Rock in Rio 2013 começa hoje; portões abrem às 14h

Beyoncé é a grande atração da noite de abertura da 5ª edição do maior festival de música da América Latina

13/09/2013 11:09h

Compartilhar no

No princípio, era a Cidade do Rock, nome esperto criado para batizar o terreno lamacento que abrigou o primeiro Rock in Rio, em 1985 €” ali ao lado de onde nesta sexta, às 14h40m, os rappers Flávio Renegado e Orelha Negra dão início à quinta edição do festival, no Palco Sunset. Apesar do sucesso daquele evento histórico, um segundo Rock in Rio só seria realizado seis anos depois, e no Maracanã, em janeiro de 1991. Mais shows memoráveis, uma década de espera e a volta para casa: em 2001, Sting, Guns n€™ Roses, Foo Fighters e R.E.M. se apresentaram na velha Cidade do Rock, recauchutada e recheada de tendas (Brasil, Raízes, Mundo Melhor...), 16 anos depois de Queen e James Taylor.



Novo milênio, festival estabelecido, sucesso... e mais dez anos de espera. Depois de ser exportado para Espanha e Portugal, o Rock in Rio precisou de muita negociação para voltar à cidade da qual pegou emprestado o nome. Mas a volta foi em grande estilo: um contrato com a prefeitura garantiu o Parque dos Atletas como Cidade do Rock honorária, e, enquanto os velhos Guns e Chili Peppers e as jovens Rihanna e Ke$ha se apresentavam, já se dava como garantido o festival de 2013.

Pela primeira vez, o Rock in Rio teve dois anos apenas para se planejar, mas com a logística assegurada. Ao longo de 2012 e do primeiro semestre de 2013, as atrações foram sendo anunciadas, e, nesta sexta-feira (tecnicamente neste sábado, com início previsto para a meia-noite e cinco), Beyoncé encerra a primeira noite do Rock in Rio 2013 com sua €œMrs. Carter Tour€.



Ao longo deste fim de semana e do próximo (a partir de quinta-feira, dia 19), a Cidade do Rock verá nomes como Metallica, Bon Jovi (que confirmou o show, no dia 20, apesar da apendicite do baterista Tico Torres), Justin Timberlake e Slayer no Palco Mundo e Mallu Magalhães, Autoramas, George Benson e Ben Harper no Sunset. O ineditismo, difícil em tempos em que praticamente todo o mundo da música já veio ao Brasil, está garantido com o chefão Bruce Springsteen, em sua primeira apresentação na cidade, no dia 21, com a E Street Band. A programação completa está na página 3.

Além dos shows, a Cidade do Rock (cuja lotação será de 85 mil pessoas, 15 mil a menos do que em 2011) receberá atrações como a Rock Street, com atividades que terão o Reino Unido como tema, um espaço dedicado à dança de rua, um palco para a música eletrônica e brinquedos como montanha-russa, roda-gigante e tirolesa. Os ingressos para as sete noites se esgotaram em pouco mais de quatro horas, no mesmo dia em que foram postos à venda, em abril.

Esta edição especial do Segundo Caderno, que acompanhará de perto o festival até seu encerramento, no dia 22, traz, ainda, um mapa com as informações necessárias para curtir o festival e detalhes das principais atrações desta sexta, além de histórias dos fãs que já estão na porta da Cidade do Rock à espera da abertura dos portões, e de uma entrevista com Roberta Medina, vice-presidente do Rock in Rio, que fala da mistura de música e entretenimento que virou marca do evento.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: O Globo

Deixe seu comentário