• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Esporte

11 de dezembro de 2019

Concentração de campeões cresce no Brasil, mas está longe da Europa

Concentração de campeões cresce no Brasil, mas está longe da Europa

Nos últimos dez anos, só a França, com cinco campeões diferentes, foi tão diversa quanto o Brasil nesse aspecto.

O Campeonato Brasileiro conheceu em 2019 o seu quinto campeão diferente nos últimos dez anos. Com o título desta temporada, o Flamengo se juntou a Corinthians, Fluminense, Cruzeiro e Palmeiras entre as equipes que levantaram a taça de 2010 para cá - os corintianos foram tricampeões, enquanto os outros três se sagraram bicampeões no período.

A competição, porém, já foi mais democrática. Levantamento feito pela Folha de S.Paulo, com a distribuição de títulos desde 1980, mostra que em outros períodos já houve um número maior de vencedores.

Com cinco clubes campeões, o último período de dez anos (2010 a 2019) foi o menos equilibrado. De 2000 a 2009, o Brasileiro conheceu sete campeões distintos, mesmo número do recorte de 1990 a 1999. Entre 1980 e 1989, o torneio distribuiu ainda mais taças a diferentes equipes, com oito campeões diferentes.

Apesar de estar mais concentrado, o Brasileiro ainda exibe maior variedade na lista de vencedores do que as seis principais ligas europeias: Inglaterra, Alemanha, Espanha, Itália, França e Portugal.

Nos últimos dez anos, só a França, com cinco campeões diferentes, foi tão diversa quanto o Brasil nesse aspecto.

Mas com uma particularidade: os franceses têm assistido à crescente hegemonia do Paris Saint-Germain, dono de seis títulos nas últimas sete temporadas graças principalmente ao investimento do Qatar Sports Investment, que adquiriu o clube em 2011.

No Campeonato Francês, o período de 1990 a 1999, mais diverso em termos de equipes campeãs, viu sete times distintos terminarem a liga na primeira colocação.

Considerado o principal torneio nacional do planeta, a Premier League, entre as ligas da elite europeia, é a segunda com maior distribuição de títulos em diferentes times.

De 2010 a 2019, Manchester United, Chelsea, Manchester City e o pequeno Leicester levantaram o troféu do torneio.

O recorte inglês mostra que os últimos dez anos foram mais equilibrados que os dez anos anteriores, quando somente três clubes levantaram a taça entre 2000 e 2009.

Na Espanha, o Barcelona tem sido o grande responsável pela desigualdade da liga quando o assunto é distribuição de taças. Sete vezes campeão de 2010 para cá, foi atrapalhado somente por Real Madrid, com dois títulos, e Atlético de Madri, com um.

Também com três clubes campeões desde 2010, a Itália tem visto a Juventus construir uma hegemonia nacional. Já são oito títulos seguidos para o clube de Turim -a Inter de Milão, na temporada 2009/2010, e o Milan, na edição 2010/2011, foram os outros dois vencedores no período.

Os campeonatos alemão e português são ainda mais desiguais atualmente que as ligas espanhola e italiana.

Na Alemanha, nesse mesmo período, só dois clubes levantaram a taça: Bayern de Munique e Borussia Dortmund. Desde a temporada 2012/2013 que a Bundesliga não conhece outro vencedor que não o time bávaro, campeão de oito das últimas dez edições.

Já nos períodos períodos de 2000 a 2009 e 1990 a 1999, o Campeonato Alemão teve cinco campeões diferentes.

Em Portugal, Benfica e Porto foram os únicos campeões nos últimos dez anos. Os benfiquistas conquistaram seis campeonatos no período, enquanto o Porto ficou com os outros quatro troféus.

Há um outro recorte que também ilustra a concentração de conquistas na liga portuguesa em comparação com o Campeonato Brasileiro.

Levando em conta o período de 2003 a 2019, ou seja, quando o Brasileiro passou a ser disputado em pontos corridos, os dois maiores campeões portugueses nessas 17 ligas, Benfica e Porto, foram responsáveis por 100% das taças.

No Brasil, de 2003 para cá, o Corinthians, quatro vezes campeão, e a dupla São Paulo e Cruzeiro, com três títulos cada um, concentraram 58% dos troféus da competição.

Nos 17 campeonatos anteriores, isso é, de 1986 a 2002, o Brasileiro foi significativamente mais democrático.

Apesar de Corinthians e Vasco terem conquistado o título em três vezes, e São Paulo e Palmeiras terem ficado com duas conquistas, os maiores vencedores no período representaram apenas 35% do total.

Fredy Guarín negocia sua renovação de contrato com o Vasco

Fredy Guarín negocia sua renovação de contrato com o Vasco

'Fico' de Luxa e salários quitados norteiam permanência de Guarín no Vasco

Tido como uma das prioridades para a montagem do elenco em 2020, o meia Fredy Guarín negocia sua renovação de contrato com o Vasco. Encantado com a torcida cruzmaltina e com o Rio de Janeiro, o colombiano cogita continuar e adiar sua ida para os Estados Unidos, mas se norteia por algumas questões, como a permanência do técnico Vanderlei Luxemburgo, a quitação dos salários atrasados e um time mais competitivo.

O primeiro item está em estágio avançado. O treinador tem encaminhada sua renovação e as partes acertam pequenos detalhes, embora Luxa também não abra mão do pagamento dos vencimentos em atraso para jogadores e funcionários antes do Natal, assim como Guarín.

O Vasco pagou na última segunda-feira (9) a folha de agosto para a comissão técnica e funcionários que recebem acima de R$ 5,5 mil e setembro para os jogadores. Agora deve ao elenco o mês de outubro, já que, num acordo interno, novembro só vence no próximo dia 20.

De férias, Guarín viajou para a Colômbia e deixou o assunto da renovação com seu empresário, que é argentino.

O meia tem um projeto pessoal de morar nos Estados Unidos com a família e chegou a ter uma sondagem do Inter Miami, do ex-jogador inglês David Beckham, mas nenhuma proposta oficial concreta foi feita.

Após a última rodada do Campeonato Brasileiro, Vanderlei Luxemburgo elogiou a evolução física e técnica de Guarín na reta final da competição e colocou o experiente jogador como exemplo do que almeja para a próxima temporada:

"Não podemos errar. Tivemos o timing do Guarín agora. Chegou gordo, fora de forma, mas com uma pré-temporada vai evoluir. Para a equipe que queremos, queremos mais Guarín. Sem perder a responsabilidade que o presidente tem".

Fredy Guarín disputou 12 jogos e fez três gols com a camisa vascaína em 2019.

Santos anuncia pedido de demissão do técnico Jorge Sampaoli

Santos anuncia pedido de demissão do técnico Jorge Sampaoli

Segundo nota publicada no site do clube, "o caso foi entregue aos Departamentos Jurídico e de Recursos Humanos do clube".

O Santos anunciou, na noite desta terça-feira (10), que o técnico Jorge Sampaoli pediu demissão após reunião realizada na manhã de segunda-feira no CT Rei Pelé. 

Segundo nota publicada no site do clube, "o caso foi entregue aos Departamentos Jurídico e de Recursos Humanos do clube".

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do argentino não confirmou o pedido de demissão e disse que, enquanto o técnico não assinar a rescisão contratual, é impossível confirmar a saída.

O presidente santista, José Carlos Peres, não atendeu a reportagem.

Sampaoli chegou ao time alvinegro há um ano. O contrato dele vai até dezembro de 2020, com multa vigente de US$ 2,5 milhões (R$ 10,5 milhões) em caso de rescisão.

A saída é dada como certa. Apesar da boa campanha do Santos na temporada, semifinalista do Campeonato Paulista e vice do Campeonato Brasileiro, o argentino e Peres não cultivam boa relação. Em nota, o Santos agradeceu ao treinador pelo trabalho realizado.

Contratado em dezembro de 2018 após fracassar com a Argentina na Copa do Mundo, Sampaoli entrou em rota de colisão com Peres logo no primeiro mês de trabalho. Em janeiro deste ano, antes de estrear no Campeonato Paulista, o argentino reclamou da falta de reforços, da saída de Bruno Henrique, que trocou a Vila Belmiro pelo Flamengo, e disse que não havia sido informado sobre as condições financeiras do clube.

O anúncio, no mês passado, da saída de Paulo Autuori, executivo superintendente de futebol e principal responsável pelo planejamento do departamento, foi o estopim. Autuori foi responsável por intermediar os pedidos junto à diretoria.

Durante os quase 12 meses na Vila Belmiro, o técnico reivindicou uma série de melhorias em seu contrato. Em abril, modificou a forma como recebia os pagamentos do clube -já descontando impostos. Além disso, solicitou inúmeras vezes a retirada da multa existente em seu contrato. O Santos nega tê-lo atendido neste caso. Recentemente, em outubro, exigiu a inclusão de premiação por classificação direta a Libertadores. O valor é de R$ 3,5 milhões.

Além do clima conturbado, Sampaoli já foi procurado pelo Palmeiras, que demitiu Mano Menezes, e pelo Racing, da Argentina. Desde que virou o principal alvo do Racing (ARG) em novembro, o técnico informou que, para ficar em 2020, pleitearia reajuste contratual, com vencimentos superiores aos atuais.

Sampaoli e sua comissão custaram cerca de R$ 20 milhões aos cofres santistas por apenas uma temporada. Somente o treinador recebeu aproximadamente US$ 2,3 milhões de dólares líquidos no período (R$ 9,6 milhões).

Sampaoli criou uma relação de proximidade com a cidade de Santos, mas externou publicamente incômodo pela ausência de planejamento e pela desorganização de Peres e a sua cúpula.

A diretoria tenta, agora, convencer membros da comissão técnico de Sampaoli a continuar, principalmente o auxiliar-técnico Jorge Desio. Porém, o acordo é considerado improvável. Sampaoli e Desio se conheceram em 1994 no Renato Cesarini, clube de Rosário conhecido pela formação de atletas e técnicos. No Santos, Desio inclusive já comandou treinos e assumiu o lugar de Sampaoli no banco de reservas, enquanto o técnico cumpria suspensão.

A reunião desta segunda-feira, que durou quatro horas, contou com a presença de Sampaoli, acompanhado de um advogado, William Thomas, superintendente de futebol do clube, e Peres. O argentino disse que estava descontente com a falta de planejamento para 2020 e exigiu que investimentos para brigar pela Copa Libertadores.

A proposta orçamentária do Santos, aprovada em 14 de novembro pelo Conselho Deliberativo, prevê movimentação financeira bem mais modesta se comparada a este ano. Serão R$ 249 milhões em receitas, R$ 130 milhões a menos do que em 2019, com estimativa de R$ 379 milhões.

Nesta temporada, o Santos gastou quase R$ 80 milhões com 14 contratações para satisfazer o treinador. Alguns nomes, como o peruano Cueva, além dos colombianos Uribe e Felipe Aguilar, terminaram o ano em baixa.

A permanência de Sampaoli também não é unanimidade no clube. Dentro da alta cúpula, Sampaoli já encontrava opositores que alegavam que o projeto de mantê-lo por mais uma temporada não era sustentável economicamente. 

O treinador comandou o Santos em 63 partidas, obteve 35 vitórias, 13 empates e 15 derrota. Com isso, o seu aproveitamento é de 62%.

Maior torneio de futebol da Europa pousa em Teresina pela 3ª vez

Maior torneio de futebol da Europa pousa em Teresina pela 3ª vez

A entrada para o público que deseja assistir aos jogos será 1kg de alimento não perecível, que será doado através de cestas básicas no fim do evento.

O ano de 2020 começará a todo vapor para os amantes do futsal em Teresina com a terceira edição da Fanáticos Champions League (FCL), que reproduz em formato de futsal o maior evento esportivo da Europa, a Champions League. Fruto de um projeto social idealizado por jovens da Santa Maria da Codipi, o campeonato tem como objetivo principal democratizar o esporte e a cultura à juventude da região e arrecadar alimentos para famílias carentes. Com data marcada para a semana de 04 a 11 de janeiro.

A entrada para o público que deseja assistir aos jogos será 1kg de alimento não perecível, que será doado através de cestas básicas no fim do evento.

Ao todo, 20 clubes “europeus”, 16 masculinos e 04 femininos, disputarão os jogos em busca do título de campeão, que recebe a réplica da tão cobiçada taça Champions League. Entre eles: Barcelona, Liverpool, Atlético de Madrid, Paris Saint-German, Manchester City, Shakhtar Donetsk, Ajax, Porto, Juventus, Milan, Borussia Dortmund, Inter de Milão, Real Madrid, Chelsea e Bayern Munchen.

O campeonato segue todo o formato e estrutura do torneio europeu, desde os times aos uniformes e materiais esportivos, como bola, medalhas, troféu, banners de cada clube, etc. Para isso, conta com o apoio de patrocinadores locais e, com o crescimento do projeto, até nacionais.

O músico Weslley Ramon, um dos integrantes do grupo, explica a importância do crescimento do projeto e adianta que este ano terão algumas surpresas: “a FCL já se tornou um marco, um divisor de águas na Grande Santa Maria, dada a sua importante contribuição para o desenvolvimento social da Comunidade. Tivemos uma grande visibilidade ano passado que nos impulsionou a melhorar cada vez mais. Nesta terceira edição, por exemplo, além da modalidade feminina e estrutura mais elaborada, teremos surpresas que conquistarão ainda mais o público”, promete ele.

Em 2019, o torneio triplicou a quantidade de visitantes em relação ao primeiro, recebendo em média 400 pessoas por dia durante os jogos e arrecadando mais de uma tonelada de alimentos (1000Kg). Para 2020, a expectativa é que ultrapassem 1,5T e recebam mais de 600 pessoas diariamente. Na segunda edição, mais de 60 famílias foram contempladas com cestas básicas. Este ano, esperam ajudar mais de 100 casas.  (Pamella Maranhão)

GHC encara Pinheiros em semifinal da Liga Nacional de handebol

GHC encara Pinheiros em semifinal da Liga Nacional de handebol

É a primeira vez que uma equipe do Nordeste no naipe masculino consegue chegar até essa fase da competição e ‘roubar’ uma das vagas dos clubes mais tradicionais do país.

A equipe do GHC será o Piauí e o Nordeste na semifinal da Liga Nacional de Handebol, que acontece amanhã (12), em São Paulo. O jogo dos piauienses será contra o Pinheiros (SP), além deles os outros dois semifinalistas também são da região Paulista, Guarulhos e Taubaté. É a primeira vez que uma equipe do Nordeste no naipe masculino consegue chegar até essa fase da competição e ‘roubar’ uma das vagas dos clubes mais tradicionais do país.


Os atletas do GHC, sob o comando de Giuliano Ramos estão na semifinal da Lina Nacional de Handebol - Foto: Jailson Soares/O Dia

“De todas as equipes ficaram três de São Paulo a única fora de São Paulo representando o Nordeste e até o Brasil todo de uma forma geral somos nos. É um resultado expressivo, pois no Pinheiros os atletas são profissionais eles ganham para disputar handebol e nos ainda somos amadores, pois alguns meninos estudam e trabalham para se manter”, cita Giuliano Ramos.

O favoritismo e responsabilidade na partida estão todo do lado paulista, mas o técnico Giuliano Ramos não descarta a possibilidade da ‘zebra’ surpreender. “Estamos treinando bem, pois é a principal competição da confederação Brasileira de handebol e vamos enfrentar um clube tradicional, um dos maiores do Brasil e que é vencedor de vários títulos dessa liga. Desistir jamais, porem eles são donos de uma grande estrutura, importantes no cenário do esporte nacional, mas estamos trabalhando. Nosso lema é nordestinos guerreiros”, disse Giuliano Ramos.

Uma das estratégias passa por analisar jogos recentes do Pinheiros e assim pensar em como neutralizar o setor ofensivo. Elaborando uma defesa mais forte. Em quatro anos que os piauienses disputaram a competição nunca haviam passado das quartas de finais e por conta disso estar nas semis é algo histórico.

O jogo entre GHC e Pinheiros acontece nesta quinta-feira (12), às 15h, no Ginásio Henrique Villaboim, em Pinheiros, São Paulo. 

10 de dezembro de 2019

Futsal: Campo Largo e JES disputam hoje o título Piauiense

Futsal: Campo Largo e JES disputam hoje o título Piauiense

O Campo Largo foi campeão do segundo turno. O JES campeão do primeiro turno o jogo entre as duas equipes acontece hoje (10), às 20h, no Ginásio Verdão.

Nos últimos dias os amantes do futsal piauiense conheceram o campeão dos turnos: JES e Campo Largo, mas o campeão geral da competição será conhecido hoje (10), às 20h, no Ginásio Verdão.

De um lado, a experiência do JES, que entra em quadra após o título de vice-campeão da Copa Nordeste. Do outro, o jovem elenco do Campo Largo, buscando fazer história, pois dos 12 atletas, sete são da categoria sub20. “Não era pra ser assim, mas acabou acontecendo algumas coisas e precisamos subir eles de categorias, mas eles estão dando conta do recado, são garotos de personalidade e compromissamos”, disse Clemilton Mirando técnico Campo Largo.


O elenco cresceu ao decorrer do ano. Disputou Jogos Escolares, Taça da Brasil (foram vice campeões), Copa Nordeste e Piauiense de Futsal, em que foram campeões do segundo turno. “Nosso time não tem medo de estar em quadra e queremos continuar fazendo história e agora representando a Cidade de Campo Largo. Sabemos que nossos adversários são fortes, mas será um grande jogo”, disse o ala Car Dias.

Do outro lado um elenco experiente para enfrentar a juventude do Campo Largo. Entre os nomes que estará em quadra o Ala Dedé, que chega em sua nona final de Piauiense consecutiva.

“É um orgulho é uma felicidade estar em mais uma final. Agora enfrentando o Clemilton, um cara que tenho muito respeito e me ensinou tudo no futsal e com a gente o professor Paulão, que também é um cara incrível. Vai ser um grande jogo”, disse Dedé.

O Campo Largo foi campeão do segundo turno. O JES campeão do primeiro turno o jogo entre as duas equipes acontece hoje (10), às 20h, no Ginásio Verdão. Define o campeão e quem irá representar o Piauí na Taça Brasil divisão especial em 2020.

Ceni deve decidir entre ofertas de Athletico-PR e Fortaleza

Ceni deve decidir entre ofertas de Athletico-PR e Fortaleza

O clube de Curitiba já fez contato com o ex-goleiro e apresentou o planejamento visando a próxima temporada.

O técnico Rogério Ceni  ainda não decidiu o seu futuro. Com propostas de Athletico-PR e Fortaleza em mãos, o treinador deve comunicar onde trabalhará em 2020 até a próxima sexta-feira (13).

O clube de Curitiba já fez contato com o ex-goleiro e apresentou o planejamento visando a próxima temporada. A ideia é que ele assuma o time e comande o projeto na Copa Libertadores. Ceni ainda não deu sua resposta, mas vê com bons olhos uma mudança para a Arena da Baixada.

Hoje no Fortaleza, Rogério Ceni tem contrato até o fim de 2019. O técnico foi procurado por Marcelo Paz, presidente do clube cearense, na última semana para falar sobre uma possível renovação.

"Conversei com o Ceni na sexta-feira [6], fizemos uma proposta de trabalho para ele, um projeto em si. Tudo isso ele retratou na coletiva que deu após o jogo. Estou no aguardo da resposta dele, o tempo dele de decidir. Respeito o processo de decisão dele", declarou o mandatário à reportagem.

O dirigente ainda disse desconhecer o interesse do time rubro-negro em Ceni: "Sobre o Athletico-PR, não tenho nada para falar. Não me procuraram, não sei se procuraram o Rogério".

Ceni iniciou o ano como treinador do Fortaleza, com quem assinou em novembro de 2017. Durante a temporada, o ex-goleiro do São Paulo acertou a mudança para o Cruzeiro. No entanto, por problemas internos, deixou o clube mineiro e voltou ao time nordestino.

No Fortaleza, Ceni conquistou a Série B do Brasileiro em 2018, além do Campeonato Cearense e da Copa do Nordeste de 2019. Neste ano, ele ainda garantiu vaga na próxima Copa Sul-Americana, primeira competição internacional do clube tricolor em seus 101 anos de história.

09 de dezembro de 2019

Rússia é banida da Olimpíada de 2020 e de mundiais por doping

Rússia é banida da Olimpíada de 2020 e de mundiais por doping

A punição da Agência Mundial Antidoping (Wada) se baseia em acusação de que o país teria usado sua agência de controle de doping para fraudar exames de atletas.

A Rússia foi banida por quatro anos de competições internacionais de esporte, entre elas os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. A punição da Agência Mundial Antidoping (Wada) se baseia em acusação de que o país teria usado sua agência de controle de doping para fraudar exames de atletas. 
"Por muito tempo, o doping russo prejudicou o esporte limpo", afirmou a Wada em comunicado. "A Rússia teve a oportunidade de colocar sua casa em ordem e reunir-se à comunidade antidoping global para o bem de seus atletas e pela integridade do esporte, mas optou por continuar em sua posição de decepção e negação".
Os russos têm 21 dias para recorrer da decisão à Corte Arbitral do Esporte (TAS, sigla em francês). Caso entrem com o recurso, as sanções aplicadas pela Wada ficam suspensas até que o órgão as confirme ou rejeite.
A Rússia é acusada de manipular laboratórios, incluir amostras falsas nos testes e deletar arquivos relacionados a testes positivos de doping.
A decisão da agência foi tomada de forma unânime por seus integrantes, e anunciada nesta segunda-feira (9). A punição valerá até 2023. Durante o período, a Rússia não pode sediar competições esportivas internacionais. 
A Rússia busca ser uma potência global do esporte e virou algo de investigações sobre doping, principalmente, desde 2015, quando um relatório apontou uso massivo de substâncias para melhorar o desempenho dos atletas do país.
O caso foi tão grave que a Wada suspendeu a agência russa de controle de doping, Rusada, por não acreditar mais nos resultados dos testes feitos por ela.
Os atletas russos que não estão envolvidos nos casos de doping poderão competir em eventos internacionais, mas sem representar a Rússia. Isso já aconteceu nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 em Pyeongchang, após o país ser banido por irregularidades no controle de doping nos Jogos de 2014, sediados em Sochi.
Desde 2015, a Rússia foi proibida de competir como nação no atletismo desde 2015. 

Sampaoli se reúne com presidente do Santos e sai pessimista

Sampaoli se reúne com presidente do Santos e sai pessimista

O encontro durou mais de duas horas e teve momentos de tensão.

A reunião entre Jorge Sampaoli e José Carlos Peres nesta segunda-feira (9) terminou sem uma decisão. Os dois estiveram no CT do Santos, e o treinador deixou o local sem falar com a imprensa. O encontro durou mais de duas horas e teve momentos de tensão.
Segundo apurou a reportagem, a "novela" ainda não teve seu capítulo final, mas ficou claro que é grande a diferença entre os pedidos do treinador e a capacidade de investimento da equipe da Vila Belmiro. Há uma estimativa que os pedidos de reforços do comandante chegam a R$ 100 milhões.
Em coletiva de imprensa no domingo (8), após a goleada por 4 a 1 sobre o Flamengo, Sampaoli afirmou que gostaria de um projeto desportivo com capacidade para brigar pelo título da Libertadores em 2020. Uma das pedidas do treinador é ter dois jogadores no mesmo nível por posição.
Nesta segunda, Sampaoli evitou repórteres, mas falou brevemente com alguns dos garotos que ganharam projeção após serem flagrados acompanhando treinos do Santos de cima de uma árvore à beira do CT e que já mantêm relação com ele. Perguntado se ficaria, o argentino respondeu com um "talvez".
Enquanto não decide o seu futuro na Vila Belmiro, Sampaoli segue como opção prioritária para o Palmeiras. O time alviverde já se reuniu na semana passada com representantes do santista, sabe as condições pedidas por ele para trabalhar no Palestra Itália e aguarda o desfecho das negociações na Baixada para avançar.

Fla adota cautela sobre Mundial e evita falar em jogo com Liverpool

Fla adota cautela sobre Mundial e evita falar em jogo com Liverpool

O discurso é de que antes há uma semifinal a ser disputada.

O Flamengo tenta manter os pés no chão quando o assunto é o Mundial de Clubes. Dominante na premiação do Bola de Prata, que elegeu os melhores do Campeonato Brasileiro, os jogadores evitaram falar sobre um possível duelo com o Liverpool na final. O discurso é de que antes há uma semifinal a ser disputada.
"É importante, mas temos que pensar no que vem antes, a gente tem uma semifinal contra o Al Hilal e o Espérance. O Al Hilal é um time muito forte, o próprio Jorge que montou esse time, então temos respeito máximo ao Al Hilal", disse o goleiro Diego Alves.
"É claro que a final é algo esperado por todos, essa segunda final contra o Liverpool, mas como a gente fez até agora, a prioridade total é voltada ao jogo da semifinal", completou.
Mesmo sendo apenas uma provável final, a disputa entre Flamengo e Liverpool é comentada até mesmo na Inglaterra. Em entrevista recente, o goleiro Alisson brigou que faria de tudo para "não ter gol do Gabigol" na decisão. Questionado sobre a declaração, o atacante se esquivou da responsabilidade de ser o homem-gol do time rubro-negro.
"Não tem pressão nenhuma de fazer gol, minha pressão é de jogar bem, me sentir bem, ajudar meus companheiros. Obviamente, eu sou centroavante, mas o Arrascaeta e o Bruno Henrique também fazem muitos gols. Nosso time tem um conjunto muito forte, não serei eu que terei pressão para fazer gol", disse Gabigol, que também deixou claro que a semifinal é o primeiro objetivo.
"A gente tem que pensar em jogar bem e conquistar títulos. A gente tem a semifinal ainda e tenho muito respeito pelos jogos que ainda virão".
Terminado o Campeonato Brasileiro, o Flamengo viaja na próxima sexta-feira (13) para o Qatar, palco da disputa do Mundial de Clubes. Para o técnico Jorge Jesus, a competição será a mais dificíl de conquistar pelo clube carioca.
"Será mais uma grande jornada para o Flamengo e para o futebol brasileiro. Será certamente o troféu mais difícil de conquistar".
Na semifinal, o Flamengo enfrentará o Al-Hilal, da Arábia Saudita, ou o Espérance, da Tunísia. Caso avance para a final, o jogo decisivo está previsto para o dia 21 de dezembro.
"Caso a gente venha classificar para a final, tenho certeza de que o Mister (Jorge Jesus) irá preparar bem o nosso time. Já tive a oportunidade de enfrentar o Liverpool com o Bayern nesse ano, na Liga dos Campeões, e sei o poder que eles têm. Mas caso a gente venha se enfrentar, é um jogo único, uma final, a gente não tem nada a perder, então vamos com toda a força", completou o lateral Rafinha.

River-PI cancela atividades públicas, mas elenco faz exames para pré-temporada

River-PI cancela atividades públicas, mas elenco faz exames para pré-temporada

River tem atividades públicas suspensas devido o falecimento do torcedor Francisco Luiz Soares de Oliveira, o Pintinho, de 76 anos. Jogadores realizam exames para o início da pré-temporada.

O River Atlético Clube suspendeu nesta segunda-feira (09) todas as atividades públicas do clube devido o falecimento do torcedor Francisco Luiz Soares de Oliveira, o Pintinho, de 76 anos, que era considerado pela diretoria um símbolo do clube. Para hoje, estava prevista a apresentação do elenco para o início da pré-temporada, mas com o cancelamento da solenidade, os atletas foram apenas submetidos a uma bateria de exames, ainda nesta manhã, no CT Afrânio Nunes, em Teresina. O ponta pé inicial das atividades deve acontecer nesta terça-feira (10).

Por meio das redes sociais, o Galo estabeleceu luto e suspendeu todas as atividades que estavam programadas no Centro de Treinamento Afrânio Nunes para esta segunda-feira (09).

Segundo o River-PI, na última segunda-feira (02), Pintinho passou mal no CT do Galo e foi encaminhado em uma ambulância do Serviço Móvel de Urgência (Samu) para o hospital. Ele ficou internado por três dias, recebeu alta, mas teve uma recaída. Pintinho faleceu na madrugada desta segunda-feira. O velório acontece no Ginásio de Esportes Antilhon Ribeiro Soares, no CT Afrânio Nunes.

O Galo faria a apresentação do elenco para o início da pré-temporada nesta segunda-feira (09). Apenas uma bateria de exames, que não foi aberta à imprensa, foi realizada na manhã de hoje com os jogadores. A primeira atividade física está prevista para acontecer nesta terça-feira (10).

Exames no Afrânio Nunes. Foto: Divulgação River-AC

O River disputa em 2020 o Campeonato Piauiense,Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Série D do Brasileiro. O Galo estreia no estadual no dia 17 de janeiro diante do Picos, na Cidade do Mel. 

Falta de ondas adia início da etapa de Pipe Masters no Mundial de Surfe

Falta de ondas adia início da etapa de Pipe Masters no Mundial de Surfe

Dos cinco candidatos ao título nesta temporada, três são brasileiros: Ítalo Ferreira, Gabriel Medina e Filipe Toledo.

A primeira jornada da etapa de Pipe Masters, a última do Circuito Mundial de Surfe, foi adiada neste domingo (8) por falta de ondas no Havaí. Com isso, os atletas só devem começar a competição na segunda-feira (9).

Dos cinco candidatos ao título nesta temporada, três são brasileiros: Ítalo Ferreira, Gabriel Medina e Filipe Toledo. Também disputam a conquista mundial o sul-africano Jordy Smith e o norte-americano Kolohe Andino, este último com chances muito remotas.


Falta de ondas adia início da etapa de Pipe Masters no Mundial de Surfe. Reprodução

Ítalo Ferreira é o líder do circuito, mas tem uma diferença de pouco mais de mil pontos para Medina, segundo colocado. Smith aparece próximo, na terceira colocação, enquanto Filipe Toledo está 1.925 pontos atrás. Andino tem pouco mais de 6,4 mil pontos de desvantagem para o líder, e só pode ser campeão se ganhar a etapa, contando com maus desempenhos dos outros concorrentes.

Se Ítalo chegar à final contra Medina ou Toledo, o campeão de Pipeline conquistará o título de campeão mundial simultaneamente. Caso a decisão seja contra Jordy Smith, em função de o sul-africano ter um descarte maior, Ítalo já será campeão. Caso o líder pare nas semifinais, Medina será tricampeão se chegar à final, desde que Toledo ou Smith não seja o campeão.

Com contrato, Valentim diz que segue no Botafogo em 2020

Com contrato, Valentim diz que segue no Botafogo em 2020

Ele assinou o documento após pagar muta rescisória para o Avaí e aceitar o desafio de manter o Alvinegro na elite.

A sofrida temporada de 2019 chegou ao fim para o Botafogo, que namora com tempos melhores já no ano que vem. A torcida criou forte expectativa com 2020 representando muitas mudanças no clube. Porém, o fato é que essas novidades não deverão ocorrer tão rapidamente. Um exemplo disso é que o contestado técnico Alberto Valentim afirmou que seguirá à frente do Alvinegro.

De fato, Valentim tem contrato com o Botafogo até o fim de 2020. Ele assinou o documento após pagar muta rescisória para o Avaí e aceitar o desafio de manter o Alvinegro na elite. Se o clube de General Severiano quiser trocar o comando terá que pagar uma quantia milionária ao treinador, que já traça planos para a próxima temporada.

"Tínhamos dois objetivos: permanência na Série A e depois uma coisa melhor, que era a Sul-Americana. Infelizmente, ela não veio pelo nosso resultado e também pelo Fluminense ter vencido o Corinthians. Fico feliz por ter vindo, queria números melhores, classificação melhor, mas o grupo está de parabéns, o grupo fez o máximo dentro da realidade do botafogo. Ninguém deixou de se empenhar e trabalhar forte. A gente tem uma conversa amanhã já para direcionarmos algumas coisas. É importante desde já começar a traçar os planos para 2020", disse o treinador.

"Tenho contrato com o Botafogo, a ideia é que eu continue para fazermos um Botafogo melhor do que esse ano. Um trabalho do zero fica muito mais fácil. Quando você começa o trabalho com tempo maior e fazendo escolhas junto com a diretoria de jogadores que virão, com certeza que será muito melhor", completou o treinador.

Valentim lembrou que ele iniciou o ano no Vasco e o clube teve bons momentos até a sua demissão no fim do Campeonato Carioca. Segundo ele, a expetativa é dar indicações de reforços e entender melhor como o clube pretende se estruturar para se alinhar ao projeto de virar clube-empresa.

"A gente tem uma conversa amanhã já para direcionarmos algumas coisas. É importante desde já começar a traçar os planos para 2020. Conversei algumas vezes com o ex-presidente Montenegro, nosso relacionamento é muito bom. Tenho contrato com o Botafogo, a ideia é que eu continue para fazermos um Botafogo melhor do que esse ano. Um trabalho do zero fica muito mais fácil. Aconteceu isso no Vasco. Chego no meio do ano passado. Depois, consegui ser campeão da Taça Guanabara com 100%, cheguei em três finais", finalizou Valentim.

08 de dezembro de 2019

Justiça de Minas Gerais determina torcida única para CRU x PAL

Justiça de Minas Gerais determina torcida única para CRU x PAL

O duelo é válido pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro e poderá determinar o rebaixamento celeste pela primeira vez na história.

O Ministério Público de Minas Gerais informou que a partida entre Cruzeiro e Palmeiras, marcada para às 16h (de Brasília) desta domingo (8) seja realizada apenas com torcedores do time mandante no Mineirão.

O duelo é válido pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro e poderá determinar o rebaixamento celeste pela primeira vez na história.

Ainda neste sábado (7), o Ministério Público ajuizou uma ação civil para tentar impedir a presença de torcedores alviverdes no jogo. O promotor Paulo de Tarso Morais Filhos, que assinou a petição, ainda pediu que o clube celeste fosse multado em R$10.000,00 para cada ingresso vendido para o torcedor visitante.


Foto: Agência Brasil

A Polícia Rodoviária também será orientada para monitorar eventuais deslocamentos da torcida palmeirense para Belo Horizonte.

Para a partida desta domingo, autoridades estão adotando os mesmos padrões de segurança utilizados em dias de clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG. O pedido de torcida única no último jogo do ano já tinha sido manifestado pelo Cruzeiro e contado com o apoio do Ministério Público e Polícia Militar.

O histórico de confrontos entre torcidas organizadas dos dois clubes e os recentes problemas entre os próprios cruzeirenses nos últimos jogos da equipe no Mineirão contribuíram para o pedido de torcida única.

07 de dezembro de 2019

'Não foi como planejei, diz 'Fernando Prass ao sair do Palmeiras

'Não foi como planejei, diz 'Fernando Prass ao sair do Palmeiras

Fernando Prass, 41, anunciou neste sábado (7) que não jogará mais pelo Palmeiras.

Fernando Prass, 41, anunciou neste sábado (7) que não jogará mais pelo Palmeiras. O goleiro usou o Twitter para comunicar sua despedida do clube e lamentar sua saída. 

"Não foi da maneira como planejei, mas hoje se encerra meu clico no Palmeiras. Obrigado Palmeiras e torcida pelo carinho", escreveu o arqueiro.

O Palmeiras comentou a postagem do atleta e escreveu: "Aos 41 anos, com 274 jogos e 3 títulos nacionais, o ídolo Fernando Prass se despede do Verdão", ao lado de um foto com dados estatísticos sobre o goleiro.

O contrato do veterano com o time alviverde se encerra no fim do ano. Recentemente, ele disse pretender atuar profissionalmente em 2020. Em setembro, após ter sido titular na partida contra o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro, o atleta também havia usado as redes sociais para afirmar que seu desejo era continuar jogando no time palmeirense.

"Percebi que antes do jogo de ontem, muita gente estava com medo de que fosse meu último jogo. Mas quero deixar claro que não passa pela minha cabeça me aposentar no final do ano nem deixar o Palmeiras", escreveu.


Não foi como planejei, diz 'Fernando Prass ao anunciar saída do Palmeiras. Reprodução

Prass estava no Palmeiras desde 2013. Ele chegou ao clube no ano em que o time disputou a Série B do Campeonato Brasileiro. Além do título da Série B naquele ano, ele também foi bicampeão brasileiro (2016 e 2018) e faturou a Copa do Brasil (2015).

Contratado para ser titular, teve posição quase intocável entre 2013 e 2017, quando passou a brigar por posição com Jailson e, mais recentemente, Weverton. Profissional desde 1998, o goleiro passou por Grêmio, Coritiba e Vasco antes de chegar ao time paulista.

O arqueiro também foi convocado para defender a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, mas acabou cortado antes da competição devido a uma contusão no cotovelo direito.

Durante sua passagem pelo Palmeiras, o arqueiro também se destacou por seu posicionamento político. Ele era um dos líderes, por exemplo, do movimento conhecido como Bom Senso F.C, que reivindicava melhores condições de trabalho para os profissionais de futebol no Brasil.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo em dezembro do ano passado, ele explicou as razões que levaram ao fim do movimento. "[O Bom Senso acabou] porque muitos que estavam encabeçando o projeto pararam de jogar."

Na mesma ocasião, o arqueiro também demonstrou o seu incômodo com a presença do presidente Jair Bolsonaro no gramado do Allianz Parque durante a festa pela conquista do título brasileiro de 2018.

"Ali é um momento dos jogadores", diz o goleiro. "Não sou a favor de misturar política e futebol", completa.

06 de dezembro de 2019

Cruzeiro perde 4 jogadores para decisão contra o Palmeiras

Cruzeiro perde 4 jogadores para decisão contra o Palmeiras

Para não cair, a equipe celeste terá de vencer o Palmeiras na última rodada do Brasileiro, além de contar com derrota do Ceará, sem quatro experientes jogadores.

Além da derrota, a partida contra o Grêmio na quinta-feira (5) trouxe baixas para o Cruzeiro. Para não cair, a equipe celeste terá de vencer o Palmeiras na última rodada do Brasileiro, além de contar com derrota do Ceará, sem quatro experientes jogadores.
A primeira perda para o jogo do domingo (8), às 16h, foi o lateral-direito Edílson. O veterano perdeu a condição de titular desde o meio do ano, mas havia recuperado o posto no duelo em Porto Alegre, já que Orejuela foi utilizado por Adilson Batista no meio-campo.
Edílson, no entanto, levou o terceiro cartão amarelo, mesma situação de Ariel Cabral, outro que virou titular com o novo técnico. Na lateral esquerda, Egídio foi expulso e também virou desfalque. Por fim, Robinho saiu de campo lesionado e é outra baixa importante.
Assim, Adilson deverá retornar com Orejuela para a lateral. No lado esquerdo, a expectativa fica para o retorno de Dodô, que se recupera de um trauma no pé. No meio, Jadson passa a ser uma opção para o lugar de Cabral. Mais à frente, Adilson tem como opção o retorno de Marquinhos Gabriel, que volta de suspensão.
Com todas essas baixas, se Adilson tentar repetir a base da equipe que enfrentou o Grêmio, o atacante Fred seria um dos poucos veteranos no time. Ao lado dele, a equipe ainda poderá ser formada com nomes que já fizeram história na equipe, como o goleiro Fábio, o zagueiro Léo e o volante e capitão Henrique.
Com 36 pontos, dois a menos que o Ceará, o Cruzeiro tem agora a obrigação de vencer o Palmeiras e, mesmo se isso acontecer, contar com uma vitória do Botafogo sobre o time cearense no Rio de Janeiro, já que, em caso de empate na pontuação, o clube alvinegro ainda teria vantagem no número de vitórias.
Qualquer outra combinação de resultados fará o Cruzeiro amargar a queda para a segunda divisão pela primeira vez em sua história.

Abelhas Rainhas vence Comercial e segue viva no Piauiense

Abelhas Rainhas vence Comercial e segue viva no Piauiense

As duas equipes voltam ao campo no domingo (8), às 16h, e a Abelhas enfrenta o Teresina.

Abelhas Rainhas, de Picos, e Comercial, de Campo Maior, mediram forças nesta quinta-feira (5), no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina. A partida é válida pela 4ª rodada do Campeonato Piauiense. A Abelhas saiu de campo com vitória vendida de forma dura pelo time de campo-maiorense, por 4 a 3. Os gols da Abelhas foram marcados por Miriam e Marcilane (3x). O Comercial marcou com Jhenifer (contra), Nonatinha e Cristiane. Com o resultado, o time de Picos chega com chance de classificação para última rodada. O Comercial apenas cumpre tabela.

O jogo

A equipe da Abelhas Rainhas abriu o placar aos nove minutos, com a camisa 10 Marcilene. Escanteio batido, ela aproveita o bate rebate e chuta forte no fundo do gol. O gol do empate acontece cinco minutos depois, com Jhenifer marcando contra. Bola batida na lateral e desvio de cabeça sobre a goleira.


A equipe da Abelhas Rainhas abriu o placar aos nove minutos, com a camisa 10 Marcilene - Foto: Jailson Soares/O Dia

Aos 19 minutos, Marcilene aparece novamente para colocar as Abelhas novamente a frente. Contra-ataque rápido, ela recebe, corta a zagueira e bate no fundo do gol. Aos 25, Nonatinha volta a dar esperanças para o Comercial, que precisava pelo menos do empate para conseguir seguir vivo na competição.

Início de segundo tempo e Miriam abre logo a contagem, aos seis minutos, aproveitando cruzamento de Neguinha, a Camisa 11 só completa. Mas o Comercial insistia em arrancar pelo menos o empate e consegue aos 13 minutos Cristiane marca o gol do empate em 3 a 3. E jogo seguia duro, com oportunidades lá e cá. Ao final do segundo tempo os erros de passe e cansaço começavam a pesar dos dois lados, mas no detalhe a equipe picoense conseguiu definir a partida e sair de campo com os três pontos, mas uma vez a Camisa 10, Marcilane à protagonista da partida, com tres gols marcados.

As duas equipes voltam a campo no domingo (8), às 16h, a Abelhas enfrenta o Teresina. Logo em seguida, às 18h, o Comercial mede forças com Tiradentes, líder isolado na tabela e já classificado para final. O Comercial apenas cumpre tabela

Victor Raphael garante dois ouros no Sul-Americano de atletismo

Victor Raphael garante dois ouros no Sul-Americano de atletismo

O ano do jovem atleta foi marcado por resultados expressivos e muitos pódios.

Com o garoto Victor Raphael missão dada é missão cumprida. Nesta quinta-feira (5) ele entrou nas pistas pelo Sul-Americano Sub16, que acontece em Assunção, no Paraguai e garantiu duas medalhas de ouro. No salto em distância, com marca de 6m66cm e no revezamento. Essa foi à primeira competição internacional na carreira de Victor Raphael.

“Deu tudo certo. Esse era o objetivo, pois o Brasil é favorito na competição e o Victor sabia disso. Além disso, ele conseguiu melhorar sua marca no salto. O objetivo era saltar 6m70cm, não fizemos, mas ficou bem próximo”, conta Nilson, treinador de Victor Raphael.

Recém-chegado das disputas nos Jogos Escolares da Juventude, que aconteceu em Blumenau, Santa Catarina e lhe rendeu medalha de ouro, Victor conseguiu voltar ao lugar mais alto do pódio e de quebra ainda melhorou sua marca. Nos Jogos Escolares saltou 6m45cm e no Sula chegou aos 6m66cm, foram 21cm à mais.


Victor Raphael garante dois ouros no Sul-Americano de atletismo - Foto: Divulgação

O ano de Victor Raphael foi marcado por resultados expressivos e muitos pódios. Dentro do estado o garoto não encontra concorrência em sua categoria e foi campeão Piauiense sem dificuldades. Depois ele conquistou ouro em regionais e o bronze no Campeonato Brasileiro Sub16, ouro nos Jogos Sul-Americanos e garantiu a vaga no Sul-Americano.

Para disputar o Sula o trabalho foi intensificado, pois os Jogos Escolares aconteceram e na semana seguinte a competição internacional. “Fizemos alguns poucos ajustes, pois foi apenas uma semana entre um torneio e outro e somente dois dias entre uma viagem e outra, mas deu tudo certo”, disse o treinador Antônio Nilson.

Arrascaeta brilha, e Flamengo goleia Avaí na despedida do Maracanã

Arrascaeta brilha, e Flamengo goleia Avaí na despedida do Maracanã

Jogo ficou no 6 a 1 para a equipe rubro-negra. A goleada ainda foi desenhada por um time misto.

Flamengo fez o que dele se esperava nesta quinta-feira (5). Na despedida do Maracanã no ano, o time superou o temporal na capital fluminense com uma chuva de gols ao bater o Avaí por 6 a 1. Arrascaeta foi o grande nome do jogo.


Leia também: Flamengo conquista o heptacampeonato brasileiro 


Além de abrir o placar, o meia uruguaio participou diretamente de outros dois gols do time rubro-negro, com passes para Gabigol e Lincoln -Reinier, com dois tentos, e Diego completaram o placar. Lourenço descontou para os visitantes quando o Flamengo só vencia por um gol.


Foto: Alexandre Vidal/CRF

A goleada ainda foi desenhada por um time misto do Flamengo, já que o técnico Jorge Jesus decidiu poupar seis titulares -Diego Alves, Rodrigo Caio, Filipe Luís, Willian Arão, Gerson e Bruno Henrique.

Com a vitória, o clube rubro-negro chegou aos 90 pontos e amplia ainda mais o recorde de melhor pontuação em um Brasileiro. O compromisso na rodada final será contra o Santos, na Vila Belmiro, no próximo domingo (8).

Dudu elogia técnico interino e projeta Palmeiras forte em 2020

Dudu elogia técnico interino e projeta Palmeiras forte em 2020

"Tenho que dar os parabéns para ele (Veron), mas também para o Andrey. Ele nos ajudou muito. Deu 15 minutos de treinamento e nos passou tudo", disse o jogador.

Palmeiras venceu o Goiás por 5 a 1 na noite desta quinta-feira (5) e deixou o torcedor esperançoso para 2020 após a excelente atuação de Gabriel Veron, que fez dois gols e deu uma assistência.

Em entrevista após o triunfo, Dudu, que também marcou duas vezes, elogiou bastante a atuação de Andrey Lopes, o interino que comandou a equipe no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Durante a semana, ele não pôde trabalhar com todo o elenco por diferentes motivos e, na quarta-feira (4), teve o único treino que foi feito especificamente pensando no Goiás. Por conta do desgaste de final de temporada, a atividade precisou ser reduzida.

"Tenho que dar os parabéns para ele (Veron), mas também para o Andrey. Ele nos ajudou muito. Deu 15 minutos de treinamento e nos passou tudo. Conseguimos fazer o que ele queria. Ficamos felizes pelo jogo de hoje e pelo resultado", disse Dudu.


Dudu - Foto: Reprodução/Instagram

"Também quero dar os parabéns para o Edu Dracena, que nos ajudou muito no futebol", completou o jogador, em lembrança ao zagueiro palmeirense que irá encerrar a carreira ao final desta temporada.

Em uma coletiva de imprensa bastante breve, Andrey disse que montou a ideia de jogo com base no estilo do Goiás e, assim, não usou um camisa 9.

"Sou funcionário do clube há dois anos, estou com esse plantel nesse período. Conheço bem. Foi tranquilo e dei sequência ao trabalho. A proposta de jogo que tive foi em cima do Goiás e deu certo. Em um período inicial, o Goiás dominou a partida. Mas, depois, quando encaixou, a gente teve uma situação melhor", disse.

Dudu ainda lamentou o ano sem títulos e voltou a falar que os jogadores precisam ser responsabilizados. Ele defendeu todos os treinadores demitidos ao longo da temporada, além de Alexandre Mattos, ex-diretor de futebol do clube, e até o presidente alviverde, Maurício Galiotte.

"O ano não foi como a gente queria, foi sem título, e sabemos como é difícil. Esse ano não tivemos esse êxito. Esperamos que, no ano que vem, a gente monte um time forte, que possam chegar jogadores que nos ajudem a conquistar os objetivos", afirmou.

"A gente sabe que no Brasil, infelizmente, é assim. Quando as coisas não vão bem, caem na conta do treinador. Também temos que assumir as responsabilidades, não é culpa do treinador, do Mattos, muito menos do presidente. Eles fizeram de tudo para ajudar o Palmeiras, mas a gente não conquistou. Muita culpa é mais dos jogadores, então a gente tem que ver o que erramos", finalizou.

05 de dezembro de 2019

Auxiliar do sub-20 do Grêmio denuncia racismo durante jogo

Auxiliar do sub-20 do Grêmio denuncia racismo durante jogo

O episódio foi relatado à arbitragem, a Brigada Militar foi acionada e João Antônio foi à delegacia registrar Boletim de Ocorrência.

João Antônio, auxiliar técnico do Grêmio sub-20, denunciou ato racista de um integrante da delegação do Nacional-URU. O episódio ocorreu depois do apito final do jogo entre os clubes, pela primeira fase da Copa RS sub-20, em Porto Alegre. A partida terminou 2 a 2 e com bate-boca entre jogadores.
O episódio foi relatado à arbitragem, a Brigada Militar foi acionada e João Antônio foi à delegacia registrar Boletim de Ocorrência.
Mesmo que a ofensa tenha sido proferida em meio à confusão, o Grêmio afirma que conseguiu identificar o autor do ato.
O Grêmio perdia o jogo de virada, mas empatou no último lance. Pedro Lucas, de falta, arrancou o placar de 2 a 2.
Os jogadores do Nacional ficaram irresignados e ainda em campo, trocaram provocações com os brasileiros. Houve empurra-empurra, corre-corre e a chegada de funcionários gremistas em busca de apaziguar ânimos. Nesta hora, ao chegar perto do bolo de jovens, João Antônio foi ofendido por um membro da delegação do Nacional.
O auxiliar técnico se indignou e precisou ser contido. Depois da ação de outros integrantes da comitiva gremista, o ex-jogador deixou o gramado. No vestiário, mais calmo, voltou a mostrar irritação com o caso.
Aos 53 anos, João Antônio trabalha no Grêmio como auxiliar da base. No clube gaúcho desde 2010, ele segue no futebol após atuar por clubes como Paraná, Athletico, Bahia, Internacional, Figueirense, Joinville e América-SP - onde encerrou a carreira de jogador em 2000.

04 de dezembro de 2019

Cruzeiro pedirá à CBF por torcida única em jogo contra o Palmeiras

Cruzeiro pedirá à CBF por torcida única em jogo contra o Palmeiras

O clube admite ainda que está "copiando o Palmeiras, que fez o mesmo com o Flamengo" na rodada passada

O Cruzeiro enviará, na tarde desta quarta-feira (4), um documento à Federação Mineira de Futebol e à CBF pedindo que o jogo contra o Palmeiras, no domingo (8), pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019, seja disputado com torcida única. O duelo ocorrerá no Mineirão.

Torcida do Cruzeiro. Foto: Cruzeiro Reprodução

O clube admite ainda que está "copiando o Palmeiras, que fez o mesmo com o Flamengo" na rodada passada. No último fim de semana, a CBF autorizou que os paulistas recebessem o atual campeão brasileiro sem a presença da torcida visitante no Allianz Parque. Na ocasião, foi apresentado um estudo conjunto do Ministério Público e da Polícia Militar de São Paulo. A preocupação era com a segurança do público.

A assessoria de imprensa do Cruzeiro confirma que a solicitação será encaminhada às entidades no período da tarde. A alegação da diretoria é que pretende evitar possíveis conflitos entre torcedores para que não haja novas punições no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Os mineiros procuraram o Ministério Público de Minas Gerais para referendar o pedido.

A informação foi inicialmente divulgada pelo jornal Hoje Em Dia e confirmada pelo UOL Esporte com a diretoria do clube mineiro por meio de seu departamento de comunicação.

A Raposa foi punida pelo STJD por causa de uma confusão generalizada no clássico contra o Atlético-MG. Na ocasião, o time perdeu um mando de campo e ainda foi multado por excesso de brigas.

Na luta contra o rebaixamento, o Cruzeiro enfrentará o Grêmio nesta quinta-feira (5), às 19h15 (de Brasília), em Porto Alegre. O último jogo será no domingo (8), às 16h (de Brasília).

Conselheiros do São Paulo pedem impeachment do presidente Leco

Conselheiros do São Paulo pedem impeachment do presidente Leco

O documento foi entregue na sala do mandatário na noite desta terça-feira - a secretaria do Conselho Deliberativo estava fechada para que a ação fosse protocolada.

Um grupo de 50 conselheiros do São Paulo entrou com pedido de impeachment contra o presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. O documento foi entregue na sala do mandatário na noite desta terça-feira - a secretaria do Conselho Deliberativo estava fechada para que a ação fosse protocolada.

O principal ponto apontado pelos membros do Conselho Deliberativo do São Paulo é "gestão temerária", que envolve contratos de empréstimo assinados sem o aval do Conselho do São Paulo e o estouro do orçamento da equipe.

Assim que o documento for protocolado oficialmente na secretaria do Conselho Deliberativo, o presidente do órgão, Marcelo Abranches Pupo Barboza, fará a primeira avaliação para seguir ou arquivar o pedido. O estatuto do São Paulo prevê que, para ser destituído, um presidente precisa ter votos de 2/3 dos membros do Conselho Deliberativo.

Leco foi reeleito presidente do São Paulo em 2017 com 124 votos. José Eduardo Mesquita Pimenta teve 101. O cartola administra o clube desde 2015, quando derrotou Newton do Chapéu em eleição para completar o mandato de Carlos Miguel Aidar, que havia renunciado após denúncias de corrupção. O mandato de Leco vai até o fim de 2020.

Em 2017, um grupo de torcedores e sócios-torcedores do São Paulo levou para uma reunião do Conselho Deliberativo do clube um abaixo-assinados pedindo o impeachment de Leco. O documento tinha mais de 10 mil assinaturas, de acordo com os organizadores, e contestava ao menos 47 decisões da diretoria. A mobilização não teve sucesso.

OUTRO LADO - A diretoria do São Paulo divulgou, na manhã desta quarta-feira, uma nota oficial rebatendo o movimento. A atual gestão alega que o pedido "carece de fundamento" e é uma "peça discutível e equivocada". Leia a nota abaixo:

"Carece de fundamento o pedido de destituição protocolado ontem contra o Presidente do São Paulo Futebol Clube e sua Diretoria, conforme noticiado pela imprensa. O requerimento é uma peça discutível e equivocada, obra de uma parcela de conselheiros movida pelo intuito de criar factoides e tumultuar o ambiente do clube. A manobra ocorre, não por acaso, na véspera de decisiva partida contra o Internacional pelo Brasileirão - o que deveria ser momento de união entre as forças são-paulinas -, servindo para esses senhores de janela de oportunidade contra a gestão", afirma, também buscando desqualificar os argumentos do pedido de impeachment.

"O documento, divulgado por alguns órgãos de comunicação, baseia-se num suposto descumprimento na execução do orçamento de 2019, ainda com o ano em curso, o que, de saída, desqualifica de forma clara a argumentação. O simples fato de o ano ainda não ter terminado torna o documento insustentável perante a gravidade daquilo que está sendo requerido. É, pois, expediente oportunista de seus signatários", acrescenta.

River programa amistosos antes de iniciar disputa da Copa São Paulo

River programa amistosos antes de iniciar disputa da Copa São Paulo

O time faz sua estreia no dia 3 de janeiro quando encara o Atlético Mineiro, na cidade de Taubaté.

Após a disputa da Copa Nordeste Sub20 os treinos do Galinho não pararam. A equipe foca na disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A sede do River é a cidade de Taubaté (SP) e além dos donos da casa enfrentam ao Capital (TO) e o Atlético Mineiro. A estreia é diante do atlético no dia 3 de janeiro contra o time mineiro.

“A Copa Nordeste serviu para analisarmos muita coisa e agora estamos trabalhando em sequência de cinco semanas de atividades e agora o foco é na parte de preparo físico e potência desse grupo, algo que nós notamos que faltou na disputa da Copinha”, disse José Roberto técnico River Sub20.

Dentro da programação o time irá realizar três amistosos antes da viagem para São Paulo. Um deles contra um selecionado de União e depois alguma equipe que irá disputar a própria Copinha. O último teste é para ser contra um time profissional e somente no dia primeiro de dezembro a equipe embarca.


O setor ofensivo é a principal característica do time sub20 do Galo e tem entre as referências o atacante Felipe Garcês - Foto: Jailson Soares/O Dia

O setor ofensivo é a principal característica do time sub20 do Galo e tem entre as referências o atacante Felipe Garcês e o garoto Pulga, que pela primeira vez irá disputar uma Copa São Paulo. “A ansiedade é grande, até porque é minha primeira copa e pelo fato do Piauí nunca ter avançado na competição a gente se sente mais responsável”, conta Pulga.

Felipe Garcês fala que a eliminação precoce na Copa Nordeste trouxe lições e acredita em um Galo mais entrosado. “Faltou a gente marcar, né? Mas acredito que agora isso não será mais um problema, pois nós três estamos entrosados”, afirmou.

A Edição 2020 será a número 51 da Copinha. O River faz sua estreia no dia 3 de janeiro quando encara o Atlético Mineiro, na cidade de Taubaté, em São Paulo.

São Paulo e Inter fazem decisão por ida direta à Libertadores

São Paulo e Inter fazem decisão por ida direta à Libertadores

Três pontos separam os times na tabela, com os tricolores à frente, com 57, na sexta colocação, uma acima dos colorados.

São Paulo e Internacional fazem nesta quarta-feira (4), a partir das 21h30, no Morumbi, confronto decisivo pela última vaga para a fase de grupos da Copa Libertadores do ano que vem.

Três pontos separam os times na tabela -com os tricolores à frente, com 57, na sexta colocação, uma acima dos colorados-, diferença que pode definir os planos de ambos os clubes para a próxima temporada. O Corinthians, em oitavo, com 53 pontos, ainda corre por fora na briga.


Leia também: Treino do São Paulo tem Luan e Liziero em disputa por vaga 


Entre os são-paulinos, que terminam o sétimo ano seguido sem conquistar qualquer título, a pressão é enorme. Caso a equipe se classifique apenas para a fase preliminar, há o risco do técnico Fernando Diniz e do diretor executivo de futebol do clube, Raí, serem demitidos.

"A pressão em um time como o São Paulo existe -aqui e em outros grandes, pelo tamanho e pelo tempo sem títulos. Mas o time absorve bem. Não tenho queixa dos jogadores. É um clube e uma torcida apaixonados por Libertadores. Então tem pressão para classificar direto. Temos uma decisão contra o Inter", disse Diniz.


Foto: Reprodução/Instagram

Para não depender do resultado dos outros dois concorrentes a duas rodadas do fim, o São Paulo só precisa derrotar o Inter.

Se empatar em casa, o time tricolor ainda poderá ter que derrotar o CSA no próximo domingo (8), em Maceió. Na última rodada, o Inter receberá o Atlético-MG, no Beira-Rio; já o Corinthians, que nesta 37ª rodada visitará o Ceará, vai fechar a temporada diante do Fluminense, em Itaquera.

Diniz estará suspenso da partida por acúmulo de três cartões amarelos e será substituído no banco de reservas pelo auxiliar Márcio Araújo, ex-jogador criado no clube, com destaque nos títulos do Paulista de 1985 e o Brasileirão de 1986.

Em compensação, o São Paulo terá força máxima entre os jogadores para a partida. O Inter também terá seus principais atletas à disposição -o meia D'Alessandro, que cumpriu suspensão na rodada anterior, ainda reforça a equipe.

Santos tenta garantir vice em visita ao Athletico-PR

Santos tenta garantir vice em visita ao Athletico-PR

O prêmio para o segundo colocado do Brasileiro é de R$ 31,3 milhões, ou seja, R$ 1,6 milhões a mais que a soma destinada ao terceiro da tabela (R$ 29,7 milhões).

Se o título do Campeonato Brasileiro já está decidido, a briga pela segunda posição ainda segue em aberto -com uma premiação extra em dinheiro ao vice-campeão, o que nunca é demais, em jogo.

Por isso, o Santos vai buscar a vitória sobre o Athletico-PR nesta quarta-feira (4), em duelo a partir das 19h, em Curitiba (PR), pela penúltima rodada da competição, e confirmar a condição de segundo melhor time do país.


Leia também: Com desfalques, Santos recebe a Chapecoense na Vila Belmiro 


Um triunfo sobre os paranaenses deixará o clube alvinegro com 74 pontos, o máximo que seu concorrente, o Palmeiras, hoje com 68, pode alcançar ao final da competição. Neste cenário, no entanto, o time da Vila Belmiro levaria a melhor no número de vitórias -a vantagem atual é de 21 a 19 para os santistas.

O prêmio para o segundo colocado do Brasileiro é de R$ 31,3 milhões, ou seja, R$ 1,6 milhões a mais que a soma destinada ao terceiro da tabela (R$ 29,7 milhões). O valor, evidentemente, só é inferior aos R$ 33 milhões recebidos pelo campeão Flamengo.

Com o caixa vazio, inclusive com atletas reclamando publicamente dos direitos de imagem atrasados, o Santos não pode se dar ao luxo de perder receitas.


Foto: Reprodução/Instagram

Mas o confronto não será fácil. Além de jogar em casa, o Athletico chega em alta, já que não sabe o que é perder desde 13 de outubro, quando caiu diante do Flamengo. Atual campeão da Copa do Brasil e quinto no Nacional, o time paranaense acumula, desde então, sete vitórias e quatro empates.

Para deixar a Arena da Baixada com os três pontos, Jorge Sampaoli contará com o time completo. Soteldo, Pará, Jean Mota e Luan Peres retornam de suspensão -os dois primeiros devem começar entre os 11.

Já o Athletico estará sem Bruno Guimarães e Léo Cittadini, ambos vetados pelo departamento médico.

03 de dezembro de 2019

4 de Julho anuncia a contratação do técnico Emanoel Sacramento

4 de Julho anuncia a contratação do técnico Emanoel Sacramento

Junto com o novo treinador, a expectativa da diretoria colorada é apresentar parte do elenco para estadual na próxima terça-feira (10).

Manoel Sacramento é o novo técnico do 4 de julho. O clube oficializou a contratação do treinador na tarde desta terça-feira (03). O carioca, de 51 anos, assinou contrato para comandar a equipe durante o Campeonato Piauiense 2020.

Manoel Sacramento. Foto: Reprodução O Gol. 

A apresentação de Sacramento à imprensa será na próxima terça-feira (10), às 16h, ainda sem local devido às reformas na Arena Ytacoatiara, em Piripiri. Junto com o novo treinador, a expectativa da diretoria colorada é apresentar parte do elenco para estadual.  

“Chegamos a um consenso depois que o nosso diretor de futebol Edilson Moreira nos apresentou a possibilidade de acerto com Manoel. Depois analisamos o currículo dele e decidimos trazê-lo. Manoel vai chegar a Teresina na próxima terça-feira e já começa os trabalhos com parte do elenco Gilmar Bahia, Recife e Leandro Amorim. A gente está estudando a possibilidade de ele trazer 4 jogadores da sua confiança que estão no Rio de Janeiro”, disse Gilberto Sales, presidente do 4 de julho.

Essa é a primeira vez que Manoel Sacramento dirigirá um clube piauiense. A contratação faz parte da reformulação do time para temporada em 2020. O Colorado Piauiense inicia a pré-temporada no dia 16 de dezembro.

No início deste ano, Manuel comandou o Potiguar e participou ativamente das comissões técnicas do Bonsucesso e Tigres do Brasil. O treinador também tem passagens pelo Sampaio Correia-RJ, Bangu, Duque de Caxias, Boa Vista, Mesquita e Gonçalense.

O primeiro desafio do Colorado Piauiense no Campeonato Piauiense será diante do Piauí, às 16h, no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina. 

CT Sarah Menezes: com atraso de salário, professores protestam

CT Sarah Menezes: com atraso de salário, professores protestam

Os mais de dez professores e monitores estão sem receber salários desde março de 2018.

Os pais de alunos e professores do CT Sarah Menezes, localizado no Bairro Saci, zona Sul de Teresina, se reuniram para protestar. Ao som de “Não fechem o CT” e “Paguem os professores” foi a tarde dessa segunda-feira (2) no local conhecido como legado da judoca piauiense e campeã olímpica Sarah Menezes. Os mais de 10 professores e monitores que hoje mantêm o trabalho com quatro modalidades: judô, taekwondo, luta Olímpica e karatê estão sem receber salários desde março de 2018.

“Nós estamos mantendo as atividades todo esse período por amor ao esporte e as mais de 300 crianças que atendemos diariamente aqui. Hoje nos temos aulas pela manhã, tarde e noite de segunda a sábado, nos dedicamos, somos profissionais qualificados e precisamos receber, pois tudo é custo. Aqui nos temos atletas de alto rendimento, mas também temos crianças autistas, com TDH e vários outros tipos de problemas que usam o esporte como tratamento”, conta a professora Jéssika Santos.

Entre os pais, avós e outras pessoas que diariamente acompanham as crianças estava o Senhor Francisco, avô do garoto José Victor, de 9 anos, e que treina no centro desde 2016, quando foi aberto. Ele conta que a paralisação das atividades será um baque na rotina do garoto. “Meu neto conquistou muitas medalhas desde quando começou a treinar aqui, ele é um garoto muito hiperativo e o judô vem ajudando bastante para que ele melhore o comportamento, mas nos entendemos que os professores não podem trabalhar e não receber”, conta Francisco Sousa.


O CT foi inaugurado em 2016 e tem como principal objetivo atividades esportivas - Foto: Jailson Soares/O Dia

O CT foi inaugurado em 2016 e tem como principal objetivo resocializar e tirar as crianças da ociosidade através do esporte, mas aos pouco colhe frutos e atualmente tem duas atletas brigando por vaga na Seleção Brasileira de Base; Michelly da Silva e Kayla Macedo.

“Para a gente é muito triste ver essa situação, pois eu comecei aqui dentro, despontei e tenho a oportunidade de representar o judô do Piauí graças a esse espaço”, conta Kayla Macedo, que irá disputar o Meeting de base para integrar a seleção sub18. “É uma tristeza enorme, pois além de tudo isso aqui é um legado da Sarah (Menezes) e ver isso ficar abandonado ou sem atividades é doloroso. Fora que muitos estados do Brasil não tem uma estrutura nesse nível para treinos, nos temos e estamos correndo o risco de perder”, acrescentou Michelly.

A Seduc se posicionou através de nota e afirmou que uma das parcelas deve ser paga ainda neste mês de dezembro. “A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que o atraso na liberação de parcelas previstas no cronograma do Termo de Fomento firmado no ano de 2018 com a Associação de Judô Expedito Falcão (AJEF), para manutenção do Centro de Treinamento Sarah Menezes, se deu por pendências na prestação de contas por parte da Associação para com a Seduc, problema sanado somente no mês de novembro do corrente ano.  A Seduc esclarece que a prestação de contas está sendo analisada e, ao final do processo, o referido pagamento será efetuado. A previsão é que as primeiras parcelas sejam pagas ainda no mês de dezembro”, declarou o órgão. 

Messi ganha Bola de Ouro pela sexta vez e se torna vencedor isolado

Messi ganha Bola de Ouro pela sexta vez e se torna vencedor isolado

No ano passado, o craque do Barcelona havia perdido o prêmio para Luka Modric, finalista da Copa do Mundo.

Lionel Messi, 32, venceu nesta segunda (2) sua sexta Bola de Ouro, prêmio dado pela revista francesa France Football ao jogador eleito como o melhor da temporada. O brasileiro Alisson ficou com Troféu Yashin, o de melhor goleiro.

Em 2018, o croata finalista da Copa do Mundo, Luka Modric, havia ficado com o posto, quebrando um domínio de uma década de prêmios alternados entre Messi e Cristiano Ronado.

O camisa 10 do Barcelona superou o zagueiro do Liverpool, van Dijk (que ficou em segundo) e Cristiano (que terminou em terceiro). O argentino também ganhou, nesta temporada, o prêmio de melhor do mundo da Fifa.


Foto: Reprodução/Instagram

Já Alisson recebeu seu terceiro prêmio individual após a conquista da Champions League com o Liverpool. Ele também ficou com o posto de melhor da posição pela Fifa e também pela Uefa, que premia apenas jogadores que atuam na Europa.

O goleiro brasileiro foi sétimo colocado do ranking geral de jogadores e, entre os arqueiros, superou o alemão Ter Stegen (do Barcelona, em segundo lugar) e o compatriota Ederson (do Manchester City, em terceiro).

Entre as mulheres, Marta concorreu à Bola de Ouro, que acabou nas mãos de Megan Rapinoe, dos Estados Unidos. Ela é uma das estrelas da seleção que venceu a Copa do Mundo de 2019, na França. Militante ativa, a atacante também é conhecida por sua luta pela igualdade de gênero no esporte.

O Trofeu Kopa, dado à revelação da temporada, ficou com o holandês Matthijs de Ligt. O defensor de 19 anos foi capitão da jovem equipe do Ajax que chegou às semifinais da Champions League e por pouco não se classificou para a final.

Alisson é 7º lugar na Bola de Ouro e vence prêmio de melhor goleiro

Alisson é 7º lugar na Bola de Ouro e vence prêmio de melhor goleiro

Entre os demais brasileiros indicados, Roberto Firmino, também do Liverpool, foi o 17º colocado.

Alisson é o melhor brasileiro na lista masculina de 2019 da Bola de Ouro, prêmio anual da revista France Football aos melhores jogadores de futebol do mundo. O brasileiro ainda foi eleito o melhor goleiro do mundo, vencendo o Troféu Yashin.

Na relação deste ano, divulgada nesta segunda-feira (2), o goleiro do Liverpool e da seleção brasileira ficou com a sétima colocação, superando nomes como Eden Hazard (13º), Antoine Griezmann (18º), Pierre-Emerick Aubameyang (20º) e Karim Benzema (26º), entre outros.

Entre os demais brasileiros indicados, Roberto Firmino, também do Liverpool, foi o 17º colocado. Já Marquinhos, zagueiro do Paris Saint-Germain, ficou em 28º, empatado com Donny van de Beek (Ajax) e João Félix (que trocou o Benfica pelo Atlético de Madri).

Melhor colocado do Brasil na lista de 2018, quando foi o 12º colocado, Neymar (Paris Saint-Germain) ficou fora das 30 primeiras posições neste ano. O mesmo aconteceu com Marcelo (Real Madrid), que foi 22º colocado no ano passado.


Foto: Reprodução/Instagram

A colocação de Alisson é a melhor de um brasileiro desde 2017, quando o próprio Neymar foi o terceiro colocado.

O holandês Matthis de Ligt foi o vencedor do Troféu Kopa, dado ao melhor jogador de até 21 anos do ano. De Ligt defende atualmente a Juventus, depois de deixar o Ajax no fim da última temporada.

O holandês é o segundo jogador da história a receber o prêmio, que homenageia o ex-jogador francês Raymond Kopa. Em 2018, Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain, foi o laureado.

O segundo lugar da categoria neste ano ficou com o inglês Jadon Sancho, do Borussia Dortmund. João Félix foi o terceiro.

O único brasileiro na lista de dez concorrentes ao prêmio era Vinícius Júnior, do Real Madrid.

Preferido do Palmeiras, Sampaoli deseja permanecer no Brasil

Preferido do Palmeiras, Sampaoli deseja permanecer no Brasil

O argentino é o principal nome cotado para substituir Mano Menezes, demitido no último domingo (01).

Palmeiras quer tirar o técnico do Santos, Jorge Sampaoli, 59. O argentino é o preferido do presidente alviverde, Maurício Galiotte, para assumir a vaga de Mano Menezes, 57, demitido no domingo 1º.

Com a demissão do diretor de futebol Alexandre Mattos também após a derrota para o Flamengo, Galiotte é quem está à frente das negociações para contratar um novo treinador. O time alviverde terá concorrência para fechar com o argentino.

O argentino tem duas propostas oficiais até o momento. A primeira é para seguir à frente do time alvinegro; a segunda, para retornar ao seu país e assumir o Racing.

A reportagem apurou que o desejo do técnico é permanecer no futebol brasileiro, mas não necessariamente no Santos. Ele está atento às possibilidades do mercado, sobretudo em equipes que possam oferecer um elenco mais competitivo, como é o caso do Palmeiras.


Jorge Sampaoli - Foto: Ivan Storti/Santos FC

No time da Vila, ele chegou a reclamar publicamente sobre a dificuldade para reforçar sua equipe. Em janeiro deste ano, disse que nem foi informado de que o clube passava por uma crise financeira. "Estamos esperando que as promessas sejam cumpridas."

As promessas eram jogadores, mas os pedidos dele não foram atendidos. "Nem conheço a diretoria. Conheço o presidente, que decide. Indiquei seis ou sete nomes [de volantes] para virem pelo menos dois. Foi um trabalho sem sentido o meu de tratar de indicar o que a equipe necessitava. O presidente, ou a diretoria, não sei quem, não se interessou muito", reclamou, em agosto.

No Palmeiras, ele não deverá sofrer com isso. Em 2018, por exemplo, o clube foi o time da Série A que mais gastou com o departamento de futebol, R$ 537,6 milhões. Nos cinco primeiros meses de 2019, o time já acumulava R$ 230,5 milhões em despesas com o futebol.

Além disso, Sampaoli busca maior estabilidade financeira. Na equipe santista, ele conviveu com salários atrasados ao longo desta temporada. Em março, chegou a devolver à diretoria o pagamento que havia recebido até que os vencimentos de todo o elenco fossem colocados em dia.

Até o momento, seis atletas ainda tem valores a receber referentes a direito de imagem de novembro. O restante do time recebe tudo em carteira. Nesta segunda-feira (2), o clube pagou com atraso a primeira parcela do 13º, que deveria ter sido efetuada no último dia 29.


Jorge Sampaoli - Foto: Ivan Storti/Santos FC

Para atenuar essa situação, o Santos pretende oferecer um reajuste salarial ao comandante. Atualmente, ele ganha US$ 2,3 milhões líquidos anuais (R$ 9,6 milhões). O contrato dele vai até dezembro de 2020 e há uma multa de US$ 2,5 milhões (R$ 10,5 milhões) em caso de rescisão.

Segundo o assessor do argentino, ele não possui agente desde que rompeu com o advogado Fernando Baredes, insatisfeito com a forma como ele negociava cláusulas de seus contratos, como multas e premiações. Hoje, é o próprio Sampaoli quem negocia seus acordos.

Isso deve impedir o Palmeiras de chegar a um acordo com o argentino ainda nesta semana. O técnico só quer ouvir novas propostas após o fim do Campeonato Brasileiro. A última rodada será no domingo (7).

Nesse tempo, o presidente alviverde vai analisar outras opções. Com a saída de Mattos, aliás, o cartola passou a dar ouvidos aos demais diretores do clube e montou uma espécie de comitê para definir os nomes do novo técnico e do diretor de futebol.

Para o cargo de Mattos, Paulo Autuori, que recentemente deixou o Santos, e Paulo Pelaipe, do Flamengo, são as opções que o mandatário está analisando.

02 de dezembro de 2019

SEP renova com Hugo Freitas e fecha com ex-Ipojuca e Santa Cruz-RN

SEP renova com Hugo Freitas e fecha com ex-Ipojuca e Santa Cruz-RN

Time da Cidade do Mel segue se reforçando para disputa do Campeonato Piauiense 2020. O atacante Hugo Freitas foi destaque na campanha do título da Segundona.

A Sociedade Esportiva de Picos (SEP) segue se movimentando para Campeonato Piauiense 2020. Na tarde desta segunda-feira (02), o Zagão anunciou a contratação do zagueiro Lucão, ex-Ipojuca, do volante Josias, ex-Santa Cruz de Natal, e a renovação de contrato do atacante Hugo Freitas, uma das peças da campanha do título da Série B do Piauiense.

Os novatos do elenco foram indicações do técnico Adelmo Soares, que teve recentemente o contrato renovado pela diretoria do Picos . O Zagão volta à elite do futebol estadual depois de ter sido rebaixo para Série em 2017.  

Já Hugo Freitas foi destaque no setor ofensivo da SEP durante a campanha do título da segunda divisão do Campeonato Piauiense e teve o contrato renovado.  

Breve histórico das novas caras

O zagueiro Lucas Francisco da Silva Lima, de 22 anos, mais conhecido como Lucão, jogou em 2018 pelo Santa Cruz (RN), Rio-Verde (GO), Petrolina (PE), e disputou recentemente o campeonato Pernambucano com Ipojuca.

Já o volante Josias Miranda Costa Neto, de 28 anos, é natural Atalaia e começou carreira nas categorias de base do Sport. O volante tem passagens pelo Serra Talhada, Porto (PE), América (PE) além de também já ter vestido a camisa do Santa Cruz (RN).

A estreia do Picos no Campeonato Piauiense acontece no dia 17 de janeiro diante do River-PI.

Com Mattos, gasto com futebol do Palmeiras mais que dobrou

Com Mattos, gasto com futebol do Palmeiras mais que dobrou

Com ele como diretor de futebol, o clube viveu um período de bonança, financiada pela patrocinadora Crefisa, instabilidade com técnicos e conquistas de títulos nacionais

Próximo de completar cinco anos à frente do futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, foi demitido neste domingo (1º). Com ele como diretor de futebol, o clube viveu um período de bonança, financiada pela patrocinadora Crefisa, instabilidade com técnicos e conquistas de títulos nacionais -uma Copa do Brasil (2015) e dois Brasileiros (2016 e 2018). 
Com Mattos, o gasto do departamento de futebol do Palmeiras subiu de R$ 243,7 milhões em 2014 para R$ 537,6 mi em 2018, segundo valores do balanço anual alviverde, atualizados.
Nos anos que antecederam sua chegada, também houve crescimento, mas em menor proporção: 26,6% entre 2012 (primeiro ano disponível para consulta no site do Palmeiras) 2014, também em quantias corrigidas pela inflação.
O valor inclui direitos econômicos e de imagem, o pagamento de salários e até despesas administrativas do setor. Nos cinco primeiros meses de 2019, o time já acumulava R$ 230,5 milhões em despesas com o futebol.
Em 2018, o Palmeiras foi o clube que mais gastou com o departamento, quase R$ 150 milhões a mais que Corinthians e Flamengo, equipes que vem logo em seguida.
No período sob Mattos, o Palmeiras investiu em contratações. Foram 76 atletas que chegaram. Em 2015, no primeiro ano do dirigente, o clube registrou pouco mais de R$ 60 milhões em aquisições de novos atletas. No último, R$ 175 mi.
Apesar de o valor ter quase triplicado neste período (considerando números atualizados), é importante ressaltar que as cifras anuais podem conter parcelas de pagamentos de contratações antigas. Ao mesmo tempo, se algum jogador trazido por Mattos ainda tiver parte de sua transação a ser quitadas nos próximos anos, o valor ainda não consta nestes números.
No período, o Palmeiras também lucrou com a venda de atletas. Na última temporada, por exemplo, o clube divulgou uma receita de quase R$ 170 milhões com as negociações de Yerri Mina, Danilo, João Pedro, Fernando, Marcos França, Daniel Fuzato e Roger Guedes.
Com a principal função de contratar jogadores e montar um time campeão, acumulou nomes de peso que não converteram dinheiro em resultado dentro de campo.
Um dos principais gastos da última leva de reforços foi o meia Carlos Eduardo, 22. Ele custou cerca de US$ 6 milhões (R$ 25,2 mi) ao Palmeiras e fez apenas um gol nos 19 jogos que disputou na temporada.
Borja, que chegou, em 2017, como grande artilheiro do Atlético Nacional (COL) campeão da Libertadores, custou US$ 10,5 milhões (R$ 33 milhões à época), valor pago com ajuda da patrocinadora Crefisa, que aceitou auxiliar também em parte do salário de R$ 320 mil e com as luvas de R$ 1 milhão.
O atacante fez, em três temporadas com a camisa alviverde, 36 gols em 112 jogos (uma média de 37 partidas e 12 bolas na rede por ano).
Durante a gestão de Mattos, o Palmeiras teve oito técnicos -nunca começou e terminou um ano com o mesmo nome à beira do gramado.
Começou com Oswaldo de Oliveira e depois vieram Marcelo Oliveira, Eduardo Baptista, Cuca (duas vezes), Alberto Valentim, Roger Machado, Luiz Felipe Scoari e Mano Menezes.
Felipão e Cuca (em sua primeira passagem) foram campeões brasileiros e Marcelo Oliveira, da Copa do Brasil. Quem ficou mais tempo no cargo também foi Scolari, que chegou em julho de 2018 e foi embora em setembro deste ano.
Poderoso desde 2015 no clube, o dirigente recebia salário de R$ 180 mil em 2017 e 2018, cifra que aumentou após ele ter renovado seu vínculo com o clube, no fim do ano passado, até 2021. Também tinha o aluguel de seu apartamento na capital paulista pago pelo clube.
Além disso, recebia premiações pelo desempenho da equipe. Faturou R$ 22.433,37 com o primeiro lugar na fase de grupos da Libertadores em 2018. Também ganhou mais R$ 16.825,03 após o time eliminar o América-MG na Copa do Brasil.
Os valores foram divulgados pelo conselho fiscal do clube, órgão que fazia oposição à presença do diretor.

30 de novembro de 2019

Após ouro nos Jogos Escolares, Victor Raphael busca título Sul-Americano

Após ouro nos Jogos Escolares, Victor Raphael busca título Sul-Americano

Aos 14 anos, Victor acumula na temporada um ouro nos Jogos Escolares e o bronze no Brasileiro Sub16

O Piauiense Victor Raphael embarcou para mais uma competição, agora internacional. Após o ouro conquistado na disputa dos Jogos Escolares da Juventude, em Blumenau, Santa Catarina, o atleta retornou para Teresina, mas fez apenas dois Após ouro nos Jogos Escolares, Victor Raphael busca título Sul-Americano treinos, pois no sábado (30) integra a Seleção Brasileira que irá disputar o Sul-Americano Escolar, em Assunção, no Paraguai.

Essa será a primeira competição internacional na carreira do atleta. Aos 14 anos, Victor acumula na temporada 2019 um ouro nos Jogos Escolares e o bronze no Brasileiro Sub16, resultados expressivos no salto em distância, apesar de treinar a prova há apenas cinco meses. “Os Jogos Escolares para mim foi uma quebra de tabu, pois foram quase três anos para conseguir estar no pódio. Competi nos últimos dois anos nas provas de velocidade e cheguei a viajar até lesionado, esse ano deu tudo certo no salto”, conta Victor

A intenção é conseguir saltar 6m70cm e brigar para estar no pódio (Foto: Jailson Soares/ODIA)

Victor saltou 6m45cm, mas o objetivo é conseguir uma marca bem superior no Paraguai. Bem treinado e munido dos conselhos do seu técnico, Antônio Nilson, a intenção é conseguir saltar 6m70cm e brigar para estar no pódio ou até mesmo ser campeão da competição, pois o Brasil chega como um dos favoritos.

“O Brasil é muito forte dentro dessa categoria (sub16). Não temos noção de adversário, do que podemos encontrar por lá, mas com toda certeza o Victor chega entre os favoritos e nos fizemos alguns ajustes no salto dele exatamente para conseguir melhorar essa marca de forma significativa”, explicou Nilson.

O Sul-Americano Escolar acontece em Assunção, no Paraguai. A competição tem inicio no domingo (1º) e será a primeira internacional na carreira de Victor Raphael.

29 de novembro de 2019

CBF determina Palmeiras x Flamengo com torcida única

CBF determina Palmeiras x Flamengo com torcida única

CBF determina que partida entre Palmeiras e Flamengo, domingo (1º), seja disputada apenas com torcedores alviverdes no Allianz Parque.

A CBF acatou pedido do Ministério Público de São Paulo e determinou que a partida entre Palmeiras e Flamengo, domingo (1º), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, seja disputada apenas com torcedores alviverdes no Allianz Parque.
O pedido do órgão se baseia em relatório da Polícia Militar, que avalia como grande o risco de possíveis confrontos entre torcidas antes, durante ou após a partida. No primeiro turno do Nacional, quando as duas equipes se enfrentaram no Maracanã, houve presença de torcedores de ambos os times.

CBF determina que partida seja disputada apenas com torcedores alviverdes no Allianz Parque. Foto: Instagram Palmeiras


Em nota, o Flamengo criticou a decisão da CBF. "A não permissão da convivência de rubro-negros e alviverdes decreta a falência da segurança pública e a morte da cultura de arquibancada do futebol brasileiro", diz trecho do documento.
O clube carioca afirmou ainda que tentará reverter a decisão: "O clube irá encaminhar o pedido do MP para a Procuradoria do STJD, para que o órgão adote as medidas cabíveis. Se a Polícia Militar não se sente em condições de dar segurança a todos os envolvidos na partida, esta deveria ser realizada em outro local ou com portões fechados".
Procurados, a confederação e o Palmeiras não comentaram a decisão até a publicação deste texto.
De acordo com o ofício encaminhado à Federação Paulista de Futebol, a Polícia Militar afirma que recebeu nos últimos dias informações sobre possíveis "emboscadas perpetradas por torcedores do Palmeiras às caravanas dos torcedores flamenguistas" e que identificou postagens em redes sociais que convocavam torcedores para o confronto.
Desde 2016, os jogos envolvendo os quatro clubes grandes de São Paulo (Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo) são disputados com torcida única como justificativa para evitar confrontos nos estádios.
Dessa vez, porém, será a primeira vez em que um desses quatro times enfrentará um rival de outro estado sem a presença de torcedores visitantes.
O artigo 86 do Regulamento Geral de Competições da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) diz que o clube visitante terá direito a adquirir até 10% da capacidade do estádio ou "da capacidade permitida pelos órgãos de segurança".

Black Friday 2019: veja dicas de como evitar golpes durante compras na internet

Black Friday 2019: veja dicas de como evitar golpes durante compras na internet

Descontos começam nesta sexta-feira (29). O advogado especialista em direito do consumidor, Jeremias Moura, dá dicas para não cair em armadilhas.

A temporada de descontos da Black Friday 2019 começou oficialmente nesta sexta-feira (29) em Teresina. Se comprar produtos na internet sempre merece atenção especial, os cuidados com as ofertadas tentadoras devem ser redobrados, pois podem estar disfarçadas de divulgação de promoções falsas, golpes e roubos de dados.

Segundo o advogado especialista em direito do consumidor, Jeremias Moura, é importante que o consumidor verifique a procedência dos sites de compras antes de efetuar uma negociação.

“É importante que o consumidor não entre em sites não referenciados e, de repente, nem siga aquelas promoções que se recebe por e-mail, facebook, instagram, redes sociais, porque muitas vezes não há como certificar a segurança. Isso tudo pode trazer um prejuízo tremendo para o sujeito que comprar algo por meio do comércio eletrônico e não consegui receber”, alerta.

Jeremias Moura durante entrevista ao O Dia News. Foto: Jorge Machado.

Ainda de acordo com o especialista, os harckers estão sempre em busca de oportunidades para roubar dados de pessoas pela internet. Por isso, antes de comprar online, Jeremias alerta para fraudes por meio de ofertas intermediárias.

“É importante que o consumidor chegue até a loja preferida por meio de busca no Google e não por links intermédios que vai aparecer para nele nesse período. Às vezes acontece de o consumidor clicar na proposta intermediária e ser direcionado para um outro site que não é aquele que efetivamente está sendo anunciado. E muitas das vezes nessas circunstâncias acontecem fraudes”, explica.

Veja 5 itens na hora de comprar e orientações do especialista:  

1.  Verificar se os preços são vantajosos: não compre por impulso. Compare preços, saia de casa com o produto em mente para evitar endividamentos.

2.  Compra pelo celular: use aplicativos de lojas oficias.

3.  Pagamento por meio de transferências bancárias: desconfie da forma de pagamento. O ideal é que se faça compras por cartão de crédito, pois em caso de fraude a operadora poderá suspender a transação.  

4.  Lojas falsas: cuidado com ofertas tentadoras de páginas desconhecidas, que visam roubar dados

Cruzeiro perde para o CSA em jogo com confusão da torcida

Cruzeiro perde para o CSA em jogo com confusão da torcida

Com o placar, os alagoanos chegam a 32 pontos e ainda têm chance de se salvar de um eventual rebaixamento.

O CSA venceu o Cruzeiro  por 1 a 0 na noite desta quinta-feira (28), no Mineirão, e deixou o adversário em situação mais complicada no Campeonato Brasileiro 2019. Alan Costa fez o único gol da partida válida pela 35ª rodada.

Com o placar, os alagoanos chegam a 32 pontos e ainda têm chance de se salvar de um eventual rebaixamento. Os mineiros seguem com 36 pontos e ficam na 17ª colocação do torneio. A equipe tem um a menos que o Ceará, primeiro fora do grupo de descenso.

Local: Mineirão, em Belo Horizonte

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)

Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartão amarelo: Euller, Jordi, Jonatan Gomez, João Vitor (CSA)

Gol: Alan Costa - 42'/1ºT (0-1)

CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Cacá, Léo e Egídio; Henrique, Éderson (Robinho); Thiago Neves, Pedro Rocha e Ezequiel (Sassá); Fred (Joel). T.: Abel Braga.

CSA: Jordi; Dawhan, Alan Costa, Luciano Castan e Rafinha (Jean Cleber); João Vitor, Nilton, Jonatan Gomez e Euller (Warley); Apodi (Bruno Alves) e Ricardo Bueno. T.: Argel Fucks

Sem parceiro e com torcida, Figueirense renasce na Série B

Sem parceiro e com torcida, Figueirense renasce na Série B

Isso só foi possível graças a uma grande metamorfose pela qual o clube passou durante a temporada 2019.

 Neste sábado (30), o Figueirense faz sua última partida na Série B do Brasileiro já sem o risco de ser rebaixado. Isso só foi possível graças a uma grande metamorfose pela qual o clube passou durante a temporada 2019.

Gerido pela empresa Elephant até setembro, o clube viu eclodir uma crise com salários atrasados, greve de jogadores, WO e ameaça de queda para a terceira divisão. Após rescindir o contrato com o parceiro, viu as arquibancadas encherem e sobreviveu.

O Figueirense migrou para o modelo de clube-empresa num processo que começou em 2014 e terminou com a assinatura da parceria com a Elephant quatro anos depois. A experiência, porém, não rendeu os frutos esperados.

O ápice da crise foi em agosto. Em greve por atraso de salários, os jogadores se recusaram a entrar em campo para jogo contra o Cuiabá, pela Série B. O time perdeu por WO.

Em sete rodadas, o time foi da 13ª posição, antes do jogo que não aconteceu, para a lanterna -os quatro últimos colocados são rebaixados. Chegou a ficar 11 jogos sem vencer.

A recuperação começou no fim de setembro, quando o clube anunciou a rescisão do contrato com a Elephant, que geria o futebol do clube.

"Se a empresa hoje estivesse aqui, não estaríamos falando desse fato histórico, que foi a permanência na Série B por meio de funcionários e jogadores terem feito isso [a paralisação]", disse à reportagem Rafael Marques, 36, um dos atletas mais experientes do elenco.

Neste sábado, o Figueirense enfrenta Operário-PR com 11 jogos de invencibilidade.

"[A torcida] abraçou o clube de uma maneira jamais vista. Isso foi constatado já no jogo contra o Bragantino [o primeiro após o rompimento], que mesmo perdendo [por 3 a 0], teve uma festa enorme, como se comemorassem a volta do clube", diz Francisco de Assis, presidente do Conselho Deliberativo e que atua interinamente como mandatário geral do clube catarinense.

"A sensação que tivemos foi que o clube estava retornando para os braços da torcida", diz Bruno Machado, diretor de comunicação da torcida organizada Gaviões Alvinegros.

Na partida contra o Bragantino, 12.741 pessoas estiveram no Orlando Scarpelli, o maior número registrado no ano até então e superado um mês depois, no clássico contra o Criciúma, com 15.159 pessoas. O estádio do clube tem capacidade para 19,5 mil pessoas.

Até então, a média de público do clube no campeonato era de 3.500 presentes. Após a saída da empresa, cresceu 145%, para cerca de 8.600.

Assis afirma que a queda, que parecia iminente, poderia representar o fim da equipe.

"Com a situação de hoje e um rebaixamento, não teria como recuperar, ninguém teria intenção de investir [em um Figueirense] na Série C."

O dirigente diz que os salários de atletas e funcionários foram colocados em dia. Ele admite que a única pendência atual, isto é, excluindo-se dívidas mais antigas do clube, é um mês de direitos de imagem de 9 dos 40 atletas do elenco profissional.

De acordo com Rafael Marques, o principal motivo da greve não foram as pendências com os jogadores do profissional, mas com as categorias de base, com funcionários e até com terceirizados.

O Figueirense abriu sua empresa em dezembro de 2014. A parceria com a Elephant começou em 2018 e viveu diversos momentos conturbados.

Segundo Assis, era prevista a transformação de empresa em sociedade anônima, que daria outras alternativas financeiras ao Figueirense, como a possibilidade de abrir capital, o que não aconteceu.

Ainda segundo Assis, a Elephant também ficaria responsável por quitar dívidas do clube, fato não consumado.

Em meio à greve, o clube chegou a receber atletas cedidos pelo Athletico-PR. Os jogadores, porém, não treinaram. Rafael Marques conta que o elenco conversou com os recém-chegados para explicar a situação e chegaram a um acordo para manter a greve.

No dia do jogo com o Cuiabá, o atacante diz que os atletas souberam que o Figueirense havia recebido um pagamento, e exigiram que parte da dívida com funcionários do clube fosse quitada.

"O WO teria sido evitado se o Cláudio [Honigman, presidente da Elephant] fizesse o depósito acordado entre nós", conta. Segundo o atacante depois disso, o empresário passou a ameaçar funcionários e não aparecia mais no estádio.

A rescisão do contrato aconteceu de forma unilateral. Honigman, acusado tanto pelo jogador quanto pelo dirigente como principal culpado pela situação pela qual passou o Figueirense, foi afastado do cargo de dirigente.

"Mesmo depois de termos o afastado, ele conseguiu transferir para sua conta pessoal os recursos do clube na época. Agravando ainda mais a situação, ele formaliza à CBF, ainda se apresentando como dirigente do clube, a desistência [da Série B]", conta Assis.

Honigman acabou suspenso do de qualquer atividade esportiva pelo STJD por um ano e o clube seguiu no torneio.

Questionado, o empresário afirmou que o processo de recuperação financeira que ele apresentou ao clube foi boicotado. Ele disse que foi chantageado no episódio do WO contra o Cuiabá, que o acordo de pagamento com os atletas foi cumprido. Honigman alegou sigilo processual e não comentou a acusação de que teria passado para sua conta pessoal recursos da empresa.

"Tudo foi feito seguindo a legislação vigente e será comprovado nos autos", finalizou, também dizendo que por conta de ameaças de morte recebidas, não pode informar onde vive e o que faz atualmente.

Após a aprovação na Câmara dos Deputados da lei que incentiva os clubes a se tornarem empresas, na última quarta (27), Assis busca novos parceiros para o futebol.

"É possível manter o modelo de empresa, desde que seja levado em conta que o clube não é deles [investidores], mas do torcedor e do sócio", afirma o dirigente do clube.

Após renunciar à presidência do Picos, Rodrigo Lima volta ao comando do clube

Após renunciar à presidência do Picos, Rodrigo Lima volta ao comando do clube

A informação foi repassada ao Portal O Dia e confirmada pelo dirigente na madrugada desta sexta-feira (29).

Dois dia após renunciar à presidência da Sociedade Esportiva de Picos (SEP), Rodrigo Lima, voltou ao comando do clube. A informação foi repassada ao Portal O Dia e confirmada pelo dirigente na madrugada desta sexta-feira (29).


Rodrigo Lima. Foto: Arquivo O Dia.

Segundo Rodrigo, a decisão de retornar à presidência do Zagão aconteceu depois de um acordo com a prefeitura municipal de Picos. A equipe fará uma publicação sobre o caso em seu perfil oficial no Instagram. 

Na última quarta-ferira (27), Rodrigo afirmou durante entrevista ter solicitado ao poder municipal cerca de R$ 500 mil para o planejamento da temporada do time em 2020, mas apenas R$ 300 mil  teria sido garantido pelo o atual prefeito de Picos, Walmir Lima. A diretoria não conseguiu arrecadar o valor estimado e esse teria sido um dos motivos para a renúncia do cargo. 

Ainda na quarta-feira (27), o dirigente divulgou através das redes sociais uma carta de renúncia confirmando o seu afastamento. Rodrigo Lima assumiu a presidência da SEP em abril de 2016, após a saída de Junior Santos. 

O Zangão deve anunciar nos próximos dias a renovação de contrato do técnico Adelmo Soares, peça fundamental na campanha do acesso à elite do futebol piauiense. O treinador já havia revelado à imprensa ter iniciado conversas com a diretoria, mas chegou a garantir situação aberta no clube.


A equipe do Picos foi recentemente campeã da Série B do Piauiense e retornou a elite do futebol Piauiense para disputa do Estadual 2020. A estreia no Estadual será no dia 17 de janeiro diante o River.

28 de novembro de 2019

Handebol do Piauí se classifica e disputa semifinal da Liga Nacional

Handebol do Piauí se classifica e disputa semifinal da Liga Nacional

Em 2018, o GHC parou nas quartas ao fazer dois jogos duros diante do São Bernardo.

A Liga Nacional de handebol é a principal competição da modalidade na categoria adulta. Chegar até as fases finais da competição não é uma missão fácil, mas os atletas do GHC, sob o comando de Giuliano Ramos conseguiram carimbar vaga na semifinal da competição após superar a forte equipe do Português Aeso, de Pernambuco. Com isso, agora eles aguaram os representantes da região Sul e Sudeste para saber quem será seu adversário, mas estar na semifinal é algo inédito para o estado.


Leia também: Em finais emocionantes, FSA e GHC garantem titulo Estadual de handebol 


“Quatro anos participando da Liga Nacional e pela primeira vez chegamos as semifinais, pois sempre paramos nas quartas e pela primeira vez também uma equipe do Nordeste consegue chegar até a essa fase da competição no naipe masculino”, disse Giuliano Ramos técnico do GHC.

Cientes que agora a competição muda de configuração, pois os piauienses irão enfrentar as equipes mais fortes e bem estruturadas do país com atletas que compõe a Seleção Brasileira. Do lado Piauí, um elenco jovem e com atletas que disputaram Jogos Universitários e as etapas anteriores da competição Nacional.


Os atletas do GHC, sob o comando de Giuliano Ramos conseguiram carimbar vaga na semifinal da Lina Nacional de Handebol - Foto: Jailson Soares/O Dia

Em 2018, o GHC parou nas quartas de final ao fazer dois jogos duros diante o São Bernardo (SP) em que foi derrotado na prorrogação. Agora, o time inicia a fase de buscar estratégias e conhecimentos dos seus possíveis rivais para poder surpreender.

“Deixaram a gente sonhar, deixaram o Nordeste sonhar. Nos somos a zebra da competição, mas se estamos lá vamos fazer todo o possível para conseguir representar bem o Piauí e com nossas dificuldades fazer grandes jogos diante deles. Para nós, estar lá já é algo incrível”, disse o armador Central Joseph.

A equipe do GHC aguarda a definição do Zonal Sul e Sudeste para poder conhecer seu adversário na semifinal da Liga Nacional. (Pamella Maranhão)

Por 4 a 1, Flamengo bate Ceará em noite de premiação

Por 4 a 1, Flamengo bate Ceará em noite de premiação

O resultado fez o Flamengo chegar aos 84 pontos. Já o Ceará permanece com 37 e ameaçado pelo rebaixamento. O rubro-negro já era campeão brasileiro antecipado.

Já campeão do Campeonato Brasileiro, o Flamengo foi a campo com um time misto para encarar o Ceará, na noite desta quarta-feira (27). Com um Maracanã em clima de festa, o time rubro-negro venceu por 4 a 1, de virada, com três gols de Bruno Henrique e um de Vitinho (Thiago Galhardo abriu o placar para os visitantes).

O resultado fez o Flamengo chegar aos 84 pontos. Já o Ceará permanece com 37 e ameaçado pelo rebaixamento.

Na próxima rodada, o Flamengo visita o Palmeiras, enquanto o Ceará recebe o Athletico-PR.


Foto: Divulgação/Clube de Regatas Flamengo

A equipe da Gávea manteve o estilo e impôs um ritmo de jogo intenso, tendo bastante presença no campo de ataque, mas esbarrava na forte marcação e nos próprios erros, que faziam o técnico Jorge Jesus ir à loucura.

No segundo tempo, com um Ceará recuado, o time foi presença constante no campo de ataque e conseguiu chegar à virada.

A equipe comandada pelo técnico Adilson Batista optou por uma formação em que "aguardou" o Flamengo. O time ficou mais no campo de defesa e apostou nas saídas em velocidade. Foi assim que conseguiu levar certo trabalho à defesa adversária.

Na etapa final, com o recuo, tentou do jeito que pôde bloquear os ataques adversários, mas não conseguiu evitar os dois gols de Bruno Henrique e deixou o campo com nova derrota.

27 de novembro de 2019

Na seleção do Paulistão, Valéria fala em ano ‘incrível’ no São Paulo

Na seleção do Paulistão, Valéria fala em ano ‘incrível’ no São Paulo

A cerimonia aconteceu no Museu do Futebol, no estádio Pacaembu e a piauiense recebeu prêmio de melhor atacante da seleção Paulista

A piauiense Valéria Cantuário escreveu na noite da última segunda-feira (26) mais um belo capitulo em sua história. Vestindo a camisa do São Paulo Futebol Clube, equipe vice-campeã Paulista do ano de 2019 e que em 2020 irá disputar a divisão principal do Campeonato Brasileiro Série A1, ela foi uma das homenageadas pela Federação Paulista de Futebol (FPF), em cerimônia realizada no Museu do Futebol, no estádio Pacaembu, e está na seleção da competição, entre as melhores atacantes do torneio paulista. 

“Foi uma noite e um momento muito especial para mim, coroando esse ano que foi de crescente, vitorias e faltam palavras mesmo. Quero agradecer primeiramente a Deus e minha família, mas também a todos que de alguma forma sempre me apoiaram e acreditam no meu trabalho”, disse Valéria.


Valéria foi eleita uma das melhores atacantes da competição; ela vestiu a camisa do São Paulo - Foto: Reprodução

No clube desde fevereiro desse ano, a piauiense fez 19 jogos e marcou cinco vezes na competição, vice artilheira do time paulista. Valéria deve seguir no São Paulo nas próximas temporadas e buscar se destacar nas competições nacionais para estar na lista de convocadas da técnica Pia.

O Paulista Feminino 2019 bateu recorde de audiência na FPF TV, alcançando mais de 4 milhões de pessoas nos 59 jogos transmitidos. A grande final, na Arena Corinthians, entre São Paulo e Corinthians registrou outro recorde marcante: o maior público em uma partida feminina entre clubes no Brasil, com mais de 28 mil pessoas.

Ao longo da temporada 2019, Valéria formou ataque ao lado de nada mais, nada menos do que a atacante Cristiane, referência da Seleção Brasileira e fez parte desse projeto do São Paulo para conseguir se inserir na divisão principal do futebol feminino em 2020. Além de Cristiane, o ataque tem nomes como Ottília e Yaya, 17 anos e convocada pela técnica Pia Sundhage para seleção esse ano. 

Dani Alves não vai a campo, e Diniz testa São Paulo com Pablo titular

Dani Alves não vai a campo, e Diniz testa São Paulo com Pablo titular

Existe ainda a possibilidade do técnico mudar a formação do time, tirando alguém do ataque e colocando o clube tricolor com quatro jogadores no meio de campo

O São Paulo trabalhou na manhã desta terça-feira (26) no CT da Barra Funda. Daniel Alves teve uma programação diferente do restante do elenco e fez reforço muscular no Reffis.

Os demais jogadores foram para o campo, e o técnico Fernando Diniz testou uma equipe titular com o retorno de Pablo, que cumpriu suspensão automática na rodada anterior por ter recebido o terceiro cartão amarelo.


Leia também: Dani Alves treina na academia e Liziero faz fortalecimento muscular 


O time utilizado por Diniz contou com: Tiago Volpi; Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Liziero, Tchê Tchê e Igor Gomes; Antony, Pablo e Vítor Bueno. Por isso, a dúvida é quem deve sair para a entrada de Daniel Alves. Afinal, o camisa 10 deve participar do treino desta quarta (27) no CT.


Foto: Rafael Ribeiro /CBF

Uma opção é o badalado jogador atuar na lateral direita, na vaga de Juanfran. Daniel pode também jogar no meio de campo, como volante ou na armação. Neste caso, a tendência maior é ele substituir Liziero ou Igor Gomes.

Existe ainda a possibilidade de Diniz mudar a formação do time, tirando alguém do ataque e colocando o clube tricolor com quatro jogadores no meio de campo. Neste cenário, Antony, Pablo e Vítor Bueno brigariam por duas vagas.

Na disputa por um lugar na Copa Libertadores, o São Paulo encara o Vasco na quinta (28), no Morumbi. O time tricolor soma 54 pontos e ocupa a sexta colocação na tabela do Campeonato Brasileiro.

Irritado com reserva, Neymar adota silêncio no PSG

Irritado com reserva, Neymar adota silêncio no PSG

O anseio do jogador em participar da partida era grande, e nem a oportunidade de atuar nos 45 minutos finais foram suficientes para amenizar a situação.

A decisão de Thomas Tuchel de colocar Neymar como opção no banco de reservas no duelo do Paris Saint-Germain contra o Real Madrid na noite desta terça-feira (26), no Santiago Bernabéu, pela Liga dos Campeões, gerou irritação no brasileiro.

O anseio do jogador em participar da partida era grande, e nem a oportunidade de atuar nos 45 minutos finais foram suficientes para amenizar a situação. Em campo, a atuação do camisa 10 foi pouco destacada no empate por 2 a 2.


Leia também: Neymar é recebido com protestos da torcida do PSG 


Neymar foi informado por Tuchel sobre a presença no banco de reservas logo pela manhã na concentração do time em Madri. Segundo apurou a reportagem, não houve discussão entre eles, mas, sim, um posicionamento claro do brasileiro de que se sentia preparado para atuar os 90 minutos.

"Não tenho medo de perder o Neymar por essa suplência. Nós temos uma relação clara. Falei com ele hoje o que pensava, que é ter ele para finalizar o jogo. Eu não tenho o Neymar por 90 minutos por questão física, e sou responsável por gerir isso. Já usei essa mesma postura com o Mbappé contra o Galatasaray e o Brugge", disse Tuchel, citando as duas ocasiões em que o francês ficou no banco de reservas por estar voltando de lesão


Foto; C.Gavelle/PSG

"Fui claro com o Neymar para dizer o que penso. Nada mais é do que querer ele para finalizar um jogo duro. E essa é a maneira que eu penso, e ele precisa de paciência", completou o técnico.

O pedido de paciência acontece por Neymar já ter demonstrado um descontentamento com o treinador alemão ao ser substituído na vitória contra o Lille por 2 a 0 na última sexta-feira (22), pelo Campeonato Francês. Na ocasião, o camisa 10 foi direto aos vestiários e não conversou com o elenco após o jogo.

O silêncio tem sido a postura adotada por Neymar atualmente no PSG. No Santiago Bernabéu, ele rapidamente deixou os vestiários após o jogo e não atendeu aos diversos pedidos dos jornalistas por entrevistas.

Outra postura de Neymar que chamou a atenção foi o fato de o jogador optar por nem participar do aquecimento do time ao lado dos outros reservas. Juntos a ele estiveram Cavani e Paredes, outros jogadores que estão descontentes com as escolhas de Tuchel para o time titular.

Atuação de Neymar

Com o PSG perdendo por 1 a 0 para o Real Madrid, a opção de Thomas Tuchel após o intervalo foi a de colocar Neymar no lugar do volante Gueye. A formação ofensiva não trouxe o resultado esperado, sendo o time francês dominado em campo no segundo tempo e sofrendo constantemente na defesa.

Com os 45 minutos em campo, Neymar teve clara ansiedade em definição de jogadas. Forçou passes, tendo alto número de erros: foram 18 em 41 tentativas. O índice de acerto de 56% foi disparado o mais baixo do PSG – Di Maria e Icardi aparecem na sequência com 67% de acerto cada.

Neymar esteve distante do gol, com sua única finalização sendo um chute de fora da área que foi desviado para escanteio. Na área de atuação no meio-campo, o jogador teve perseguição de Casemiro, e em vários lances que tentou optar pelo drible sofreu encaixotado por outros jogadores do Real Madrid.

No fim do jogo, Neymar ainda seguiu com a postura de ignorar a torcida organizada do PSG por conta das vaias recebidas no Parque dos Príncipes. Ele foi o único jogador do time que ao finalizar a partida não foi agradecer o apoio dos pouco mais de 2.000 torcedores franceses que estiveram no Santiago Bernabéu.

26 de novembro de 2019

Flamengo joga por recordes no Brasileirão, de olho no Mundial

Flamengo joga por recordes no Brasileirão, de olho no Mundial

Nesta quarta-feira, às 21h30, o Flamengo recebe o Ceará no Maracanã, pela 35ª rodada do Brasileirão. A partida marcará a entrega do troféu para a equipe campeã

Campeão brasileiro de forma antecipada no domingo passado, o Flamengo inicia nesta quarta-feira a sequência dos seus últimos quatro jogos que realizará no Brasileirão. O time rubro-negro busca bater recordes na competição nacional e se preparar para a disputa do Mundial de Clubes da Fifa, no qual estreará no dia 17 de dezembro.

Nesta quarta-feira, às 21h30, o Flamengo recebe o Ceará no Maracanã, pela 35ª rodada do Brasileirão. A partida marcará a entrega do troféu para a equipe campeã. Em relação ao Mundial, o time jogará contra o Al Hilal, da Arábia Saudita, ou Espérance, da Tunísia, no dia 17 de dezembro, no Catar.

O Fla já igualou ao menos um recorde nesta campanha vitoriosa no Brasileirão. O time conquistou oito vitórias seguidas neste Brasileirão e igualou a marca da edição de 2013. A equipe rubro-negra não consegue mais superar esse recorde, porque vem de quatro triunfos consecutivos e tem mais quatro partidas para disputar.

Por outro lado, o time não tem como superar a marca de ter a melhor defesa do Brasileirão. O São Paulo de 2007 foi vazado apenas 19 vezes. Neste ano, o time rubro-negro sofreu 30 gols e tem a terceira melhor defesa do campeonato, atrás de São Paulo (25) e Palmeiras (27).

Na lista abaixo, são considerados os números desde 2006, quando o campeonato passou a ser disputado por pontos corridos, com 20 clubes.

Confira abaixo os recordes que o Flamengo pode bater no Brasileirão:

Pontuação: O Fla igualou os 81 pontos que o Corinthians obteve em 2015. Ou seja, se ao menos empatar uma vez nos próximos quatro jogos, a equipe rubro-negra será a recordista no número de pontos conquistados.

Gols: Com 73 gols, o Fla está a quatro de igualar o Cruzeiro de 2013. A equipe rubro-negra tem o melhor saldo por enquanto: com 43. O recorde neste quesito é de 40 gols de saldo, com o Cruzeiro em 2013 e o Corinthians em 2015.

Derrotas: O Fla só perdeu três vezes nesta edição do Brasileirão. Se não for mais derrotado, baterá o recorde do São Paulo de 2006 e do Palmeiras de 2018, que perderam quatro partidas.

Artilharia: Gabriel é disparado o goleador máximo deste Brasileirão, com 22 bolas na rede. O atacante está a um de igualar os maiores artilheiros de uma edição de Brasileiro: Jonas, com o Grêmio em 2010, e Borges, com o Santos em 2011.

Mandante: Com 15 vitórias e dois empates, o time rubro-negro tem 92,2% de aproveitamento em casa neste Brasileirão. O melhor desempenho como mandante até agora é do Corinthians de 2015 e do Palmeiras de 2018, com 87,7% (16 vitórias, 2 empates e 1 derrota cada). O Fla ainda terá mais duas partidas em casa: contra Ceará, nesta quarta, e Avaí, na penúltima rodada.

Visitante: Fora de casa, o Fla tem até agora dez vitórias, quatro empates e três derrotas, com 66,7% de aproveitamento. O recorde neste quesito é do Fluminense de 2012, com 68,4% de aproveitamento (11 vitórias, seis empates e duas derrotas). Para bater essa marca, o time rubro-negro terá de vencer Palmeiras e Santos, os últimos jogos como visitante neste Brasileirão.

Gabriel Veron faz primeiro treino no time profissional do Palmeiras

Gabriel Veron faz primeiro treino no time profissional do Palmeiras

Veron recentemente renovou contrato com o clube até 2024

Oatacante Gabriel Veron, de 17 anos, foi a novidade do treino do Palmeiras nesta terça-feira, na Academia de Futebol. Recém-promovido ao time profissional, a principal revelação das categorias de base do clube será agora observado mais de perto pelo técnico Mano Menezes e pode até mesmo ganhar a oportunidade de estrear em algum dos quatro compromissos restantes neste Campeonato Brasileiro.

Após os titulares não irem a campo na segunda-feira, todo o elenco participou do trabalho desta terça, na Academia de Futebol. A atividade teve apenas o aquecimento aberto aos jornalistas. Veron esteve no grupo e vai conciliar na reta final de 2019 a participação no time principal com os compromissos finais pelos elencos sub-17 e sub-20.

Veron recentemente renovou contrato com o clube até 2024 e fixou uma multa rescisória de R$ 279 milhões para clubes do exterior. O jogador vive um grande momento no carreira, ao ter sido campeão e melhor jogador do Brasil na conquista do Mundial sub-17, além de no último fim de semana ter marcado duas vezes na final do Campeonato Paulista Sub-20. O Palmeiras se sagrou campeão ao bater o Red Bull Brasil na final.

O elenco principal do Palmeiras tem como próximo compromisso o Fluminense, no Maracanã, na próxima quinta, pelo Campeonato Brasileiro. O volante Felipe Melo treinou com o grupo, após se recuperar de edema na panturrilha esquerda. A equipe volta ao trabalho na manhã desta quarta-feira. Depois do almoço, o elenco viaja ao Rio de Janeiro.

Tiradentes se reapresenta visando jogo contra o Skill Red

Tiradentes se reapresenta visando jogo contra o Skill Red

Apesar da vitória, a reapresentação foi sob reclamações do técnico Toinho, que agora pensa no jogo de quarta-feira (27), às 18h, no Lindolfo Monteiro.

A equipe do Tiradentes entrou em campo no domingo (24) pelo Campeonato Piauiense de Futebol Feminino. A competição iniciou no final de semana, e as Tigresas venceram o Teresina por 2 a 1, com gols de Kedma e Thais. Apesar da vitória, a reapresentação foi sob reclamações do técnico Toinho, que agora pensa no jogo de quarta-feira (27), às 18h, no Lindolfo Monteiro.

“Nós precisamos mentalizar que a vitória nem sempre demonstra que as coisas estão corretas. Agora é corrigir as falhas e pensar no próximo jogo Redque já acontece em dois dias. Vamos aproveitar que temos um grupo bem grande para conseguir fazer o time seguir evoluindo na competição e não sermos surpreendidos”, disse Toinho.

A jovem Kedma, de 16 anos, que foi destaque no Piauiense Sub17, em que esteve entre as artilheiras da competição de base, começou seus passos no time profissional bem. No banco, ela entrou em campo no segundo tempo e marcou um dos gols da vitória na estreia. Em boa fase, a atleta fala em brigar por artilharia da competição.


Após vitória, Tiradentes se reapresenta visando jogo contra o Skill Redque. Jailson Soares

“Estou feliz por Deus estar me abençoando e me dando oportunidade de marcar, agora vou brigar pela artilharia assim como aconteceu no Piauiense Sub17 e quem sabe acumular duas artilharias no ano, né? Porque não”, fala sorrindo a atacante.

O calendário da competição é apertado e por isso o time jogou no domingo (24) e volta a campo na quarta-feira (27). O adversário vem de um resultado negativo, mas nem por isso é subestimado pelas atletas. “A gente tem a vantagem de conhecer elas um pouco melhor, mas lá assim como aqui tem muitas meninas que estão em ritmo e crescendo na modalidade após a disputa do Sub17 então é um time que precisamos entrar ligadas e buscar não errar como aconteceu no primeiro jogo”, disse a zagueira Andrea.

A segunda rodada do Piauiense Feminino acontece na quarta-feira (27) com jogos entre Comercial x Teresina, ás 16h e logo em seguida a partida entre Tiradentes e Skill Red, ambos os jogos no estádio Lindolfo Monteiro. As Abelhas Rainhas folgam nesta rodada.

Ministério Público quer torcida única em Palmeiras x Flamengo

Ministério Público quer torcida única em Palmeiras x Flamengo

O pedido do órgão se baseia em relatório da Polícia Militar que avalia como grande o risco de possíveis confrontos entre torcidas antes, durante ou após a partida.

O MP-SP (Ministério Público de São Paulo) enviou um ofício à FPF (Federação Paulista de Futebol) solicitando que o jogo entre Palmeiras  e Flamengo  no próximo dia 1º de dezembro, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, seja disputado com presença de torcida única no Allianz Parque, casa do time alviverde.

O pedido do órgão se baseia em relatório da Polícia Militar que avalia como grande o risco de possíveis confrontos entre torcidas antes, durante ou após a partida –no primeiro turno do Nacional, quando as duas equipes se enfrentaram no Maracanã, houve presença de torcedores de ambas as equipes.

Desde 2016, os jogos envolvendo os quatro clubes grandes de São Paulo (Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo) são disputados com torcida única como medida para evitar confrontos nos estádios.

Caso seja aceito o pedido do Ministério Público, essa seria a primeira vez em que um desses quatro times enfrentaria um rival de outro estado sem a presença de torcedores visitantes.

O artigo 86 do Regulamento Geral de Competições da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) diz que o clube visitante terá direito a adquirir até 10% da capacidade do estádio ou "da capacidade permitida pelos órgãos de segurança".

Procurada pela reportagem, a confederação ainda não se manifestou sobre o pedido do Ministério Público. Até a publicação deste texto, Palmeiras e Flamengo informaram que ainda não tinham um posicionamento. 

São Paulo retoma rotina de trabalho em Fortaleza e no CT da Barra Funda

São Paulo retoma rotina de trabalho em Fortaleza e no CT da Barra Funda

Em Fortaleza, os jogadores fizeram exercícios regenerativos, aeróbicos e de fortalecimento muscular com os preparadores físicos Wagner Bertelli e Pedro Campos.

São Paulo  retomou a sua rotina de treinos nesta segunda-feira (25), um dia após o empate por 1 a 1 com o Ceará, em jogo válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em Fortaleza, os jogadores fizeram exercícios regenerativos, aeróbicos e de fortalecimento muscular com os preparadores físicos Wagner Bertelli e Pedro Campos. Já os atletas que não tinham viajado também tiveram atividade no CT da Barra Funda.

Na capital paulista, após ter cumprido suspensão automática, o atacante Pablo treinou a parte física. Ele deve ficar à disposição do técnico Fernando Diniz na partida de quinta (28), no Morumbi, contra o Vasco.


São Paulo retoma rotina de trabalho em Fortaleza e no CT da Barra Funda. Reprodução

Os jogadores que se recuperam de lesão, Everton e Joao Rojas, também seguem no Reffis para fazer a fisioterapia. A dupla não tem qualquer possibilidade de ser liberada pelo departamento médico neste ano.

O São Paulo volta a trabalhar nesta terça (26), no CT da Barra Funda. A equipe soma 54 pontos, na sexta colocação na tabela do Brasileiro, e ainda briga por uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores.

Cruzeiro proíbe jogadores de concederem entrevistas

Cruzeiro proíbe jogadores de concederem entrevistas

Os jogadores não podem dar entrevistas entrevistas coletivas antes dos treinos na Toca da Raposa e ao saírem dos estádios após os jogos pelo Campeonato Brasileiro.

O Cruzeiro decidiu proibir seus jogadores de concederem entrevistas coletivas antes dos treinos na Toca da Raposa e ao saírem dos estádios após os jogos pelo Campeonato Brasileiro, no qual briga para não ser rebaixado.

"Vamos preservar os jogadores de qualquer contato que julgamos que possa ser ruim para o clube. Diante disso, neste jogo contra o CSA, depois contra o Vasco e Grêmio, eles não falarão com vocês", disse Valdir Barbosa, diretor de futebol.

Desta forma, os jogadores só falarão à beira do gramado após o jogo para o veículo detentor dos direitos de transmissão, mas passarão direto nas zonas mistas dos estádios. Segundo Valdir, a decisão foi tomada pela diretoria após a partida contra o Santos no sábado (23), em que o Cruzeiro acabou goleado por 4 a 1.

A medida adotada acontece dias depois de o técnico Abel Braga ficar em uma saia justa ao ser perguntado sobre a situação de Thiago Neves. Após a partida contra o Santos, o meia revelou estar jogando no sacrifício, com dores em vários locais, mas que não poderia deixar de jogar quando escalado.

O comandante revelou surpresa com a declaração do atleta. Gestor de futebol, Zezé Perrella também disse não saber sobre a situação clínica ruim do camisa 10.

Além dos três jogos citados por Barbosa, o Cruzeiro ainda terá duelo com o Palmeiras nesta reta final do Brasileiro. A equipe celeste soma 36 pontos, na 17ª colocação, que abre a zona de rebaixamento -o time imediatamente acima é o Ceará, com 37.