Rádios e web deixam de tocar funk de Tati Zaqui devido a direitos autorais

 A cantora Tati Zaqui veste-se de Branca de Neve no clipe da música "Parara Tibum"

15/05/2015 09:02h

Compartilhar no

Sem alarde, desde o dia 11 de março o clipe da música "Parara Tibum", da funkeira Tati Zaqui, ficou indisponível no YouTube, no iTunes, nos sites de streaming e nas rádios. O motivo foi um pedido feito pela editora Peermusic do Brasil Edições Musicais, que detém os direitos de "Heigh Ho", que serve como base da faixa gravada pela MC, para que ela fosse retirada do ar.

A canção é originalmente do filme de animação "Branca de Neve e os Sete Anões", de 1937, composta por Larry Morey e Frank Churchill. A editora não gostou da versão de Tati Zaqui --que substitui os versos "Eu vou, eu vou, pra casa agora eu vou", por "Eu vou, eu vou, sentar agora eu vou"-- e entrou em contato com a cantora, que acatou o pedido de retirar "Parara Tibum" do ar. 

"O entendimento era de que a música era de domínio público. Após o pedido feito pela editora, prontamente retiramos a música do ar", disse José Pena, responsável pela distribuição do conteúdo de Tati. 

"Não fomos processados, ameaçados ou notificados. O que ocorreu foi um pedido da editora. Para evitar qualquer desdobramento ou outras interpretações que o caso pudesse ter, nós acatamos o pedido", completou. De acordo com José Pena, a orientação é para a artista não "comentar" mais sobre a música. 

Questionados se Tati estava proibida de cantar a música nos shows, nem José Pena nem Rubens Souza, empresário da cantora, confirmaram ou negaram. "A única coisa que posso dizer é que acatamos rigorosamente tudo o que a editora nos pediu", concluiu Souza. 

No entanto, caso Tati cante "Parara Tibum" em seus shows, o direito autoral da música deverá ser pago ao detentor original da faixa. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: UOL

Deixe seu comentário