornal O Dia)

“A minha ida para o Mundial e chegar a ser uma das melhores do mundo para mim já foi uma vitória. Não ter chegado até a final, me deixou triste, mas agora é erguer a cabe- ça e tentar ir mais longe nas próximas. Eu estava bem preparada, mas tive alguns problemas pessoais e acabei não conseguindo render tudo que poderia. Mas eu sei que posso correr melhor e chegar à final. Agora é tentar aplicar isso nos Jogos da Juventude”, disse Leticia, uma das duas atletas do Nordeste a representar o país no Sul-Americano. 

A atleta piauiense chegou a correr abaixo dos 24s este ano na Copa Norte Nordeste, o que lhe garantiu no Mundial. O objetivo agora é conseguir repetir o tempo do torneio regional. Para isso, os treinos intensivos voltam a acontece na segunda-feira (24), já pensando na nova competição internacional. 

“Quero chegar lá e correr abaixo dos 24s e ganhar de preferência, subir ao pódio e conseguir esse feito inédito para o estado. No ranking Sul- -Americano, eu sou a primeira colocada na prova dos 200m, nos 400m e nos 100m, mas fui convocada somente para prova de 200m, que foi a prova que fiz o tempo no ano. Pretendo honrar esse favoritismo”, explica a velocista. 

A temporada 2017 está sendo de conquistas para a jovem atleta. Este semestre, além do Sul-Americano, a atleta também vai competir as Olimpíadas da Juventude no final do ano. “Vem sendo um ano de muitas bênçãos, e eu espero fechar com chave de ouro participando das Olimpíadas da Juventude que, para mim, vai ser tão importante quando o Mundial”, frisou Leticia Nonato. 

A atleta agora foca nos Jogos Sul-Americanos da Juventude que vai acontecer entre os dias 6 a 8 de outubro, em Santiago, no Chile. Vinte e seis atletas foram convocados para representar o Brasil no atletismo.

Compartilhar no
Edição: Nathalia Amaral
Por: Pâmela Maranhão

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário