Severa com Suárez, Fifa pensa em punição para Zuñiga

Por conta da joelhada nas costas que Neymar recebeu de Zuñiga, craque brasileiro fratura terceira vértebra lombar e fica fora do Mundial.

05/07/2014 09:16h - Atualizado em 05/07/2014 09:35h

Compartilhar no

O árbitro Carlos Velasco aplicou a lei da vantagem no lance em que Zúñiga cometeu a falta que tirou o brasileiro Neymar do Mundial e não advertiu o colombiano posteriormente. Ainda assim, a Fifa, severa com o uruguaio Luis Suárez, tem a alternativa de punir o jogador com base no vídeo da partida disputada nesta sexta-feira, em Fortaleza.

Na terceira rodada da primeira fase da Copa, Suárez mordeu o italiano Giorgio Chiellini. O árbitro mexicano Marco Rodríguez também não assinalou a infração, mas o atacante acabou punido de maneira severa pela entidade que organiza o campeonato.

Foto: AFP

Análise do que aconteceu durante lance.

A Comissão Disciplinar da Fifa enquadrou Suárez nos artigos 48, parágrafo 1º, alínea d (agressão) e 57 (comportamento antidesportivo para com outro jogador). A entidade puniu o atleta em nove partidas oficiais, proibiu-o de participar de qualquer atividade relacionada ao futebol por quatro meses e até de frequentar estádios no período, além de aplicar uma multa de 100 mil francos suíços (cerca de R$ 247 mil)..

A entidade tem a alternativa de adotar o mesmo expediente para punir Juan Zúñiga. Aos 42 minutos do segundo tempo, o lateral direito acertou uma joelhada nas costas de Neymar - ele já havia cometido falta dura em cima de Hulk. Com uma fratura na terceira vértebra lombar, o atacante do Barcelona está fora da Copa do Mundo.

Juan Zúñiga (foto ao lado) poderia ser enquadrado no mesmo artigo (48) de Luis Súarez pelo lance com Neymar, já que a alínea b do parágrafo 1º prevê pelo menos uma partida de suspensão em casos de “jogo brusco grave (especialmente mediante o emprego desmesurado de força)".

No comunicado sobre a punição a Suárez, a Fifa incluiu a seguinte declaração de Claudio Sulser, presidente da Comissão Disciplinar, responsável pelo julgamento: “Não se pode tolerar esse tipo de comportamento em um campo de jogo, especialmente durante a Copa do Mundo”.

Márcio Fernando Andraus Nogueira, especialista em direito desportivo, vê com reservas a possibilidade de a Fifa punir o lateral colombiano. “A entidade pode rever as imagens e suspendê-lo, mas é improvável. O juiz observou o lance e apontou vantagem. Isso é muito importante para a Fifa. O jogador foi imprudente, mas não senti maldade”, disse.

Independentemente do futuro de Juan Zúñiga, fato é que Neymar está fora da Copa do Mundo. O meia Willian, o volante Ramires e o atacante Bernard são as principais alternativas do técnico Luiz Felipe Scolari para substituir o astro na semifinal diante da Alemanha, às 17 horas (de Brasília) de terça-feira, em Belo Horizonte.

Compartilhar no
Fonte: Gazeta Esportiva

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas