Justiça retira Antonia Fontenelle do testamento de Marcos Paulo

Ator expressou sua vontade de deixar parte de seus bens com a esposa em documento complementar ao testamento

10/10/2013 11:06h

Compartilhar no

 A juíza Maria Cristina de Brito Lima, da 1˚ Vara de Família da Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, decidiu que Antonia Fontenelle não tem direito à herança deixada por seu marido, Marcos Paulo, morto em 2011.

O ator expressou sua vontade de deixar parte de seus bens com a esposa em um documento complementar ao testamento, feito em 2005, escrito de próprio punho. Segundo ele, 60% de seu dinheiro, aplicado em investimentos, previdência e em uma conta bancária, deveriam ficar com a companheira.

A Justiça, no entanto, desconsiderou o documento. 'Essa juíza já havia dado mostras, não sei por que, de que não daria razão para Antonia, que tem direitos claramente previstos na legislação brasileira', disse o advogado da artista, Carlos Sanseverino à revista 'Veja'.

'O documento é reconhecido pelo pai adotivo de Marcos Paulo, o também diretor Vicente Sesso, e pelo advogado dele, João Paulo Lins e Silva. E tem um parecer favorável assinado pelo professor Álvaro Villaça Azevedo, um dos autores do Código Civil de 2002, que um dos maiores juristas do país', detalhou.

O processo foi aberto logo após a morte do diretor, depois da leitura do testamento na presença das outras beneficiárias, suas três filhas: Vanessa, de seu relacionamento com a modelo Tina Serina, Mariana, filha de Renata Sorrah, e Giulia, de seu casamento com Flávia Alessandra - que é tutora da jovem, ainda menor de idade.

'Correu tudo com muita estranheza, porque em nenhum momento, durante a leitura, houve algum questionamento. Mas no mesmo mês, as três filhas contrataram uma advogada que requereu a abertura do processo que agora pode levar ano', comentou o advogado.

E completou: 'No mínimo, eles foram indelicados com a Antonia, que foi a companheira dos últimos anos do Marcos Paulo, sua parceira durante o câncer, e foi inclusive impedida de entrar no apartamento onde morava com o diretor.'

Compartilhar no
Fonte: Msn

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário