• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Ala direita do Vasco pode ser trunfo no segundo semestre

Dos cinco gols feitos nos compromissos até aqui três aconteceram após jogadas construídas pelo setor.

01/07/2019 16:23h

O período de treinamentos do Vasco tem exposto algo que pode ser um diferencial neste segundo semestre: o bom entrosamento que a equipe mostra pelo lado direito. Dos cinco gols feitos nos compromissos até aqui - jogo-treino contra Madureira e amistoso com Rio Branco, do Espírito Santos - três aconteceram após jogadas construídas pelo setor. E pode-se dizer que tal alteração tem o dedo do técnico Vanderlei Luxemburgo.

Logo que chegou a São Januário, o treinador recuou Pikachu, que vinha atuando como atacante, e colocou Rossi como titular. Até o momento, a dupla vem se entendendo e, com boa movimentação, criando opções.

Um ponto que vem sendo bastante explorado é a velocidade de ambos, tanto ofensiva quanto defensivamente. Tal característica faz também com que o lado direito possa ser uma "válvula de escape", além do aumento do volume de jogadas em profundidade - Rossi é o oitavo jogador no Brasileiro que mais realiza cruzamentos.

Há, porém, um problema ainda a ser resolvido pela diretoria. Neste estilo de jogo, enxerga-se a necessidade de um camisa 9, algo que a cúpula busca no mercado, mas, até o momento, não conseguiu entregar a Luxemburgo, que vem usando o jovem Tiago Reis e fazendo testes com Valdívia.

"É importante. Sabíamos que, apesar de ser um amistoso, tínhamos um compromisso. Tivemos um amistoso já, e sabíamos que tínhamos que movimentar o grupo", disse Pikachu, após vitória por 2 a 0 sobre o Rio Branco. Luxemburgo tem mantido a formação 4-3-3, fazendo também uma aproximação das peças do meio de campo para trocas de passes - nas duas partidas, Marcos Júnior fez esse papel.

Fonte: UOL / Folhapress

Deixe seu comentário