Shakira comemora 3ª Copa e lembra 2010: "Conheci o amor da minha vida"

Cantora terá as companhias de Ivete, Carlinhos Brown, Santana, Alexandre Pires e Wyclef Jean no palco de encerramento do Mundial.

12/07/2014 15:22h

Compartilhar no

Um time digno de final de Copa do Mundo. Não, não estamos falando de Alemanha ou Argentina, mas sim das atrações musicais que estarão na festa de encerramento no Maracanã neste domingo, a partir das 14h20 (de Brasília). Shakira, Ivete Sangalo, Carlinhos Brown, Santana, Alexandre Pires e o rapper haitiano Wyclef Jean serão os responsáveis por animar o público antes da partida decisiva, além da escola de samba Acadêmicos da Grande Rio. A turma esteve neste sábado no estádio em coletiva promovida pela Fifa.  Shakira relembrou que esta é sua terceira participação em um evento de encerramento de Mundial. E não deixou de ressaltar que em 2010 conheceu Piqué, zagueiro da Espanha e do Barça e atualmente seu marido. Os dois são pais do pequeno Milan.

Foto: Cintia Barlem/Globoesporte.com


Ivete, Carlinhos Brown, Shakira , Wyclef Jean, Santana e Alexandre Pires no gramado do Maracanã 

- O futebol mudou minha vida de formas multo diferentes, afetou minha vida em muitos níveis positivos. É minha terceira final de copa, uma tremenda honra para mim, mas eu nunca vou esquecer de 2010, quando encontrei o amor da minha vida na Copa. Se não fosse por causa da Copa, por causa do futebol, meu filho não existiria. Estar aqui tem uma significado enorme, por todas essas razões, por tudo que o futebol significa para todos, a forma como o futebol une pessoas de diferentes idiossincrasias, culturas. Todos viemos à mesma plataforma e celebramos da mesma forma, carregamos as mesmas esperanças. Nosso patriotismo cresce. O mais sublime dos sentimentos surge com o futebol. Eu sou uma pessoa apaixonada e identifico o que o futebol representa - disse Shakira.

A cantora, no entanto, não escapou da pergunta sobre o ambiente em casa depois da eliminação precoce da Espanha ainda na primeira fase do Mundial. A artista colombiana ressaltou que teve que consolar o marido, mas brincou que havia encontrado uma maneira de fazer isso.


Shakira e Ivete se cumprimentam durante a entrevista coletiva sobre a festa de encerramento

- Claro que recebemos um golpe. Temos que estar preparados para as derrotas e celebramos as vitórias. Faz parte da história. A Espanha não contou com a sorte. Claro que ele (Piqué) está triste, mas encontrei uma forma de consolá-lo (risos) - brincou ela.

Durante a coletiva, a cantora fez questão de declarar sua paixão pelo Brasil. Ela afirmou que considera o país sua segunda casa, assim como o português foi sua segunda língua. Sobre a comparação com a África do Sul, ela afirmou que as raízes são as mesmas.


Pausa para selfie: Shakira e Wyclef Jean param para tirar foto durante a entrevista deste sábado

- Brasil é diferente da África, mas com um denominador comum, suas raízes. Brasil é muito próximo de mim. É o meu Brasil. Amo esse país com paixão. Comecei minha carreira aqui anos atrás e os brasileiros sempre me deram apoio. Me sinto um pouco brasileira. Português é minha segunda língua. Aprendi a falar português antes de falar inglês. Tenho tantos amigos queridos aqui, me sinto em casa. É minha segunda casa. Estou muito empolgada para amanhã. Sei que será uma linda cerimônia. Dividirei o palco com colegas tão competentes no que fazem, que representam pessoas, sonhos, e me sinto honrada de fazer parte disso - afirmou a cantora.

Compartilhar no
Fonte: Globo Esporte

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário