Luiza ficará com ciúmes ao ouvir Laerte falar de Helena

Jovem não gosta de saber que o noivo sonhou com sua mãe.

05/07/2014 09:04h - Atualizado em 05/07/2014 09:09h

Compartilhar no

Nos próximos capítulos de "Em família", Luiza (Bruna Marquezine) ficará com ciúmes ao ouvir Laerte (Gabriel Braga Nunes) falando de seu passado com Helena (Julia Lemmertz).

Tudo começará quando o flautista estiver cochilando ao lado da namorada. Ele terá um sonho agitado e acordará assustado. A estudante perguntará se o músico teve um pesadelo e ele responderá que sonhou com o medalhão da fênix que deu para Helena na juventude.

Imagem: Reprodução

- Eu era menino, peguei num lote do meu pai, que ia a leilão, lá em Goiânia. Gostei da história, do significado da fênix, e dei para ela. A ave mitológica que renasce das cinzas. Sonhei que ela saía do medalhão e me perseguia - explicará ele.

- Foi só um sonho ruim. Posso te garantir que não passou nenhuma fênix por aqui. Conheço esse medalhão. Já vi nas coisas da minha mãe - dirá Luiza.

A jovem contará que Helena tem um museu particular no armário, com vários itens.

- Entendo a Helena. O que vivemos foi mesmo muito forte. Não tenho hábito de juntar coisas, mas todos os registros estão aqui, na minha cabeça - responderá Laerte.

A estudante ficará impaciente com o assunto sobre o passado e o músico perceberá. O filho de Selma (Ana Beatriz Nogueira) tranquilizará a namorada dizendo que ela não precisa se chatear:

- Foi uma fase da vida, ficou no tempo. Talvez a nossa memória - minha, da sua mãe - até tenha ficado mais forte sobre tudo isso porque foi uma história interrompida, não realizada. Diferente da nossa, que vai ser linda, plena e, por isso, imortal de verdade.

Ele sorrirá e abrirá os braços, pedindo que Luiza se aproxime. Mas a jovem argumentará que está terminando um projeto da faculdade e Laerte não deixará de perceber sua frieza.

Compartilhar no
Fonte: Globo.com

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário