• show Legião Urbana
  • casa gourmet 2018
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Luto

Poeta Leide Moreira morre aos 70 anos

23/11/2018 11:58h - Atualizado em 23/11/2018 12:00h

A poeta e advogada Leide Moreira morreu na noite desta quinta-feira (23) aos 70 anos em São Paulo. Autora de três livros, ela sofria de esclerose lateral amiotrófica (ELA) e escrevia a partir de uma tabela especial que lhe permitia soletrar com os olhos.

A ELA é uma doença degenerativa que leva à paralisia. Em Leide, os primeiros sinais da doença surgiram há 14 anos, com a diminuição da força das mãos, em 2004, e levaram à perda total da fala, um ano depois.

Já em 2006, Leide publicou "Letras da Minha Emoção", seu primeiro livro de poemas. Suas outras obras são "Letras da Minha Emoção", lançado em 2006, e "Poesias para me sentir viva", de 2008.

Sua última obra teve evento de lançamento em auditório na sede da Folha de S. Paulo, com a presença de Leide Moreira, de maca e UTI móvel. "Era a primeira vez que ela saía nessas condições. Este evento foi um marco não apenas nas nossas vidas, mas para a acessibilidade e inclusão da pessoa com deficiência", disse Leide Jacob, filha da poeta.

Em 2007, Jacob entregou uma câmera para que as cuidadoras de sua mãe filmassem sempre que ela escrevesse uma poesia. O resultado é o documentário "Minha Poesia", que a foi selecionado para o NYC Independent Film Festival, dos EUA.

Fonte: Folhapress
Edição: Adriana Magalhães

Deixe seu comentário






Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado